Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Qua 02 Set 2015, 13:01

[ADENDO]

Aaron parecia não ter mais nada a dizer, o que colaborava com a teoria que ao redor de Lucas poderia existir um enorme vácuo que consumia as habilidades sociais das pessoas. Aaron se afastava e Luke apenas mais uma vez guardava os documentos no bolso da jaqueta e subia na moto. Aguardava que Aaron fosse a frente, mas ele permanecia parado.

Conversava com Victorine, provavelmente sobre o que tinha acontecido.

Mas...Poderia ter feito isso enquanto dirigia.

Estaria...Considerando alguma coisa?

Considerou as opções por um instante, sabia que Aaron assim como ele dificilmente criaria uma conversa, mas se uma das partes acabasse não cedendo, sempre ficariam em silêncio. Acelerou devagar, parando ao lado deles ainda sem capacete, olhando para Aaron através da janela do motorista.

- Você também notou? - Provavelmente se referia ao nome do policial, apesar de não ser possível saber a extensão do quanto Lucas havia previsto. Além disso, estavam tratando apenas com suposições, ja que convenhamos: Poderia fazer sentido, poderia ser provável mas era apenas o que seus instintos diziam.

Entretanto, não achava que devia ser ignorado.

Talvez Aaron achasse a mesma coisa.

- Não foi por acaso... A decisão é sua Aaron

Porque convenhamos, eu estou lhe ajudando apenas, e não o contrário. Valentina esta em risco e você que da as cartas. Porém...Se estamos reconsiderando o que fazer, Lucas faz questão de deixar claro que concordaria com qualquer cenário. Especialmente se tratasse de não se separarem, apesar de não pensar se essa era questão.

Apenas...Algo em sua expressão parecia um pouco menos certo do caminho a tomar.

Mesmo que nada fosse dito, apenas seguiria com o plano. Recolocava o capacete e logo os seguiria antes dos caminhos separados.

Não planejei uma terceira despedida.

Sequer planejei nada ao longo dos ultimos dias.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Qua 02 Set 2015, 13:45

Adendo:

Aaron não queria atrair a atenção do policial. Por isso a conversa dele com Vickie foi bastante rápida, no fim das contas.

No entanto, Lucas se aproximou para falar com ele.

O britânico respirou fundo.

- Reparei. Reparei que o melhor caminho é mesmo por St. Mark.

Ele falou baixo.

- Vamos.

Vickie começou a refazer o roteiro do GPS, colocando para St. Mark e o trio não se separou, no fim das contas.

Estavam indo para o mesmo local.


Onde esperavam encontrar D’ e Zachy também.

Aaron só esperava que não tivesse apostado suas fichas no lugar errado.

E também ficaria de olho para ver se não eram seguidos pelo policial.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Qua 02 Set 2015, 13:56

Talvez fosse um pouco tarde demais para não chamar atenção do policial.

Além do que, poderiam estar exatamente conversando sobre seguir ou não o que ele dizia e desistirem.

Ironicamente...Era o que estavam fazendo.

Lucas apenas concordava com a cabeça. Enviaria um SMS para Troy apenas alterando o local de encontro (não eram tão distantes afinal) antes de seguir adiante.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Qua 02 Set 2015, 15:10

O jovem nerd acordou no quarto do motel, mas tinha dormido em um sofá. Só que era um sofá diferente... com um forro vermelho e elegante, feito de camurça, ou algo assim. Ele levantou-se, coçou os olhos e foi se levantando...

Troy: Que estranho... Eu me lembro de ter dormido num quarto diferente. O quarto desse motel não era tão chique. Não era tão...

Então, uma música começou a tocar no ambiente...



Troy: Mas que p...?

Então, o jovem olhou para frente e viu uma cena que ele não acreditou quando bateu os olhos...

Troy: Ho-Ly Crap...!



Troy coçou os olhos, mas elas estavam mesmo lá....

Faith: Oi, amor... eu trouxe uma amiguinha. Espero que você não se importe...
Troy: Faith... Vicky?
Vicky: Pode me chamar de... coelhinha...

Vicky fez um negócio com o nariz, lembrando o que os coelhos fazem.

Faith: E olha só, Troyzinho... estamos até com pompons...

As meninas viraram de costas e mostraram calcinhas sexys, com pompomzinhos de coelhas em cima.

Troy: HOLY SHIT HOLY SHIIIIIT!

Faith: Vem logo, amor! Estamos cheias de amor pra dar pra você!

Troy saiu correndo e pulou na cama. As duas avançaram por cima dele. Vicky começou a rasgar a camisa do SupermanediçãodecolecionadorsuperraraqueelecomprounoeBay, mas Troy nem ligou. Faith neijava ele no pescoço.

Faith: Estava esperando isso por tanto tempo!

Vicky: Deixa um pouco pra mim, amiga!

Troy: Calma! Calma que tem pra aaaai! Me mordeu, Faith!

Faith: Dá um tapinha na bunda dela, Troy!

Troy: Eu posso?

Vicky: Bate logo!

Troy: Hahahaha! *SLAP!* Que barato! Hahaha! Outro! *SLAP*

As garotas devoravam Troy aos beijos. Então, Faith ficou de joelhos sobre a cintura dele e começou a abri o sutiã...

Troy: OH MY GOD! BOOBS! BOOOOBS!

Faith: Sim, Troy...

Mas quando o que era interessante foi aparecer...

Troy: AAAAAAAHHHHHHHHHHH!!!!

O jovem nerd acordou de supetão. Estava ainda no mesmo velho quarto de hotel, sozinho e....

Troy: Ah, droga! De novo não! Meu calção! Droga, droga, droga...!

Ele foi caminhando de pernas abertas, evitando se sujar ainda mais e passou um bom tempo esfregando água no calção. Quando saiu do banheiro, parecia que havia se mijado nas calças.

Troy: Porcaria... Tomara que ninguém repare...

*******************************

Troy montou na motoquinha, ainda abismado com seu sonho erótico. Ligou fazendo o barulho característico. Parou na recepção e pagou.

Recepcionista: Cê não sujou os lençóis, né, moleque? Nunca vi alguém gritar tanto pela manhã, dormindo sozinho. Nem meu filho de 14 anos...

Troy: Obrigado pelo elogio... humpf... tá aqui os seus 22 dólares. Tchau!

Montou e partiu. No caminho, recebeu uma mensagem de Luke, mostrando que houve uma pequena alteração na rota. Era uma bifurcação perto de onde ele estava. Troy dobrou ali e rezou para que a gasolina durasse até o ponto de encontro. Mais na frente, ele podia ver uma batida policial... havia um carro parado ali. Um carro de gente rica e ele logo reconheceu que era o carro de Aaron.

Troy chegou com a motoca de mansinho e parou do lado do vidro do passageiro, dando um susto em quem estivesse lá.

Troy: MÃOS AO ALTO, VAGABUNDO!!!!

Ele riu alto, mas depois parou. Não era bom fingir que era um bandido com policiais ali por perto.

Troy: HAHAHAHA! Você devia ter visto sua cara! Sou eu... Troy!

Disse tirando os óculos escuros e o capacete que escondia a cabeçona.

Troy: E então? Qual é a parada aqui?

Finalmente estava junto de seus brothers...

ROUPA

capacete

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Qua 02 Set 2015, 15:20

Adendo para Troy, já que o susto foi nela: 

Victorine estava bastante distraida colocando as novas coordenadas no GPS até..

- AI MEU DEUS!!!

Ela gritou, dando um pulo no banco ao ouvir aquele meliante cabeçudo batendo no vidro dela. 

Aaron até chegou a puxá-la de leve, mas logo cerrou os olhos ao ver Troy.

- Está tudo bem, Victorine. É só o Troy...

- VOCÊ É MALUCO!? COMO VOCÊ ME DÁ UM SUSTO DESSES?!

Ela abaixou o vidro apenas para bater com o casaco nele.

- Shhh, shhhh... - Aaron massageou a têmpora. - Sem escândalos. Precisamos ir. 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Qua 02 Set 2015, 16:29

Lucas já estava com o capacete, na verdade já estava pronto para sair quando ia aquela cena. Na verdade antes que esboçasse uma reação aquela que Victorine tinha já era mais do que o suficiente, e a risada de Troy era reconhecida.

Como o garoto ainda estava com o capacete, era impossível perceber sua expressão, junto com suas reações.

Mas não, ele não ria.

- Já perdemos tempo demais... Vamos, explicamos ao chegar

Antes que Vic faça você comer o casaco dela.

Ou Aaron faça você comer seu capacete.

Voltaria a ligar a moto, reafirmando que não queria seguir com conversas...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Duxhill H.U. em Sex 04 Set 2015, 09:47

Aaron leia aqui


O policial ouvia Aaron falar em silencio, e logo ele entregava o documento de volta ao rapaz.
 
- A esperança é sempre a última que morre....
 
Ele piscou ao trio e logo , caminhou de costas até chegar ao carro dele, entrou ao mesmo, e após dar ré, saiu dali, pela pista oposta. Era naquele momento que chegava Troy.
 
O rapaz parecia realmente não entender a seriedade da situação, talvez ter tudo sua coluna arrancada não fora trauma suficiente, ou fosse apenas uma forma dele lidar com o trauma. Vai saber...Oficial Memphys talvez pudesse dar uma sessão ao rapaz.
 
Fato é que Aaron não perdia o foco, e decidia ir para outra Igreja. Deste modo ao que parece iam todos para St Marks.
 

Era já no caminho que Aaron recebia uma ligação de Diana.

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2097

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Sex 04 Set 2015, 11:47

A frase do policial foi ouvida e interpretada da pior forma possivel. Parecia – ou melhor, na mente dele, ERA –uma afronta e uma forma de esfregar na cara dele que eles não tinham chances.

Aquele maldito sabia de tudo, mas Aaron não podia fazer nada.

Ele estava armado e, até que fosse provado o contrário, ele era um policial. Como ele ia se explicar depois por ter atacado um policial? Sem provas? Por apenas impulso? Sua familia conseguiria mover algumas peças, mas de um modo geral, sua reputação ficaria em frangalhos.

Além disso, ele tinha outras coisas com o que se preocupar: como o caminho que tomaria dali em diante.

Vudu, St. Mark.

Troy dando sustos e continuando brincadeiras.

Era muita coisa para processas.

Finalmente o grupo conseguiu seguir uma rota. Ele ia na frente porque tinha o caminho – e todos estavam indo para o mesmo ponto.

A concentração dele era na estrada até que ouviu o celular tocando.

O telefone foi colocado no viva-voz e atendido na mesma hora, porque podia ser Valentina! Quando a voz de Diana se fez presente, Victorine e Aaron olharam para o aparelho.

- Diana!? O que houve?!

Aaron apertou o volante com as duas mãos e cerrou os olhos.

Mais problemas.

E mais do que isso. Ele simplesmente NÃO PODIA deixar aquelas duas pessoas para trás. Ele sempre pensou no grupo, sempre insistiu para que ficassem juntos. E a verdade é que se eles estavam ali, foi por responsabilidade de Aaron também.

Era uma decisão muito dificil: seguir em frente e chegar até Valentina  - ou um lugar onde ela PODERIA estar – ou ajudar seus amigos?

Ele não podia estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Já dá pra chorar de desespero agora?

Ele nem conseguiu responder à garota, porque a tosse dela foi angustiante o suficiente.

A ligação caiu e ele piscou os faróis enquanto parava no acostamento de novo. Esperou por Lucas e Troy com a testa encostada no volante.

Victorine estava arrasada, mas tocou no braço dele.

- Vamos pensar uma forma de chegarmos até eles.


- Eu vou...

Aaron saiu do carro, batendo de leve a porta. Vickie também saiu.

- Preciso resgatar Diana e Zachary num hotel mais à frente...

- Olhem...

Victorine indicou a fumaça preta que estava surgindo no horizonte.

- É. Eu não tenho muito tempo, mas vamos fazer o seguinte. Lucas, eu preciso da sua moto.

Indicou a moto dele.

- Tem um atirado de elite mirando neles, eu vou na frente.


- O que...?


- Eu sei pilotar bem uma moto, mas se quero colocar os dois dentro de um carro, preciso de uma isca. Você, Victorine ou você, Lucas, se preferir, vai dirigir. Ao meu sinal, eu quero que vocês peguem os dois. O atirador pode ser de elite, mas ele não pode mirar em todos ao mesmo tempo.

- Aaron, isso é suicídio...

- Acho que todos já morreram de algum modo. Talvez eu desperte do meu próprio sonho assim...

- É SÉRIO!

- Eu não me importo. Desde que vocês estejam bem e desde que tirem a Valentina de onde ela está. Sigam para St. Mark. O GPS já está programado. Troy, eu quero que você fique na retarguarda. Você é o mais exposto de todos nós e eu preciso de dois lugares no carro. Não entre no estacionamento. 

Olhou para Lucas de novo.


- Podemos? 

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Dom 06 Set 2015, 01:54

Após pararem as motos, Lucas ouvia toda aquela explicação.

Pouco reagia enquanto ouvia as explicações, observava a fumaça ao longe e Aaron questionava a respeito da moto. Ele continuava falando e até mesmo traçava uma estratégia. E ela parecia...

Péssima.

Mas não tinham opções.

"Suicídio" não era uma palavra de todo ruim.

Curiosamente, Lucas só tinha algo em mente a dizer.

E era sobre um pequeno detalhe.

- Eu vou sozinho. - Ele quase conseguia pressentir que Victorine seria contra, não era grande surpresa na verdade, ele mesmo não sabia se concordava com aquela idéia afinal. Ao primeiro sinal que ela interromperia, ele voltava-se para essa. - Não precisamos de outra pessoa bancando o alvo.

Porque um atirador de elite não precisa de ajuda aumentando o numero de cabeças que ele pode acertar.

Claro que ela não iria concordar, ja devia estar reclamando mesmo que Lucas não escutasse.

No lugar disso, ele se virava para Troy.

- Apenas... Leve ela em segurança ok? - E realmente não se importava com muita coisa dentro de sua cabeça, desde que ele fizesse com que Victorine saisse dali.

"Importar"

Um conceito bastante complexo.

Aaron não se importava consigo mesmo.

Lucas não se importava consigo mesmo.

Não queriam que os outros corressem perigo.

Apenas cada um tinha o seu jeito de demonstrar aquilo.

Imaginava que Victorine e Troy iriam contestar então...Não respondia de imediato a pergunta de Aaron.

Apenas após isso trocaria de chaves com ele.

Havia um ultimo detalhe, na verdade uma sugestão que não mudaria o propósito do plano em si.

Mas como achava que Troy e Victorine seriam contra, falaria apenas quando eles, que não eram tão necessários ao plano ja estivessem afastados.

Então...Uma coisa de cada vez.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Diana Grayssom em Dom 06 Set 2015, 11:56

avatar
Diana Grayssom

Nacionalidade : Boston, US
Idade : 24
Cargo : Nenhum.
Humor : Misterio.
Mensagens : 210

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Dom 06 Set 2015, 12:06

E como, exatamente, Lucas pretendia impedir Victorine de entrar no próprio carro? Ela tinha saído por um momento por conta da conversa deles, mas ela estava do lado do carona.

E não, ela não ia discutir sobre o plano de Lucas.

Enquanto ele falava “apenas...leve ela sem segurança”, Vickie apenas revirava os olhos e entrava no carro de novo, colocando o cinto. Lucas pode dirigir, se quiser, mas ela VAI. Porque não tem sentido ela seguir com Troy apenas, se eles são um grupo.

Ou todos vão ou todos vão.

Não tem outra alternativa.

Aaron colocou o capacete e acelerou.

Ninguém vai discutir hoje.

Seguiu em disparada na frente.

- Acelera, Lucas.

Foi tudo o que Victorine falou, mais séria do que nunca.

E ai dele se não obedecesse, capaz dela enfiar o pé no acelerador e dirigir por ele.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Convidado em Dom 06 Set 2015, 13:48

E ele se achava teimoso.

Não adiantava descutir. Dentro da cabeça dele, Aaron estava fazendo um sacrifício, alias isso era mais do que claro. Entretanto, a moto era de Lucas, parecia bem mais razoavel que Aaron fosse dentro do carro, pois a chance daquele veiculo sair de la era bem maior...

Mas mais uma vez, aquilo iria se tornar uma discussão infinita.

A questão era concordar, concordar, concordar...

"Somos um grupo"... Mas Troy pode ser deixado para tras.

Sequer adiantava debater, uma vez que Victorine ja se "amarrava" no carro e não sairia la de jeito nenhum. Luke entregava as chaves para Aaron:

- Você pode saber dirigir bem uma moto, eu sei dirigir bem um carro. Mas você sabe que seria bem melhor o contrário. Afinal é a minha moto. - Lucas dava um sorriso um tanto desanimado para Aaron, porque logicamente, precisavam maximizar as chances. - Você quem deve ir atrás de Valentina, e se você estiver no carro, podera ir para la.

az bem mais sentido não faz?

Claro, você não queira.

Se sacrificar é sempre melhor não?

- Mas é o seu plano afinal. Boa sorte. - Após a troca de chaves entrava no carro, onde Victorine parecia extremamente insatisfeita com o que havia sido dito, o que não era exatamente novidade.

Poderia teorizar por horas razões e motivos para ela ser daquela forma mas...

Apenas para variar, sem tempo.

- Se vai ficar assim toda vez que eu preferir não coloca-la em risco... - Comentava sem olhar para ela, acelerando sem completar a frase.

Seguindo de acordo com o plano.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dois caminhos que se cruzam - Aaron, Vickie e Luke

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum