Uma noite de calma e descanso.

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Blake Harris em Ter 23 Set 2014, 11:55

Como não iria elaborar o perfil dele, Noah?
Desde o momento que ele me tirou daquele hospital eu estou estudando ele, eu lembro de cada detalhe, até mesmo os que eu gostaria de apagar. Eu lembro de cada segundo...É algo que você não esquece, você só...guarda em um lugar onde ninguém mais vai achar.
Se algum dia Peter eu conseguir encarar você de novo vou te explicar porque eu DESENHO, e talvez assim você entenda como eu vou me sentir PUTA de você ter roubado meus desenhos e eles estarem expostos no seu quarto onde qualquer imbecil vai ver.
Blake só para de pensar para comer. Estava faminta, aquele puto não as alimentava, bonecas não comem, e so dava água quando os lábios já estavam em carne viva. Mas vou te poupar dos detalhes Noah. Nem vou te contar que já conhecia aquela cabana que passei um dos piores momentos da minha vida nela, e que a cicatriz as costas é a prova disto..
- Porque ele escolheu aquela cabana....
Aquilo quase escapou pelos lábios dela, e era estranho imaginar que talvez ele pudesse conhecer a historia que se passou naquela cana, e talvez a tivesse escolhido de proposito, e então aqueles olhos vermelhos invadiam o pensamento de Blake, e ela sacudiu a cabeça como se quisesse afastar.
E até ela sentiu as mãos aos ombros, a massagem. É Noah agimos como se nos conhecemos a ano, estamos longe de ser um casal normal, se é que somos um casal..Enfim, somos retardados. Pra resumir.
Blake deixou acomodar as costas ao peito de Noah, e deitou a cabeça ali próxima ao ombro dele, ainda sentada a cama, deixava o rosto quase recostado ao dele de lado e fechou lentamente os olhos.
- Eu já saquei que a Aileen vê espíritos...Acho que depois que enfiei a língua na boca dela também, acho que é por isto que as pessoas fazem isto..Tem uma percepção melhor do mundo sobrenatural depois disto...

E deixava-se rir. E agora Noah as batidas a porta eram mais fortes.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 12:13

Edge apenas balançou a cabeça negativamente sorrindo. Natalhie sempre seria ela no final das contas, e por alguma razão que ninguem conseguiria jamais entender, Edge ainda por cima gostava:

- Se eu disser voce vai quebrar o clima dizendo que ja sabia, então...

UIE! Clima! Viu so Nate? Não tenta sair correndo que voce mesma trancou a porta! Ah ela falava sobre dormir e...Pijamas. Bem Edge sabia o que dizer:

- Ah...Você pode...Ou...Talvez...Enfim

Gesticulava apontando para ela e em seguida para a cama. Claro que dizer que ela poderia tirar o vestido ou não era algo bem mais simples na cabeça dele. Desistiu da frase enquanto foi ate a cama e colocou a mao que não segurava a dela em um dos travesseiros:

- Você...Esta muito cansada?

Huahuahua cansada para que? Dormir ou não dormir? Se vira Nate!



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Noah Valmont em Ter 23 Set 2014, 12:33

Sei que isso é um passo arriscado.

Isso desenha um alvo em Blake. E em Clhoe.

Preciso antecipá-lo.

Talvez tentar manter as duas juntas, mas como?

Quer dizer, as duas juntas.....

......

....

....

FOCO, NOAH!

- Quer dizer que você anda beijando a Aileen por aí, é? – Sim, ele não tinha visto, Blake.

Peraí...

Aileen, Blake e Clhoe.

....

....

...

...

...

SE CONCENTRA, CACETE!

As batidas me acordam.

Novamente, sigo o mesmo padrão, pegando a arma e colocando a toalha sobre ela.

E então, vejo Clhoe.

Abro a porta.

- Que bom que você veio, precisamos conversar com você... – Digo, sem rodeios, conforme ela entra – Você corre perigo, Clhoe.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 12:35

Dessa vez a passagem dele seria um pouco mais demorada. Tinha que se livrar daquela malha fina de culpa que o envolvia de alguma forma. Fechou a porta, primeiro, depois deixou por sobre um balcão do banheiro o canivete. Arrastou as roupas sujas pelo sangue para dentro do box de vidro e abriu a água quente. Casaco, calças, luvas e até o gorro. Tudo debaixo da água corrente muito quente. Podia ver o vapor ganhando formas distintas, logo aquela água límpida se tornava rubra, suavemente rubra, limpando um pouco da sujeira toda.

Peter despia-se das segundas vestes, não tinha outra coisa para vestir então cuidou para não molha-las. Adentrou o box do chuveiro, posicionou melhor a queda da água no movimento do uniforme militar e auxiliou na limpeza. Logo era o responsável pela atenção da mesma, banhando-se. Ficaria alguns minutos apenas deixando a água cair por sobre o corpo, como se esperasse que a mesma levasse aquela podridão toda.

A boa notícia é que parecia se recompor, as ideias estavam timidamente voltando, a lucidez parecia recobrar-se aos poucos... Tinha sido bom estar com Aileen, desabafar um pouco, ainda que em sentimentos, mas, até quando estaria assim? Precisava de ajuda psicológica, fato. Sabia que logo tudo voltaria enquanto aquele maldito se mantinha impune de seus atos e, pode descobrir que ali não era o seu lugar... Não nascera pra ser um matemático. Nem qualquer outra coisa que valha senão um homem de resgate.

Mais problemas Peter. Mais problemas... Grande diferença fariam. Ou o simples fato de se deparar com novos quando tudo que encontrara ali só lhe proporcionaram aquele mesmo pensamento de: “mais uma vez problemas?”

Recolheu tudo que havia dentro do chuveiro. Dobrou as roupas molhadas para evitar ocupar o espaço do banheiro, vestiu-se das roupas mais leves que antes usara e, pelo menos o cabelo denunciaria que havia tomado um bom banho. Quando saiu Peter se deparou diretamente com a garota encolhida; ah, o canivete estava no bolso. Peter caminhou até Aileen e, desta vez, ele quem sentava-se na cama ao lado dela. A mão logo buscava a da menina, segurando-a.

Aileen... Ele disse num tom calmo, agora. Nós vamos dar um jeito nessa loucura toda.

Não a olhava diretamente nos olhos, mas para as mãos dadas. Os dedos dele passaram a contornar a mão da garota, passeando as costas da mesma.
Então vamos beber alguma coisa e vamos nos conhecer melhor... Chegou a se sentir um bobo com as palavras. Não levava jeito mesmo. E... E vamos conhecer melhor um ao outro.

Ele sorriu tímido. Não se sentia nada bem mas tranquiliza-la seria no mínimo digno. É uma ideia legal. Eu penso...

Queria simplesmente afastar os demônios dela.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 13:00

Não demorou a perceber que ele estava tomando banho, ou seja... ainda demoraria. Em comparação com os outros, Peter era o que chegara num estágio mais... sujinho. De sangue, ela frisou para si mesma. Enquanto ele esteva no banheiro, Aileen permaneceu na mesma posição, pensativa, quieta... e aos poucos, ela finalmente relaxava. O que parecia ser um incrível luxo em tais circunstâncias. Só percebeu a presença do rapaz quando ele sentou na cama e puxou sua mão, iniciando os afagos. Ela sorriu para Peter, embora ele mantivesse a atenção nas mãos entrelaçadas. E então vinha as palavras...

- Sim, eu não tenho dúvidas...

Respirou fundo e a proximidade dele não lhe causava receio, nem nada do tipo. Diferente disso, a fazia se sentir protegida, e não era essa sua intenção, soldado? Pois bem...

A proposta arrancou uma risada de Aileen, e ela concordou com um aceno, ainda sorrindo. Beber e jogar conversa fora? Parece uma ótima ideia.

- Aham... vamos conversar... - ela sussurrou.

Acredite, Peter! Ela era tão sem falta de jeito quanto você... Então, não precisa se preocupar.

- Será que aqui tem... alguma coisa? Para beber, claro! - passeava com os olhos pelo quarto, procurando - Então... Sobre o que você quer falar?

Com a mão livre, segurou o queixo dele, fazendo com que o rapaz a encarasse. E quando o fez, ela arqueou as sobrancelhas e sorriu.

- Ei... Oi...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Angeline S. Stieg em Ter 23 Set 2014, 13:04

Vou precisar derrubar esta...MERDA!

NOAH PORQUE VOCÊ ME TIRA DO SÉRIO.

Já virava um chute na porta. E virava as costas supirando fundo. Usava uma calça de coton simples, botas na altura dos joelhos de cor marrom, e uma camisa de gola alta na cor vermelha. Os cabelos estavam presos em uma longa trança.
E então Noah abria a porta. Clhoe já entrava acomodando a mão ao peito dele, e o empurrando. Os olhos foram diretos para Blake.

Controle-le Clhoe....

Ok eu vou me controlar, eu sou absolutamente controlada.

- Eu corro perigo?....

E ela gargalhava, enquanto virava as costas e os olhos passavam a mesinha frente a ela, estendeu a mão e pegou o cinzeiro, virou-se e sem qualquer tipo de cuidado arremessou o mesmo na direção de Blake.

Escapou...

Os olhos iam pra Noah.

- Quem corre perigo aqui?

E sério Noah, se vira para apanhar o isqueiro, ou para costurar a testa desta vadia ruiva agora, eu não estou mais para brincadeiras.

Os olhos iam a Noah.

- Eu vou contar até 3, para todas as vadias do quarto sumirem da minha vista, ou eu vou começar a atirar elas pela janela....


Ai Noah que irmã ciumenta você tem....
avatar
Angeline S. Stieg

Nacionalidade : Sueca
Idade : 21
Cargo : Desconhecido
Humor : Tímida
Mensagens : 76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Blake Harris em Ter 23 Set 2014, 13:08

Noah nem vou te responder, hahaha.
Blake deixou ele abrir a porta e logo continuava comendo e era quando Clhoe entrava ao quarto e Noah dizia que ela corria perigo.
Blake arqueou a sobrancelha para ela e o jeito insano dela. Sério vaca me chupa!
Só alegria entre estas duas.
E continuo comendo, sorry Noah este ai e problema seu, eu já tenho os meus. E era cinzeiro voava na direção dela, ela virou o corpo bruscamente pro lado, reflexo de cheer líder e corredora, sorry de novo bitch.
O cinzeiro caia ao chão e Blake ouvia ela falar para as vadias saírem do quarto, e ela so apontou com o indicador a porta, e deixou o corpo cair a cama, acomodando-se.

Sério eu já enfrentei muita menina maluca e sem noção para ficar com medo da Clhoe, e depois de passar o dia acorrentada, estes xilique dela não me comove.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Natalhie Archibald em Ter 23 Set 2014, 13:17

Help me.

CLIMA QUE CLIMA?...NÃO TEM CLIMA NENHUM AQUI SEU HIPPIE PERVERTIDO.

AAUHAUHAUAUHAUHA

Nate mantinha as mãos ali no peitoral de Edge e ela sussurrava quase sem nem perceber que estava falando coisas sem sentido.

- O clima está quente aqui.....

E então erguia o rosto completamente corada e batia com força as mãos espalmadas no peito do Edge, como se tentasse apagar o que tinha falado, ou espancar ele por ter ouvido.

- Digo, mais quente que lá fora, lá fora está nevando, eu odeio a neve, eu odeio o Natal....

Vomitava um monte de palavras, pois nem sabia o que estava falando, ahahahahah

E vamos falar de pijamas, vamos falar de nós de roupas, VOCÊ DEVIA VESTIR UMA CAMISETA, VOCÊ DEVIA PULAR PELA JANELA!

- Posso o que?

Dizia com a voz mais baixa do que queria, GRITA Nate, Grita! Uahuauaua.

Mas a voz estava baixa e rouca, e o rosto ainda muito próximo do dele., e ele apontava a cama. E agora ela vai ter um treco.

- POSSO O QUE? VOCÊ ENLOUQUECEU?...

E então ele segurava a mão dela e caminhava para a cama, e ele colocava a mão ao travesseiro, SE ESTOU CANSADA?...

- Ed...- A mão apanhou o travesseiro da mão dele  logo ela virou o mesmo contra ele com a pouca força que tinha.

- Eu sei que sou irresistível mas se controle...! – batia na própria boca nem acreditava que estava dizendo isto, e logo virava outra travesseirada nele.

- VAI POR UMA CAMISA EDWARD!

E mais travesseiradas.


Ok estamos no Fantástico mundo de Natalhie, onde atitudes como estas são toleradas e são tidas como normais e absolutamente corretas!

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Noah Valmont em Ter 23 Set 2014, 13:18

- Clhoe! – Grito, e a seguro pelo braço.

Tomo o cuidado de ficar de lado, para não tomar nenhuma joelhada no playground.

- Se acalma! E me escuta, cacete! – A empurro, com cuidado, para que ela se sente na poltrona – Ninguém vai sair do quarto, e você sossega!
Ok, Clhoe... Sempre fiquei quieto enquanto você surtava, ou te provocava em resposta.

Nunca te segurei assim, muito menos falei neste tom. Será que assim você entende a gravidade da coisa?

- Tem um assassino em série solto na cidade... E pelo o que pude apurar, metade da cidade está no bolso dele. E por algum motivo, ele parece achar divertido brincar comigo... O que faz de você um alvo. Nossas vidas estão em jogo, isso vai além desta situação. Então para com isso, não vai ajudar em nada! – Mantenho o tom de voz alto, mas logo vou parando de falar. Só agora tiro a toalha da mão, mostrando a arma pra ela, e a escondendo na calça.

Sim, irmãzinha. Armado.

- Blake foi pega ontem, a salvamos por pouco. Ele já matou sete, e não vai parar... – Suspiro, ficando entre as duas.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Angeline S. Stieg em Ter 23 Set 2014, 13:25

Blake foi pega? Foda-se.
Clhoe sentava-se a poltrona de mau grado. E logo parava, pois Noah não era de agir assim, ou aquela ruiva estava deixando ele retardado de vez, ou era algo realmente grave. Ela ouvia ele falar do assassino, e a forma de influencia do mesmo, e sobre ela também correr perigo. Clhoe suspirou fundo.
- Estou segura no meu quarto, não estou sozinha.
Ele mostrava a arma. E Clhoe acomodava os pés em um puf que tinha la próximo da poltrona, tombou a cabeça pro lado e resmungou.
- Papai sabe que você pegou?
Porque se não vou contar e esperar ele arrancar sua cabeça. E que se dane se esta vadia foi pega e você ou o exercito da salvação a ajudou. Que porra ela está fazendo aqui? E cadê seus outros amigos retardados que não podem ficar com esta puta?
Ele tinha matado sete? Clhoe arqueou a sobrancelha.

- Não vi nenhum noticias sobre isto, ele matou sete pessoas e ninguem sabe? Ele é foda hein?...

Te superou irmãozinho?....

Clhoe ergueu-se da cadeira e caminhou até Noah.

- Valeu o aviso maninho, eu vou para o meu quarto onde estou segura...


Apoiou a mão ao peito dele, para ele sair da frente dela. Enquanto esta vaca tivesse ali ela não ia voltar, e provavelmente ia pensar em algo pior ainda para te provocar. Afinal você está no limite dela já Noah. Ou você acha que ela não percebeu?
avatar
Angeline S. Stieg

Nacionalidade : Sueca
Idade : 21
Cargo : Desconhecido
Humor : Tímida
Mensagens : 76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 13:26

De fato não esperava uma atitude tão acolhedora como aquela, uma reação tão positiva quanto a que recebera e quando o bater dos olhares se cruzaram, reação provocada pela mão dela, respondeu:

Sobre uma menina chata que fica enrolando cachecóis no pescoço de garotos desconhecidos...

Até ele conseguiu soltar uma risada, ainda que fraca, esquecendo-se um pouco daquele tortuoso dia. E...:

Uma bebida? Eu... até poderia arrumar alguma coisa da melhor safra que carreguei na mochila durante o dia todo: a milagrosa água fervente de Peter Walker.

Levou os olhos a mochila, e logo retornou ao rosto dela, maneando a face em reprovação. “não, não...”:

Bem, talvez se fosse Jhonnie... Walker... Quem sabe.

Soava até engraçado a comparação, a maneira meio sem jeito como lidava com os olhares e ações, as próprias palavras. De qualquer forma ela conseguia tirá-lo um pouco do abismo. Distraí-lo de tudo aquilo. Isso era apreciável e, talvez o que ele buscasse na ocasião.

Logo a mão foi desvencilhando-se da dela e os dedos tocaram-na na perna, onde havia rasgada a roupa quando pulara a janela as pressas:

Hey, parece que temos mais uma combatente aqui, com sinais de guerra...

Brincava com as palavras e sorria para ela, lógico. A mão então pousava na cama, onde ele acomodava melhor o corpo, sentado, com os pés ao chão. E tocava o gesso tentando acomoda-lo melhor ou simplesmente aliviar o psicológico para com o braço.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Blake Harris em Ter 23 Set 2014, 13:33

Caraio...que menina surtada e maluca...
Se eu achava que Noah se fodia comigo, agora já sei porque ele tem estes instintos estranhos. Blake suspirou fundo, ouvindo Noah tentar trazer uma luz a situação e explicar que a irmã corria risco e ela realmente parecia puta com a presença de Blake ali.
Ok os Vamonts precisam conversar. Blake estendeu a mão ainda deitada a cama, e tirou a agulha da veia que estava passando o soro, e logo empurrou pro lado, ergueu-se da cama, e fitou os dois.
- Sério...Vou deixar vocês conversarem, vou procurar algo pra beber.
Calma Noah, não vou encher a cara, mas também não vou ficar brincando de tiro ao alvo com vocês, deixa sua irmã insana latir tudo que ela precisa que logo eu volto.
- Relaxa que não vou sair da vista....
Caminha até a porta e passava por ela, já chegando ao corredor. Porra ta frio pra cacete aqui....Claro Blake está nevando, você não cansa de andar com as pernas de fora e quase a bunda?
Não...
Ok e Blake não demorou a ver uma maquina de refrigerante ao fim do corredor, caminhou até a mesma. E logo percebeu que não tinha dinheiro..ha há há, como você vai pegar agora Blake. Tem coisas que você só aprende andando no bilhar de Dux...
Dava um tranco na maquina e logo reclinava o corpo para baixo, colocando a mão a saída da maquina e esperando a latinha. Truque de maloqueiro, Blake você é curintiana? Uhahuahuahua.

Fato é que a visão ficava boa para quem estava passando ao corredor, as nadegas empinadas e a polpa delas aparecendo, e é sério, Blake esta se fodendo com isto. Ergueu o tronco, e abriu a latinha recostou o corpo a parede, e deixou os olhos ao chão, aos pés, as canelas marcadas pelas algemas...Juntou os pés e pensou em colocar algumas porras de tornozeleiras para não aparecer aquela marca de escrava sexual. 

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 13:49

Frases soltas, gritinhos, travesseiros...Muito bem Edward, você quem quis namorar essa louca e conseguiu com "apenas" um ano de (muito) esforço. Então agora aguenta, ela "batia" em um confuso Edward que tentava segurar o travesseiro:

- Ei! Nate! Calma! Tinha sangue do Peter na minha camisa e ela ta secando! Eu...

Logo ouvia uma batida na porta. Nate poderia se assustar, mas fantasmas ainda não batem na porta Natalhie! Ele caminhava com calma ate a porta, abria e agradecia alguém. Pegando algo e trancando a mesma mais uma vez.

- Perguntei se você estava cansada porque mais cedo você queria sorvete lembra? Eles só tinham baunilha com chocolate.

Estendia o pote de sorvete com uma colher de prata na direção de Natalhie como se fosse uma oferta de paz, porque na verdade era uma oferta de paz! Namorado! Calminha! Amigo! Sorvete! Sentava-se na cama mais uma vez olhando para ela:

- Se você faz tanta questão, eu me comporto ok? Palavra. Um ano atras eu pegaria o travesseiro e dormiria no chão, mas... Qual é, você não vai me colocar para dormir no chão vai?

Erguia a mão direita como se estivesse jurando. Fazia tanta questão que ele jurasse ou se comportasse Nate? Vai saber...Alguém parece tão nervosa que esqueceu que eles ja estão namorando Nate. Mas como Edge sabe que nunca nada foi fácil com você, só para variar ele aguenta mais essa...


Última edição por Edward Edge em Ter 23 Set 2014, 14:38, editado 2 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Natalhie Archibald em Ter 23 Set 2014, 14:08

Nate estava com o travesseiro a mão bombardeando Edge, e então ele segurava o travesseiro, e ele falava que tinha sangue do Peter na camisa de Edge, e Edge sua namorada é realmente mental em 1, mesmo concentrada em te matar com o travesseiro a mente dela raciocina muito rápido.
- Não era sangue do Peter, ele não tinha nenhum ferimento...
Alguém batia na porta e Nate soltava o travesseiro a cama, os olhos ficavam curiosos para o que Edge estava pegando ali, e então ele tinha o que? Pedido sorvete?..Para ela?...
Nossa e como ela precisava daquele sorvete, mesmo tendo encontrado 2 pares, ainda faltavam 38. Ela aproximou-se dele e logo apanhou o pote de sorvete e a colher. E agora sim o sorriso vinha fácil nos  lábios, fitando aquela linda que o sorvete tinha, as covinhas até apareciam.
- Ah...você não existe....
Falava quase consigo mesmo, enquanto levava a colher ao pote, e depois a boca e fechava os olhos lentamente entregando-se a sensação. Ok dona Bruxa, Sr Capeta, Maniaco da Floresta, MORRAM. Eu tenho sorvete...
Deixava o corpo cair sentando-se ao lado dele na cama, ainda de olhos fechados, e olha como ela ficava quietinha e linda tomando sorvete. Ele falava sobre se comportar, e sobre dormir no chão, e ela logo tirou a colher da boca e sussurrou.
- Ed....Agora você pode dormir onde quiser....
Você pode fazer striper, você pode experimentar meu PRADAS. Eu te amo SORVETE.

Ela deixava novamente a cabeça tombar ao ombro dele, e ficava ali comendo o sorvete todo. E ela não vai OFERECER. Porque é TODO DELA.

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Noah Valmont em Ter 23 Set 2014, 14:50

- Clhoe, eu sei o quanto isso te incomoda... – Resumo, antes que ela saia, logo após Blake sair.

- Mas isso não é brincadeira... Você precisa tomar cuidado. Com quem você está? – E sinceramente, não sinto ciúmes por ela estar com alguém.

Clhoe vira e mexe sai com alguém. Isso não é privilégio meu.

O que me preocupa é ela, com um estranho, dessa cidade.

- Essa arma não é do nosso pai... Eu a comprei – Me ajoelho, abrindo minha bota e sacando uma Glock 27.

Era uma pistola preta, muito pequena, por isso nem aparecia na bota dele. Clhoe a esconderia fácil em suas roupas.

Era uma pistola "anjo da guarda", mas como Clhoe está nisso, melhor armá-la, por mais que isso possa colocar em perigo a vida de Blake.

Clhoe não seria tão idiota assim.

Acho.

- Fique com isso e tome cuidado, ok? Preciso que você mantenha a cabeça no lugar, desconfie de todos... Não estamos em casa, dinheiro não manda merda alguma coisa. E sinto muito por tudo... Ainda vamos colocar tudo a limpo, mas por enquanto, vamos nos focar em sair daqui inteiros, ok? – Me aproximo e dou um rápido beijo em seus lábios, saindo do quarto em seguida, afinal, Blake, outra idiota, saía de perto.

Clhoe sabia se cuidar, e muito bem.

Já Blake...

Blake era Blake.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 14:52

Seus olhos expressavam tempestade, Peter... Os de Aileen calmaria, e era disso que você precisava agora. E ela podia imaginar o sofrimento que o estava revestindo por dentro, ao ponto dele desabar realmente como uma criança. O comentário a fez revirar os olhos e sorrir logo em seguida. Ela se lembrava disso, claro.

- Não sou chata! Discordo completamente. Mas que impressão ruim... - ela fez um beicinho, fingindo estar zangada - De certo modo...

Na interpretação de Aileen, aquela garotinha quase ferrara com ela.

- Água? Hmmm, seem querer desmerecer sua milagrosa bebida, mas precisamos de algo mais forte - piscou para Peter.

Suavizar o clima... Parecia que estava dando certo. Conseguira até mesmo um sorrisinho do rapaz. Talvez o choro tivesse lhe aliviado um pouco o coração. Aparentemente, ele não estava ferido, tirando o braço todo ferrado, claro. Mas não parecia estar incomodando no momento. Enfim, ele tocou a perna, na altura do rasgo e Aileen mostrou surpresa, rindo de novo.

- Ah... Foi um acidente bobo, nem me machucou. Não é nada demais... - devolveu a encarada e o sorriso - Então, é melhor você se ajeitar, coloque as pernas para cima e deite. Além disso, precisa manter o corpo bem aquecido. Não esqueça que ficou tempo demais nesse tempo congelador.

Ela se colocou de pé e caminhou até uma espécie de frigobar arrumado em um canto e dele tirou duas latinhas de refrigerante. Bem... serviria, ao menos.

- Nasci em Nova York, mas sou descendente de irlandeses, inclusive... voltei da Irlanda faz pouco tempo, após anos morando com meu pai e os meus avós - ela voltou para a cama, entregando uma latinha para Peter e se aconchegando ao lado dele - Ah, quer que eu abra para você? Digo... por causa do braço... - antes dele responder, ela já puxava a tampinha e o chiado baixo se destacava - Pronto... Bem, comecei a cursar música em Duxhill, mas ainda não tive a sorte de assistir nenhuma aula.

E como poderia com todos esses acontecimentos?

Enfim... ela dera o pontapé inicial, Peter. Tá com você agora.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 14:58

Tinha sangue na minha camisa ora bolas! Tinha sangue na roupa dele ora bolas! Edge não faz parte da equipe do CSI! Tinha sangue para todo lado naquele maldito carro e nas roupas dele, não sei de quem era ja que não sei que o Peter roubou uma das vitimas do nosso amigo psicopata!

Ficava olhando para Natalhie pegar o sorvete ainda atento. Mansinha? Mansinha. Não esqueça que o Edge quem salvou um par de sapatos. Ok, sapatos e sorvete. Edge tem boa memória sim, ele não é um completo idiota, apenas não tem o raciocínio tão rápido quanto alguns ali. Bem, ela ficava feliz e isso valia a pena. Sentava-se do lado dela mais uma vez.

- Eu sou bem real sabe...Tenho que saber como cuidar da minha namorada.

É Eu nem queria sorvete mesmo. Edge sorria com um braço ao redor de Natalhie deixando ela comer o sorvete com calma, acariciando seu cabelo enquanto ela completava a tarefa. Ouvia ela sussurrar aquilo e roubava um beijo com gosto de sorvete dela, respondendo:

- Obrigado... Só quero ficar com você Natalhie.

Não ia completar com mais nada, antes que ela mudasse de idéia. Deixa ela boazinha assim, feliz com sorvete. Vai ver o sabor nem estava tããão errado assim no final das contas.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Angeline S. Stieg em Ter 23 Set 2014, 15:00

Isto sai da porra do quarto!
Você sabe o quanto isto me incomoda? Você não tem idéia. E vinha aquela pergunta e Clhoe encolheu os ombros.
- Com um colega seu de classe, até parece que vou sair com algum caipira desta cidade Infernal. E amanhã mesmo já estou voltando...Eu tenho coisas pra fazer, além de ficar me preocupando com você, atravessando o Inferno pra te achar, e te encontrar sempre perto desta vaca. Noah...
Clhoe sacudiu a cabeça em negativo.
- Resolve isto, você não está pensando direito....
E ele logo entragava a Glock para ela, ela apanhou a arma, a manejava com maestria. Fez uma cara de: Chegamos neste ponto? Vou enfiar uma bala na cabeça da sua amiga la fora....Deixou a arma escorregar dentro da bota dela. E ele logo vinha lhe pedindo para tomar cuidado, e que o dinheiro deles não iam mandar naquela merda de cidade. E pedia foco.
Clhoe suspirou fundo, e logo que Noah se aproximou, ela envolveu a nuca dele com a mão e o puxou deixando os lábios se pressionarem ao dele, e logo a língua tocava a dele.
Estava com saudade, envolveu o lábio inferior dele, e o mordeu com força, para machucar mesmo. Afastou o rosto, passando a língua aos lábios lambendo o sangue dele, e resmungou.
- Fica preocupado o dia que eu não me importar mais Noah...
Clhoe afastava-se dele e logo saia do quarto, abrindo a porta e abatendo, dirigindo-se ao outro andar, a tempo de ver Blake ao corredor bebendo coca-cola.

Melhor você por sua cabeça no lugar.
avatar
Angeline S. Stieg

Nacionalidade : Sueca
Idade : 21
Cargo : Desconhecido
Humor : Tímida
Mensagens : 76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Blake Harris em Ter 23 Set 2014, 15:10

Blake terminava a latinha de coca-cola enquanto podia ver Clhoe saindo do quarto, uniu dois dedos e bateu a testa, fazendo sinal para Clhoe. E logo viu Noah sair do quarto, ela arremessou a latinha em um lixo ali.
Que beleza este monte de porcaria no seu estomago. Levava o pirulito que havia deixado de lado a mão aos lábios e voltava a chupa-lo. Enquanto desencostava da parede, e rumava de volta ao quarto.
É...A Blake era a Blake, e a Blake não era a garota frágil que chora e se deprime. Eu vou pegar você seu filho da puta. Eu só preciso estar 100%. Cedo ou tarde você vai fazer alguma merda, e  é aí que vou te achar...
Ué...eu preciso descontar todo a frustração, desespero e humilhação que está aqui dentro de mim não?...Blake suspirou fundo e logo passava por Noah, colocando a mão ao ombro dele, como quem diz que vai voltar pro quarto.
Entrou ao quarto e em pouco tempo sentava-se a cama novamente, mas desta vez ficava deitada, as mãos iam ao rosto e ela puxava os cabelos para trás, deixando os cotovelos apoiados nas pernas, fitou Noah de canto de olhos.
- É...ela tá puta da vida...
Era a única coisa que dizia enquanto os olhos iam até a parede, e por mais que eu me faça de tapada e foda-se. Eu sei de bastante coisa Noah, o fato do que você faz com sua irmã e os surtos dela, não é problema meu.
- Você é como a Alexandra, não é?...
O fitou de canto de olhos e a pergunta foi mais séria do que deveria ser. Exatamente porque não implicava mais na porcaria que um tinha enfiado na cabeça do outro, ou no fato das merdas que eles faziam. Era algo sobre Noah.

Eu sei muita coisa da Alex, Noah...Bem mais coisas do que eu deveria ou gostaria de saber, talvez por isto eu te faça esta pergunta agora. Eu lembro daqueles corredores sujos, e como vocês...”revezavam” no gosto daquele saído. Eu estive na sua cabeça, eu sei o que você sente. Por mais que todos nós tenhamos passado pelo Inferno naquele lugar...Você e Alex sentiram diferente, e sempre vão sentir. Ela não tem cura...Me admiraria se você tivesse.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 15:17

De alguma forma eles se davam bem. Eles tinham uma certa química. “Algo mais forte!” Calma lá mocinha. Pensou... Ou, fora muito mais longe que as palavras dela tentaram expressar. Afinal, qualquer um pensaria em álcool. Mas não, duas latinhas de refrigerante. Enquanto arrastava o corpo pela cama, para ficar sentado com as costas de apoio a cabeceira da mesma, não pode deixar aquele momento passar e... Ah sim, o travesseiro servia de conforto na acomodação do corpo:

Hey! Vamos com calma...! Brincava, se referindo aos refrigerantes. Você disse algo forte, não... EXPLOSIVO! Enfatizou a palavra dando um certo clima meio teatral. E logo se calava, tomando a bebida em mãos, e vendo ela recolher para abri-la.

Obrigado enfermeira. Foi o que pode pensar. E dizer... Logo via ela se acomodar e começar a história da vida dela. É, Peter, escolhera a conversa errada, panaca. Mas manteve-se ouvindo-a com atenção.

Eu...? Ah, não tive tanta sorte igual... Parecera descuidado mas logo se calava. Interrompia as palavras e tentava começar de novo.

Eu acho que sou de Seattle. É engraçado, ”achar”... Mas é o que penso. Duxhill comprou meu passe. Precisava de alunos em meio a tantas tragédias e, aqui estou.

Olhava a bebida, a frente do corpo, pousada numa das coxas enquanto falava. Um pouco daquele momento alegre e descontraído parecia esvair-se. Suspirou de forma profunda, involuntariamente:

Meu pai quer um caminho diferente para mim, algo diferente da vida que levou, das opções que nunca teve...

Bebia um gole para ganhar um pouco de tempo. Repousava novamente a lata na perna.

Eu nem deveria estar aqui. No fundo, estou perdido nesse lugar.


Última edição por Peter Walker em Ter 23 Set 2014, 15:23, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Natalhie Archibald em Ter 23 Set 2014, 15:18

Eu sou uma pessoa observadora Edge. Se eu não fosse tão egoísta, já tinha resolvido o caso do Assassino das Bonecas, te diria quem é a Bruxa, quantas filhas ela tem e onde  ela mora. Isto também porque quem me controla é a Mestre, hahaha.
CALA A BOCA.
Ela se deliciava com aquele sorvete. PORQUE SORVETE ENGORDA, e mesmo ela sendo um pau de virar tripa, ela se preocupava em engordar Ed. Então quando ela acordar do devaneio, você vai apanhar porque ajudou ela a engordar, porque trouxe sorvete.
Então primeiro ela vai te amar porque você trouxe sorvete, e depois vai te odiar porque você trouxe sorvete.
Nate sendo Nate.
Ele dizia que era bem real, e aquele sorriso não saia dos lábios dela, deixando aquelas covinhas a mostra, a perfeita bonequinha, e simpática agora. Sentia o braço em torno dela, e so recostava mais o corpo ao dele, e deitava a cabeça ao ombro dele como gostava de fazer, ele roubava aquele beijo dela, e ela ria baixo e logo passava a colher com sorvete ao nariz dele, os olhos iam aos dele, e ela murmurava.
- Eu também só quero ficar com você, Ed...
É BOM MESMO com quem mais você ia querer ficar, hippie?...
Não importa o sabor! Era sorvete! Então vai chupar um sorvete de manga Nate, UHAUHAUAUAU.
E em alguns minutos não existia mais sorvete, e ela mantinha a colher a boca, até finalmente tirar a mesma, e ver ela reluzindo de tão limpa diante dos olhos dela. Cabou Ed. Da próxima vez compra de 4 a 5 potes, só uma dica. Hahahaa.
Suspirou fundo, deixando a colher de lado, e logo as mãos envolveram a cintura dele, acomodando mais o rosto ao ombro dele, e fechando lentamente os olhos, murmurou.
- Acho que finalmente vamos ter um pouco de paz...

Aproveita que a mestre ta boazinha.

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Noah Valmont em Ter 23 Set 2014, 15:26

Cerro o olhar ao ter o lábio mordido, e logo Blake entra. Olho pelo corredor por alguns segundos e entro no quarto novamente.
Suspiro, me encostando a porta, vendo Blake deitada. Tranco ela.

- É, bastante... – Me afasto da porta e vou caminhando pelo quarto. Retiro a segunda pele, e a jogo pelo chão.

Quando ela faz a pergunta, eu paro de me mover.

Do que ela está falando?

Fico de costas por algum tempo, imóvel.

- Como assim, Blake? – Pergunto, e retiro a arma, colocando do lado dela – A trava de segurança é no gatilho... Então cuidado. Vou tomar banho... – Passou minha fome.

Vou caminhando até o banheiro, e deixo a porta aberta, para deixar óbvio que a conversa não tinha acabado.

A banheira já estava cheia, deixei enchendo quando estava fazendo o curativo.

Me livro do restante das roupas e entro nela rapidamente, sedento pela agua quente, que estava quase em ponto de ebulição.

Meu corpo reclama, mas eu não ligo.

Repentinamente, queria sumir do mapa.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 15:36

Ficava ali e antes que percebesse ela ja havia terminado o pote de sorvete. Ok, boazinha ainda. Vai demorar um pouco para todo aquele açúcar que dava a sensação de felicidade deixasse o organismo dela, melhor aproveitar. Espera! Não foi isso que eu quis dizer! Ela ate brincava, nossa ninguém vai acreditar nisso! Ele fazia de conta que ia "morder" ela em resposta, parando próximo do rosto dela e a beijando mais uma vez.

- Eu ja sabia...Mas obrigado por dizer mesmo assim.

E logo ela terminava o sorvete. Nossa, e foi logo mesmo! Ok, Edge com toda certeza vai lembrar disso, mas você so comendo salada e sorvete vai demorar um pouco para engordar Natalhie. Não sei porque o pessoal fica pegando no pé dela que ela é toda magrinha e lalala, Edge gosta, ela parece tão vulneravel, tem as pernas tão bonitinhas e...Foco! Vamos manter o foco!

- Podemos tentar...Aproveitar e descansar um pouco, ja que estamos juntos afinal.

E quando acontecia aquilo, nada mais realmente parecia importar. Se acomodava melhor na cama ainda abraçando Nate, deitando-se ainda segurando ela. Quietinho, deixando ela "usar" ele de travesseiro porque ela gosta e ele não reclama. Ele nunca reclama de nada. Ficava em silêncio acariciando o cabelo dela olhando para a porta. Podia perguntar tanta coisa, dizer tanta coisa...Mas para que quebrar o momento? Estava ali em um intervalo no meio do caos mais uma vez com Natalhie nos braços, estava realmente perfeito enquanto continuasse assim.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Convidado em Ter 23 Set 2014, 15:38

Sim, eles realmente pareciam se dar bem. Assim como ele se sentia confortável com ela, Aileen também gostava de ficar perto dele. Ela riu diante da brincadeira, balançando a cabeça em alguns movimentos negativos, soltando alguns cachos do laço, mas nada demais. Não estava ligando para aparência mesmo, caso contrário... estava ferrada. Ou não, dependendo do ponto de vista.

Enfim, era a vez dele.

E de repente, com a fala de Peter, o clima realmente pareceu dar uma balançada. Ele não parecia muito feliz com sua atual condição, e estava se referindo ao fato de ter ido para Duxhill, bem antes de tudo acontecer. Após abrir sua latinha, um novo chiado, Aileen deu um gole, embora não estivesse com sede. Olhava para frente, perdida em sua mente confusa, analisando as palavras de Peter.

- Seu pai quer o melhor para você, apesar de não saber exatamente como fazer isso... - Aileen quebrou a seriedade, inclinando a cabeça em direção a ele - E não se sinta perdido, Peter. Afinal... Nós estamos com sorte - bateu a sua latinha na dele e piscou de novo - Eu te encontrei.

Era um brinde sincero, e agora você tinha companhia, uma amiga. Porque ela gostava mesmo dele, uma simpatia que veio de um jeitinho natural.

- Não tente fazer mais nada sozinho, está bem? Não siga meu exemplo... - ela suspirou e se encostou de novo - Precisamos agir juntos, e isso inclui todos os outros...

Viu, Edge? Tá melhor assim?

- Como você está se sentindo?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Blake Harris em Ter 23 Set 2014, 15:39

Ela se mantinha SENTADA a cama, ainda naquela mesma posição, o olhar foi de canto a ele, e era obvio que tinha visto o machucado recente aos lábios, Mas algumas coisas não são problema dela. Mas veja só agora nós dois temos a boca ferrada, que beleza Noah.

Esperava ele se afastar pro banheiro, e ele lhe dizia como usar arma, Blake só consentia em positivo, deixou ele ir ao banheiro, e logo jogou o corpo a cama, ficando de barriga pra baixo, as pernas ao ar, mexendo-se quase que brincando, como ela sempre gostava de fazer, deixou os olhos passarem pelo corpo de Noah. E eu nem preciso dizer que Noah é um filho da puta perfeito, então foda-se.

Vamos voltar ao assunto que é sério.

- Você é como ela, ele treinava vocês....- Dizia se referindo ao Dr Hunder. Noah Blake sempre foi rebelde, você acha que ela nunca seguiu e viu? Ou que ela nunca se meteu a saber demais naquele lugar? Porque você acha que ele a torturava tanto? A coroa de espinhos, os choques...Lobotomia, o que mais tarde gerou o turno....Ah não vamos falar disto, não agora.Era uma forma de esquecer...

- Eu lembro de ter visto você na sala, eu vi a forma como você olhava, é como ela olhava...Ele educou vocês dois iguais...

Blake suspirou fundo, e nem sabia porque estava dizendo aquelas coisas a ele, ah vai se fuder Noah.

- Eu sempre fui muito amiga do Ryan – perdi minha virgindade com ele, oculta esta parte.

- Quando ele me disse que estava apaixonado eu fiquei pensando em como ela havia conseguido gostar dele, e se realmente gostava dele....- Ela sacudiu a cabeça em negativo.

- Eu já li sobre isto, sobre como ela é...E ela não tem cura....porque ela não está doente....Mas....ela está longe de ser normal...

- Não sente remorso, não sente culpa, ela só protege o que toma posse, porque de algum modo demanda um carinho por aquelas pessoas, não sei se dá pra chamar de sentimento....


- Acredito que o fato de ter participado daquelas “aulas” com aquele monstro, a fez se tornar deste jeito, inclusive eu acredito que ela até mesmo admira ele, o vê como um mentor...



Estamos mesmo falando da Alex?


Blake suspirou fundo, ok vamos ao x da questão.


- Queria te pedir algo...queria te pedir pra deixar os assuntos relacionado a ele de lado.


Porque? Porque vocês dois são iguais, e ninguém quer ver esta briga de foice, muito menos você ruiva.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma noite de calma e descanso.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum