Boas Lembranças de Patheshire

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qua 24 Set 2014, 14:47




A cabeça girava. Muito remédio e muito exercício Blake você esperava o que?...A primeira sensação foi estranha, mexeu os pés e era como se eles não tocassem o chão. O que fez com que os olhos fossem abertos lentamente, e via embaçado a imagem do céu, suspirou fundo e ergueu a cabeça que estava recostada ao ombro de alguém.

Que porra onde eu passei a noite?...A sim..

- Noah?..



Dizia ainda confusa mas aquele ombro era delicado demais, e logo a cabeça erguia-se mais e os olhos podiam vislumbrar o  perfil de uma garota. Os cabelos escorridos de cor negra, a touca a cabeça, a roupa de frio, jaqueta e calça, as luvas as mãos, os detalhes que Blake encarava um tanto atemorizada.

Porque você já sabia do que se tratava, o rosto recuou na mesma hora quase por instinto.

Puta que Pariu...

Uma das “bonecas” estava ao lado dela. E era neste mesmo instante que as mãos se agarravam a um ferro que estava a frente quase por instinto. E então os olhos encararam o nada.  E o rosto ergueu-se no mesmo instante. Fios.

Abaixou e pode ver os pés ao ar. E finalmente teve a certeza. Estava sentada em uma das cadeiras do teleférico.

- Caralho!



Foi a primeira palavra que saiu da boca, enquanto as mãos tateavam aquele ferro, e ela notava que estava completamente parada, no ar, a altura era grande, qualquer queda no mínimo teria as pernas quebradas, ou o corpo todo.

Olhava para o lado e havia o sentido oposto do teleférico, mas a cadeira oposta não estava na mesma direção que a dela.
Virou o rosto e parte do corpo bruscamente pra trás, e pode encarar Noah que começava a despertar do mesmo jeito.

Noah tinha uma “boneca” a seu lado, atrás de Noah, Edge, atrás de Edge, Nate, atrás de Nate, Peter e ao final Aileen.

Todos vocês estão ao ar, parados, sentados em uma cadeira do teleférico com uma “boneca” ao lado de vocês.

E no momento que Blake virava-se bruscamente, vocês podem olhar que a cadeira é sustentada por um ferro numa espécie de argola, quando ela vira o peso pende mais para um lado e logo o banco começa a virar pro lado de Blake, enclinando, levando ela junto, o que faz com que ela praticamente salta pra frente, agarrando como pode no ferro, e restabelecendo o equilíbrio.

Ou seja, vocês estão numa espécie de Balança, o peso de vocês e da boneca equilibra o banco. Um movimento em falso e o equilíbrio acaba e então...

Não se esqueçam que são garotas mortas ao  lado de vocês. E Peter a garota dos olhos que você tanto teme, é a que esta sentada ao seu lado, não poderia ser diferente, poderia?

É Noah...talvez alguém não tenha gostado mesmo de estranhos em sua Casa de Bonecas.

Obs: Durante a noite um gás entrou pela saída de aquecimento no quarto de vocês, vocês que já estavam dormindo, só dormiram mais. E Peter o gás pegou você no refeitório onde estava. Você podia até estar acordado, mas dormiu feito um anjo.

Eu me pergunto no nome de quem estava este Hotel para algo assim acontecer.


Ahhh..Vocês não podem ir embora de Patheshire sem antes dar uma volta no único Ponto Turistico da Cidade, não é mesmo?

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 24 Set 2014, 15:11

Peter comeu, e passou a noite na companhia de uma reconfortante térmica e doses de café. Em determinado momento da noite, apenas, entrou furtivamente no quarto em que estará com Aileen e pode ver a mesma dormindo. Furtivo, seguiu até a menina acomodando melhor os cobertores que pareciam não corresponder a maneira como ela estava deitada. Mas seu objetivo era outro, era o canivete, e tão logo se apossou do mesmo entre as latas de refrigerante já pôs-se, a ponto dos pés, para não desperta-la, de volta ao primeiro piso.
Certo, era uma overdose de cafeína, Peter, mas a sonolência, em determinado momento batera tão forte que ele só sentiu o corpo tombando para o lado, e nada mais pode raciocinar.
Talvez fora a cafeína também que o fizera despertar antes que qualquer outro. E, não era o corpo sem vida da menina que ele temia, era algo mais sublime do que isso. Assim como Blake também descobrira cedo que o equilíbrio estava relacionado com o cadáver. Agora, sentado, Peter não parecia muito preocupado com aquilo. Tinha a cabeça deitada ao encosto do banco e os braços cruzados atrás da cabeça. Olhava para o céu, pura e simplesmente.
Dentro brotava aos poucos uma súbita vontade de rir. Era algo que parecia ganhar ânimo, ênfase. Sentia-se inflamar por dentro... Sentia... Que ele estava perto. Aquela vontade só saiu quando Peter gritou muito alto, a ponto de ecoar inúmeras vezes aquele berro:

VAI ME DAR MAIS UMA CHANCE DE REPETIR O QUE FIZ COM SEU BRINQUEDINHO?!?!?

E ele começa a rir depois da pergunta, em meio a todo aquele vapor que soprava dos lábios.

A segunda sensação que veio foi o desejo de saltar... “Foda-se!” Pensava! Eu ainda posso acabar com esse covarde, mesmo aleijado...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 24 Set 2014, 15:51

Antes mesmo do tal vapor preencher o quarto, Aileen engrenara num pesado sono, não dando o menor indício de que acordaria tão cedo. Bem... pelo menos em seus planos, e estes não seriam prevalecidos. Como nunca acontecia, óbvio, por isso nada que estivesse fugindo dos padrões. Enfim, Aileen foi despertando aos poucos, sentindo o nariz gelado... o que não parecia fazer sentido. A cabeça estava pendendo para baixo, numa curva que fazia o pescoço doer um pouco por ter ficado tanto tempo nessa posição. Ainda confusa, foi se mexendo devagar, tentando se situar e...

Arregalou os olhos ao escutar o berro de Peter, na mesma hora encarando a cadeira a sua frente, que era a que ele estava. E numa sequência, também conseguia enxergar os outros. E quem eram aquelas...? Aileen virou o rosto devagar, soltando um grito agudo ao se ver na companhia de uma boneca. Ou quase, tirando o fato, que na verdade, era uma garota morta. Por causa do susto, ela acabou perdendo o equilíbrio, mas percebendo logo, por pouco conseguiu estabilizar, sentindo o coração parar nesses poucos segundos em que escorregou, e por um triz, não estava beijando a neve lá embaixo.

- Oh, meu Deus... - ela sussurrou, e como Blake, esticou as mãos, segurando-se na barra de proteção.

Barra de proteção? Tá bom...

Mal notou que estava com as roupas trocadas, não importava agora, tirando o fato que pelo menos eram suficientes para aquecê-la. Calça jeans, botas pretas e um sobretudo cinzento, amarrado na cintura por um nó forte, e certamente por dentro dele deveria ter mais uma camada de blusa. O cabelo estava solto e coberto por um gorro escuro, daqueles que aqueciam as orelhas também e nas mãos, luvas.

Aileen olhou para baixo, assustando-se com a altura, visão que a forçou a ficar ainda mais quietinha, pois ela percebeu que caso se movesse um centímetro perigoso demais, ela e a 'boneca' iriam cair. E no final... só uma delas se machucaria para valer, já que a outra estava morta, de qualquer forma.

Ela engoliu em seco e novamente encarou a menina.

Tão perfeitamente aterrorizante...

Em questão de manter o equilíbrio... bem, Aileen não era muito boa, sabe...

- Que droga... Que droga... - murmurava consigo mesma, tentando pensar numa solução, mas...

Não encontrava nenhuma.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Noah Valmont em Qua 24 Set 2014, 16:07

Minhas costas ardem.

Blake... Deve ter cortado ela inteira.

Abro os olhos lentamente.

Está frio.

Quebramos o aquecedor?

Avisei que a gente não deveri---...

Abro os olhos, e vejo o céu límpido e pálido.

Ouço Blake me chamar, e a vejo balançando-se no teleférico.

Olho para o lado, e vejo a boneca.

Caraca... A técnica dele é... Linda.

Fico olhando para o modo que a cera secou, o que será que ele passou nos olhos, para mantê-los tão vívidos?

Estendo a mão e toco o rosto dela.

Por alguns segundos, esqueço onde estou.

E então, o grito de Blake me acorda, e eu vejo ela se desesperando, para manter-se no lugar.

Balanças?

- Sem movimentos bruscos, ou vamos colorir a neve lá embaixo! - Grito.

E logo, Peter grita...

É, eu tinha razão, ele andou brincando por aí. Safadinho.

Olho em volta, com cuidado para não chacoalhar tudo.

A distância entre os carros deixa inviável alguma tentativa de nos aproximar.

Descer...?

Não, gosto das minhas pernas, obrigado.

Ele está nos assistindo.

Sei disso.

Olho para os cabos, procurando por alguma câmera.

Em seguida, reviro a garota ao meu lado.

Tem que ter algo.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qua 24 Set 2014, 16:24

Puta que pariu, quando eu penso que vou relaxar e gozar, eu me fodo de novo!

Blake mantem as mãos a barra deixando o equilíbrio voltar para a cadeira dela, ouve então Noah informar a todos se alguém já não tinha percebido. Que cara sádico!

E ainda tem a porra de uma garota morta do meu lado. A mente esta a mil, os olhos erguem-se ao cabo de aço. E logo Blake fita as próprias mãos, envoltas em luvas de lã, ah...alguém mais tá pensando o mesmo que eu?

Blake suspirou fundo, e tudo bem ela conseguiria se agarrar no cabo antes da cadeira tombar. Mas iria para onde? Qual era o sentido daquilo? E pra frente so tinha neblina e neblina, nem dava para ter ideia onde o teleférico acabava, quanto ela teria que ficar pendurada até chegar a algum tipo de cabine de controle.

- Eu consigo me pendurar, consigo tentar chegar até a cabine de controle...

Era o que Blake dizia enquanto os olhos ficavam fixos a frente, ela não se virava para nada, qualquer movimento em falso podia alterar o equilíbrio daquela merda.

E então ouvia Peter falar daquele jeito.

Serio Peter?

Você esta brincando com isto? Você falou pra provocar ele ou você é UM COMPLETO IMBECIL? Me deu vontade de pular por todos estes carrinhos e chutar sua cara agora.

Filho da puta.

Os olhos iam de canto para as cadeira ao lado deles, arriscaria um salto mortal? E depois iria para onde?...O que diabos ele queria com aquilo tudo?...

 
Noa revirava a boneca e então achava dentro do bolso do casaco dela, uma chave, provavelmente a chave que acionava o circuito do teleférico. Ou....Algo mais....Talvez todos devem revirar suas bonecas.


Vamos levar em conta que Natalhie e Edge estão desacordados ainda, porque a Nate vai ser um problema e tanto. Ela já é um problema, imagina nas alturas?....

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 24 Set 2014, 16:29

Os pés de Peter balançavam, suspensos ao ar, um a frente, outro atrás, revezando-se, como uma criança faria em cima de um balanço parado. Os olhos voltavam-se para a direita, contemplando aquela imagem tão apaziguadora, e logo ele virava o rosto pra menina ao lado:

Você gosta? É lindo não... Ele sorria para a menina, de forma gentil. As mãos descruzavam-se de traz da cabeça. É bonito pra um segundo encontro. Ele riu, levemente. E eu que pensei que nunca mais nos veríamos...

Tratou de arrumar um pouco melhor as vestes do corpo. Sabe, aquilo que conversamos, aquele, “segredo nosso”, parece fazer sentido agora, não? Ele lembrou-se do que falava ao corpo desfalecido enquanto a deitava suavemente no chão, e alguns segundos após isso. Então levou a mão até a da menina enquanto a outra com sucesso, após vasculhar o banco encontrava a escuta. Ele sabia desde o inicio que o sádico estaria se deliciando com aquilo e... “Ah Peter, lembra? Se querem brincar com fogo, é hora de incendiar.”

A mão trouxe a escuta para a gola do casaco, para que ele pudesse ouvir claramente todas as palavras de Peter. Que continuou seu bate papo com a menina, agora num tom bem baixinho e provocante.

Ele está furioso com isso, amor. A risadinha veio provocante. Ele nos deu a oportunidade de um segundo encontro. E sabe porque?

Fez uma pausa e aproximou os lábios do ouvido da menina, em sopros:

Porque ele perdeu o controle de tudo... Porque você é uma obra minha, e não dele... E a ruiva, lá na frente, você vê? É o maior reflexo do seu fracasso... É a minha segunda criação

Peter começava  a rir e afastava o rosto da menina. Logo ele falava próximo a escuta.

Não pense que eu esqueci que estava aí, camarada... Foi apenas um desabafo.

Falava provocativo. Brincando com a mente do serial. E, estava incrivelmente confortável. Continuou:

Você quer um pedido de desculpas, não? Voltava a falar baixinho. Você não pode ter ele... Vai viver com a dor do fracasso, até que estejamos frente a frente, para batermos um papo amigável... Como camaradas que somos.

Fez uma breve pausa:

Mas veja pelo lado positivo, são seis garotas suas e duas minha. Está vencendo! A tonalidade voltava a ser engraçada e até gargalhava um pouco junto das palavras.

Mas como você está perdido, eu faço o meu terceiro ponto, pois ainda tinha assuntos a tratar com essa mocinha aqui do lado.

Peter apanhou a mão muito fria da menina e a apertou soltando um suspiro de puro conforto e agora viria o verdadeiro golpe, através das palavras:
Não importa o que você faça. Ela nunca mais fará parte dos seus planos. Eu quebrei a sua maior criação. E não existe um meio de que possamos voltar e evitar o “inevitável”...

Você perdeu!

E então Peter deitava a cabeça no ombro da menina ao lado. Fechava os olhos e mantinha as mãos juntas.

Está com frio, querida? Eu posso ajuda-la.

Peter tirou o casaco e cobriu o corpo da menina, tornando a deitar irritantemente ao lado dela.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 24 Set 2014, 17:05

Não tinha medo de altura.

Bem, não quando estava dependura num troço sem equilíbrio próprio, colocada ali por meio das mãos de um serial killer que só queria... brincar? Olhou de novo para a boneca humana confirmando seus pensamentos. Mesmo não sendo um sentimento muito nobre, Aileen tinha vontade de empurrá-la para longe, não suportando aquela visão. Sentia o estômago embaralhar e quase podia escutar os berros desesperados das vítimas, do sofrimento pelo qual passaram... de tudo. Eternamente talhadas numa imagem perfeita e sem vida.

Escutava Noah, e em seguida Blake, e esta não parecia uma boa ideia! Se pendurar pelos cabos? Parecia perigoso demais, ainda mais pelo fato da ruiva não estar inteiramente recuperada do envenenamento.

- Blake! - Aileen gritou, segurando-se com mais força na barra - Vamos pensar com mais calma...! Isso é muito perigoso!

Porque se você cair, talvez não tenha uma nova oportunidade.

- Precisamos... Peter!

Ela não podia escutar suas falas com clareza, mas via perfeitamente suas movimentações, e ele aparentava estar transtornado. Se continuasse assim, acabaria caindo, e... meu Deus! O que eles fariam agora? Por estar mais próxima, realmente a ruiva seria a escolha mais acertada para seguir até a cabine de controle. Vendo os outros mexendo nas suas respectivas meninas, Aileen fez o mesmo, mas encontrou a escuta embaixo do banco, tendo que tomar muito cuidado para pegá-la. Com o aparelho em mãos, ela não sabia o que fazer, e sinceramente, não estava muito a fim de provocar o homem.

Apesar de que tinha a impressão de que ele estava procurando justamente isso...

O desespero deles.

E estava tendo êxito.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 24 Set 2014, 18:09

Desde quando o quarto esta tão frio? Isso que da dormir sem camisa.

Não...Mas é bem mais que isso, talvez a janela tenha ficado aberto. Edge abira os olhos devagar e poderia ver claramente a neve, o teleférico. Ah legal, estou sonhando. Será que alguém esta comigo? Provavelmente. Estava ovuindo vozes no fundo, vindas de algum lugar. Susurrava ainda sonolento.

- Nate?

Olhava para o lado e...Bem, quase de instente recuava em um pequeno susto, isso fazia o teleférico balançar um pouco, metros acima. Olhava ao redor, a paisagem, o lugar...O Cérebro parecia demorar alguns instantes para ligar os pontos enquanto olhava para a garota do lado. Quieto, bem quieto enquanto as vozes aumentavam e os bancos lentamente paravam. Ok. Vamos pensar um pouco.

- Pessoal...Eu ja vi um filme assim e o final foi uma porcaria.

Olhava apenas para frente, tentando não se preocupar em se virar. Nate seria racional (faz de conta) se ele não colaborasse para seu desespero então...Vamos fazer de conta que estamos mantendo a calma ok? O balanço estava devagar, e você estava em boa companhia Edge, uma bem silenciosa até.

- Eu estou aberto a idéias...Boas idéias.

Porque o final daquele filme foi mesmo uma porcaria, e é melhor nem comentar a respeito.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Noah Valmont em Qua 24 Set 2014, 19:09

Essa boneca tinha o corpo bem bonitinho até.

E confesso, é gostosa a textura que a pele fica com a cera.

Vou passando as mãos pelo corpo dela, até que encontro a chave.

Ok. Coloco a chave no bolso e procuro por mais coisas. Além de procurar nos meus próprios bolsos.

Aquelas roupas não eram minhas.

- Blake, não faz isso! Não sabemos se tem algo de errado com os cabos, eles podem estar eletrificados ou algo do tipo. Revistem o corpo ao lado de vocês, eu acabei de encontrar uma chave... Acho que é a chave que liga o teleférico.

Grito, conforme continuo revirando as coisas.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Natalhie Archibald em Qui 25 Set 2014, 08:10

Vocês tem medo de algo?

Não um medo que você cria quando surge algo, ou o medo do desconhecido. Mas um medo que já vive em você, um medo que só de imaginar estar diante. Você teme...

Natalhie tem medo de altura. Desde que veio a este mundo, este sempre foi seu maior medo. E você sabe disto Edge, você notou quando ela segurou sua mão daquela forma no onibus, pedindo por proteção, por coragem para enfrentar a altura com você.

E quando estamos diante do nosso medo, nossas estruturas se abalam.

Os claros olhos se abriram lentamente e bastou isto para ela abri-los bruscamente em seguida, os olhos focaram o céu, e a forma como os pés não firmavam em nada, a fez de imediato agarrar as barras de ferro a sua frente, com tanta força que o banco começou a balançar.

- Meu Deus!

Era o que ela dizia, enquanto o corpo enrijecia-se por completo, ela, não mexia um músculo, mas as mãos já tremiam muito, os lábios, e os olhos já eram tomados por lagrimas.

Não precisava muito para saber que ela estava ao alto, ela jamais olharia para baixo, e então teve a infeliz ideia de olhar para o lado, e ver aquilo que um dia foi uma garota, o grito foi alto, e ela de imediato jogou o corpo mais pro lado, e o banquinho tombava um pouco, os pés sacudiram ao ar e ela gritou alto agora, porque o desespero já tomava parte de cada cm do corpo dela.

Os olhos buscavam com urgência por Edge.

- Edge!!!

Ela gritava enquanto as mãos agarravam mais forte a barra, e o banquinho ficava mais reclinado para o lado dela.


E nem adianta esperar que ela raciocine, ela não vai. E nem sequer vai ouvir o que vocês dizem ou tocar naquela "boneca". 

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qui 25 Set 2014, 08:26

Talvez vocês ainda aprendem alguma coisa sobre mente psicóticas. Ou não, talvez vocês simplesmente não aprendam.
Blake ouvia o que Noah dizia e consentiu em positivo. Ok eu não vou sair fazendo merda. Estou com a cabeça bem no lugar. Embora os últimos acontecimentos não sejam propícios a isto. Eu estou no controle hoje. Algumas lembranças não vão nublar minhas atitudes.

Mesmo porque eu nem imagino quanto tempo eu aguentaria ficar pendurada deste modo, não estou nos meus melhores dias de líder de torcida ou corredora. Então é melhor pensarmos antes de apelar para a ultima opção. Que é Blake se jogar nos fios  pendurando-se e tentar chegar em algum lugar.

Ok ultima opção.

Blake tocou então a boneca dela e logo a mão tocou o cabo de algo. Ela envolveu com cuidado e pode sentir que era o cabo de uma faca. Os olhos se abriram mais e ela com a outra mão afastou a jaqueta da “boneca” e pode vislumbrar a faca que Peter tinha usado para matar a outra menina. Blake suspirou fundo e por um momento aquela lembrança invadiu sua mente. O vulto. A faca...O sangue que pingava ao chão. O Monstro....

- Ele está brincando conosco....

 
E nunca é bom provocar alguém assim Peter quando você esta em um teleférico, em um banco/balança. E é obvio que ele tem vocês na mira, querido. E é obvio que ele nunca atinge quem pensa que esta provocando ele.
Ele atinge você sim...mas não diretamente.

 
Blake mantinha a mão ao cabo da faca, e logo tocou alto a sua cintura. E os olhos encaram meio intrigados uma corda que estava amarrada a cintura dela, e ia depois amarrada a cintura da boneca.

 
- Pra que esta merda...
 
Blake virou o rosto pro lado e tentou entender algo, com a corda a mão, a faca a outra. Era como um jogo...Um jogo doentio.

 
E era no mesmo instante que algo passava pelo rosto de Blake, chegando a cortar o mesmo, e atingia em cheio a cabeça da boneca, com o impacto a mesma era jogada bruscamente do banco pro lado e caia,  era no mesmo tempo que o banco tombava, a faca era bruscamente arrancada do peito da boneca, ficando a mão de Blake, e banco já reclinava-se por completo, Blake so tinha o tempo de agarrar-se aos ferros do banco que já estava na vertical para não cair, ficando pendurada ali, e a boneca pendeu com força pra baixo, presa a corda que estava a cintura de Blake a boneca.
Blake ficava pendurada, com as mãos tentando segurar de todos os modos no banco, mas a boneca a pendia com força la pra baixo.

- CARALHO!

Ainda bem que ele tira os órgãos né Noah? Ou a Blake não ia aguentar tanto peso.

Portanto vocês podem ter certeza agora. Temos um sniper, e o jogo tem que ser como ele quer jogar, e não como vocês Peter...Você ainda não aprendeu?...

Usem a cabeça de vocês.
 
 

Aileen dentro da sua boneca tem uma pequena caixa de ferro, a qual precisa de uma chave para abrir.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qui 25 Set 2014, 09:31

Manteve a cabeça deitada ao ombro da menina. Logo via Nate despertar em seu total desespero. Genial, ela estava alimentando o que o babaca tanto queria com eles: o desespero! “Sério!? Vocês não pensam?! Se fosse a vontade deles todos já estariam mortos...”

É... Parece que vai perder uma de suas bonecas... Isso somaria pontos pra mim? Se referia a Nate, e ao desespero da garota. Ela não resistiria muito. Os braços de Peter agora envolviam o corpo de menina, acolhendo-se a ela num total “foda-se”. A mão começou a revistar o corpo dela, só então, oculta pelo casaco que a cobria.

Os olhos de Peter voltavam a se abrir. Viam a ruiva pendurada. Não pode perceber o disparo. Tudo que precisava e tinha na cabeça era manter o controle, não demonstrar fraqueza nenhuma; alguns não estavam ajudando. Não poderia acusa-los, enfim. Alguns medos são inevitáveis, não é Peter?

Aileen... Peter falou num tom mais ameno, sabendo que o banco dela estava atrás.

Você já agradeceu nosso amigo pelo passeio? Pelas roupas novas e tão agradável companhia?

Ele tinha um plano, e iria até o fim.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qui 25 Set 2014, 09:39

Peter dentro da sua boneca tem uma carta escrita a mão, tem algumas gotas de sangue a mesma.



Não sei o que esperar...
Por mais que eu saiba que estou perto da morte, que ela me envolve de um modo tão aconchegante.
Minha alma teima em lutar...
Meu corpo implora um descanso que minha esperança nega.
Quem neste mundo pode abandonar seus sonhos?...
Quem neste mundo pode desistir de crescer? De ter  uma vida?.
Eu sempre quis me formar, me tornar médica, curar pessoas, trazer a esperança quando tudo é escuridão.
Chega a ser cruel a maneira como tudo que sempre quis se volta contra mim agora.
Mas eu não vou desistir, tenho uma família que me espera, tenho sonhos que precisam ser realizados.
Tenho uma vida toda pela frente, e por mais que seja fácil abrir mão disto tudo e descansar...
Eu vou continuar e vou lutar.
Eu vou sobreviver.
Eu tenho muita história pra contar.
Tenho meus sonhos para viver...
Eu vou sobreviver....
 
Anabelle Carrigan.
 

Ok Petter, agora você sabe o nome da garota que matou

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qui 25 Set 2014, 09:42

Sua cabeça parecia estar congelada, tudinho. O crânio, o cérebro... Não conseguia raciocinar, e pensar em nada... ou melhor, até pensava sim. Por exemplo, de manter-se o mais imóvel possível para não virar patê. E acreditar que estavam seguros naquele hotel... Ingênua ilusão. Olhava para a escuta, não sabendo o que fazer com ela, por isso apenas a manteve em mãos. Logo escutou a voz de Edge, sinal de que estava se recuperando do sono forçado. Todos vivos, ao menos... Mas...

E Natalhie?

Então Aileen se lembrou...

Merda.

A voz de Noah novamente se destacou, e antes mesmo dele terminar a ordem, Aileen já estava vasculhando o corpo da boneca, procurando por mais alguma coisa. Os dedos estavam rígidos, pelo frio, pelo nervoso... pelo medo, tanto faz. Permanecia tateando, até que encontrou, por dentro do casaco de algodão, uma caixinha. Puxou o objeto, o olhando de maneira desconfiada e precisou apertá-lo bem para não derrubar.

- Eu encontrei uma coisa! - ela gritou, mas ainda sem abrir.

Mas o grito de Natalhie rompe qualquer estrutura e linha de raciocínio.

Aileen fechou os olhos, e nada do que dissessem para Nate, a faria se acalmar. Então, a única solução eram eles acharem uma saída. Ao olhar a cadeira dela balançar com violência...

Céus... Precisavam agir depressa. Antes que uma tragédia ainda pior acontecesse.

De novo.

Por isso, sem mais hesitar, puxou a tampinha daquela porcaria, encontrando... uma fechadura? E era nesse momento que via Blake praticamente despencar do banco, mas conseguindo se segurar. Só que pelas condições, não seria por muito tempo.

- Blake! - berrou em reflexo, já sentindo os olhos úmidos.

Não... Não...

- EU ENCONTREI UMA FECHADURA!

Mas o que isso está trancando, afinal? E a chave...

Olhou para Blake mais uma vez e depois para a boneca.

- Você precisa soltá-la...

Só que ela não conseguiu dizer isso alto. Apesar de mortas...

Ela não sabia dizer como era para os outros, mas sentia-se extremamente incomodada de sequer pensar em fazer qualquer maldade para aquelas meninas.

Meu Deus...!

- A chave, Noah! É a sua chave!

Escutou Peter chamar seu nome, e agir daquele jeito tão perturbador.

- Por favor, Peter, você precisa manter o controle... Não se deixe levar pelo joguinho desse doente... Ele quer nos enlouquecer!

E estava conseguindo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Noah Valmont em Qui 25 Set 2014, 10:23

Ouço o estampido ao longe, depois do tiro já ter feito o estrago.

Minha mente trava quando vejo o bando de Blake despencar.

Desgraçado.

Ele queria isso desde o começo.

Sabia que eu iria tentar, de qualquer modo, deixa-la segura. E por isso, agilizou as coisas.

E ele sabe o que vou fazer em seguida.

Maldito.

Eu não contava com uma influência tão grande assim.

Polícia, hospital, hotel... São vertentes e pessoas demais envolvidas.

Eu errei.

Ele não é parecido comigo.

Eu não usaria pessoas, trabalharia sozinho.

Ele é mais fraco que eu. Depende de outras pessoas.

Fraco.

E com sua fraqueza vai matá-la.

Eu não penso, simplesmente me jogo.

O movimento é o mais rápido que eu posso, não sei por quando tempo vai durar, mas posso tentar.

Fico de pé no carro e me jogo. O salto é para ajudar me agarrar, já que tento agarrar o cabo com os braços e pernas.

Meu físico nunca foi o meu forte, e eu sei disso ao saltar.

Mas também sei que tenho que salvar Blake.

Nem me preocupo em ouvir o carro despencar, apenas tento me mover, para “montar” o cabo, assim não tenho que fazer tanta força... E me aproximar de Blake.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qui 25 Set 2014, 11:06

ADENDO:
ADENDO:
 
Puta que pariu, As mãos de Blake se agarravam ao banco como ela podia, tentando prender  os dedos ali, mas escorregava muito devido a neve que estava no banco, ela deslizava e agarrava de novo, o corpo balançava muito, devido ao corpo da boneca que pendia abaixo dela.
- Eu vou cortar a corda...
Dizia enquanto tentava apanhar melhor a faca a mão, e então ela via Noah de pé no banco, os olhos se abriram mais e ela gritava.

- Noah não!...

Nem sequer ouvia Peter falar ou delirar ou fazer sei lá o que. Aquele puto tinha eles sob a mira, ficar brincando so iria resultar em tiros na cabeça deles. E então Noah estava sob os cabos, os olhos de Blake o encaravam.

- Noah volta...

VOLTA COMO Blake?...No momento que Noah se jogou da cadeira dele, o ferro correu pelo argola, e logo a cadeira e a boneca caiam la embaixo em meio a neblina. Sumindo da vista de todos.

Blake fitava Noah e sabia que ele não ai aguentar muito tempo nos cabos, ainda mais que tinha neve neles, ainda mais que nem ela estava se aguentando. Os lábios dela se entreabiam e ela dizia com uma confiança que era impossivel pensar outra coisa.

- Eu vou te pegar...

Dizia enquanto lagrimas já invadiam os claros olhos. Mesmo quando não existe esperança, ela sempre tentaria o impossível, sempre acreditava no improvável, por isto ela pediu tanto que você levasse a menina Peter.

Ela gritou de dor enquanto jogava o corpo pra cima, puxando a boneca junto e tentando subir ao banco para dali ir aos cabos. Se soltasse uma mão para cortar a corda poderia ser fatal. Mas ela tinha que tentar. Os olhos ficavam fixo em Noah, e ela falava com calma. Mesmo com a voz embargada pelo choro.

- Eu vou cortar a corda e vou subir para te ajudar....



Eu vou Noah, eu acredito nisto, eu sei que vai dar certo. Você nem imagina o tanto de coisas que passa pela minha cabeça agora. E agora eu sei quando é muito mais fácil quando você não se importa tanto, ou quando finge que não se importa. 


Noah você não foi feito para isto, este sempre foi seu fraco, você foi feito pra pensar, mas desde que conheceu Blake não pensa mais. Fato é que esta cada vez mais difícil de se segurar, escorrega, você solta, pega de novo, não consegue pendurar as pernas muito tempo.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Noah Valmont em Qui 25 Set 2014, 11:16

Merda de corpo inútil.

Pelo menos serviu para Blake se mover mais, e se esforçar mais para se salvar.

Os braços doem, e logo, estou pendurado só pelos braços.

Merda...

Fazer aquele monte de exercícios nunca ajudou de nada.

Continuo me esforçando, tentando chegar com as pernas.

Quem é você, desgraçado?

Você tem grande influência nessa merda de cidade.

Você controla a polícia.

Controla o hospital.

Controla o hotel.

Sabe atirar.

Quem é você?

Cerro o olhar.

Político? Não.
Você gosta de ter poder, e ostentar esse poder, subjugar os outros...

Desgraçado!

Cerro o olhar, tentando ao máximo me segurar.

Você vai me ouvir? Espero que sim.

Falo em tom de voz normal, sem me preocupar se os outros vão ouvir. Mas no caos que estamos, talvez só Blake ouça.

- Vamos lá, Xerife... Eles não são páreo para você, e se eu morrer, o jogo acaba. Você nunca encontrou alguém como eu, não é? – Minhas mãos tremem. Merda, vou cair... – Nunca encontrou alguém a sua altura nesse fim de mundo, não é? – Tenho vontade de rir. Eu sei que estou certo! Desgraçado, é você, não é? – Vai me matar assim, a distância, e acabar com a graça de um encontro? Talvez você não seja tão bom quanto imaginei...

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qui 25 Set 2014, 11:22

Peter pode sentir que havia algum papel ou algo do gênero junto do corpo da menina. Logo ele o enlaçou e...

Olha, temos uma surpresinha... Não é a conta né? Riu-se.

Uma carta, genial. Peter desdobrou a carta, pôs a mesma em frente ao corpo, com a mão falha segurando-a e começou a lê-la, em voz clara, bem próximo a escuta. E foi lendo pausadamente, os olhos corriam pelas letras, por cada palavra. Devia ter escrito antes do pior, certamente, ou até por obrigação... Mas, a palavra que ela disse havia confortado um pouco aquele impacto, e ele não arredaria o pé. Não podia ver o que Blake e Noah estavam fazendo, a neblina não permitia. Parecia ficar mais espessa.

Eu queria que você estivesse lá para ouvir o que ela me confiou antes de morrer. Faz essa sua tentativa ser tão falha, e mostrar o quão fragilizado está. É como se eu pudesse sentir seu desespero, assim como tu pensou ter sentido a minha dor... Não?

Peter dobrou novamente a carta e a guardou num dos bolsos:

Vou guarda-la comigo, obrigado. Mas, agradeço de verdade por me proporcionar o nome dela... Isso me corroeu demais nos últimos dias.

Recolheu o casaco e vestiu-o de novo.

Desculpe querida, eu já o repasso novamente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qui 25 Set 2014, 11:47

Embora estivesse no último carrinho, o que lhe proporcionava uma visão mais ampla do que acontecia com o restante do grupo, logo uma camada suave de neblina foi ganhando espaço, e então... ela mal conseguia enxergar o banco de Peter, que estava bem na sua frente, quanto mais os dos outros. Mas podia escutar... E foi fácil deduzir qual fora a atitude de Noah ao ver Blake em risco. E se isso não fosse suficiente, o som de algo metálico despencando...

Por um momento, ela achou que tinha sido a ruiva, ou o próprio príncipe. Mas não. Eles ainda conversavam e o desespero era notório nas vozes dos dois.

E agora?

Aileen olhou para os cabos, e não, não era uma boa ideia. Não tinha força alguma, e era capaz de nem aguentar dez segundos pendurada. Estavam todos encurralados.

- Peter! Peter! Fale comigo! - ela gritava, desesperando-se quando a neblina começou a cobrir tudo - Você está conseguindo enxergar algo? Alguém...?

Uma escuta na mão, e uma fechadura na outra... Que maravilha.

Ambas as palmas ocupadas, e ainda assim 'vazias'.

Precisava da chave.


Última edição por Aileen Donnelly em Qui 25 Set 2014, 15:01, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qui 25 Set 2014, 12:06

Edge ouvia todos aqueles comentários e olhava para o corpo ao seu lado. Bem, não podia dizer que não tinha um grupo motivado no final das contas, ou apenas que não conseguiam deixar de lado o perigo da situação e acreditar que estava tudo bem.

Porque convenhamos, não esta tudo bem.

- Acho...Que não adianta "racionalizar" com uma pessoa assim sabe...Mas a escolha é de vocês, não pretendo começar a ser o líder agora.

Ouvia o grito de Natalhie e segurava o reflexo de olhar para trás, ja que apenas esse reflexo interrompido ja balançava a cadeira onde estava sentado. Segurou-se da maneira que podia e fechou os olhos, colocando a cabeça em ordem. Vamos la Edge, você precisa ficar calmo por pelo menos outra pessoa além de você.

- Natalhie...Eu sei que eu vivo dizendo isso, mas vai ficar tudo bem ok? Você não desiste lembra? Se coisas que não entendemos não podem deter você não vai ser um maluco que vai. Mas precisamos apenas para variar agir juntos ou quase para sair daqui.

Abriu os olhos e olhou para a garota ao seu lado. Morta. Que bela porcaria cara. Edge bloqueava boa parte daquilo que ouvia enquanto pensava no que faria a seguir. Até o ponto em que chegou a conclusão de que não adiantaria de nada ficar ali parado.

- Vou...Ver se a garota que esta comigo tem alguma coisa.




Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qui 25 Set 2014, 12:14

ADENDO:

Se o corpo doia, multiplique isto por 100 agora.

Blake erguia-se como podia, jogando o corpo sobre aquele banco. Mas Noah...Lembra quando o ferro que segurava seu banco passou na rodinha e o banco desabou com a boneca?. Sabe o que impedia o a Blake de desabar? A posição que ele tinha ficado, mas quanto mais ela subia pelo banco, mais  ele deslizava.


Noah então parecia saber quem era o psicótico que estava perseguindo eles. E parecia de algum modo desafiar ele, mas ao contrário, para não mata-lo.


- Noah...


Blake dizia enquanto as lagrimas escorriam do rosto, e logo o banquinho começou a sacudir muito. Ela tinha que cortar a corda e a ajuda-lo, era o único meio de sair dali, ele não ia aguentar.


E você ia Blake? Você mal se recuperou....


Blake suspirou fundo e segurou com toda a força que tinha naquela banco, enquanto a outra mão se soltou com a faca, e ela posicionou para corta a corda, com a mesma faca que Peter tinha usado para matar a menina. E no momento que ela cortou o peso se aliviou, e ela respirou aliviada, e logo que voltou a mão ao banco, ela pode ver no momento que o ferro deslizava do circulo.


- Não! Não! Não.....



Dizia enquanto jogou o corpo como podia na direção do banco, para tentar se segurar em algo, mas não foi possível, a mão escorregou e logo o corpo deslizou pelo banco, até ela não ter mais onde segurar, quase em seguida da boneca, foi a vez de Blake cair, e sumir em meio a neblina, enquanto os gritos podiam ser ouvidos.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qui 25 Set 2014, 12:32

NO BANCO DE CADA UM DEVE HAVER UMA ESCUTA, LIVREM-SE DELA... ISSO SÓ ESTÁ DIVERTINDO MAIS O NOSSO AMIGO!

Então Peter falava para Aileen, sabendo que sua escuta deveria estar no banco, e que ela não deveria ter se livrado ainda do objeto:

Esta tudo bem Aileen! Está tudo tranquilo... A voz de Blake então, num grito de desespero podia ser escuta e Peter gritou alto para Aileen, tentando omitir ao máximo o grito da ruiva para evitar preocupa-la:

EU SÓ ESTOU IRRITADO PELAS FLORES QUE MANDEI ENTREGAR E VOCÊ TERÁ QUE ESPERAR MAIS PRA RECEBER!

Se seria suficiente o grito para amenizar o de Blake ele não sabia, mas tinha que tentar deixa-la tranquila. Afinal o interesse daquele maldito certamente era a agonia dos mesmos. O peso agora pelo grito da ruiva machucava. Teria caído, certamente. E, era o que Peter estava pensando em fazer também. O cabo de aço não era viável para alguém com um só braço. Então pra descer, apenas a queda...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Noah Valmont em Qui 25 Set 2014, 12:52

Minha mente não passa de um branco.

Não consigo mais pensar.

Não consigo mais raciocinar.

Acertei quem era ele?

Meu desafio teve efeito?

Não importa mais.

Não depois de ouvir e ver Blake despencar.

Assisto, impassível.

É como se algo quebrasse dentro de mim.

A fadiga muscular é absurda.

Queima.

Mas a dor não me incomoda tanto.

Nunca incomodou.

Soltar?

É o que mais quero. Mas repentinamente, não quero mais nada... A não ser vencê-lo.

Você vai pagar por isso.

E muito, muito caro.

Tento apenas chacoalhar o corpo, tentando mirar alguma arvore, e me solto, me atirando em sua direção.

Não vou morrer.

Vou me quebrar, vou me machucar, vou me destruir...

Mas não vou morrer, antes de matar você.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Natalhie Archibald em Qui 25 Set 2014, 13:27

Como eu vou ficar calma?....


Nate mantinha as mãos naquele ferro tremendo muito. E então ouvia as  palavras de Edge e ela gritava enquanto fechava os olhos com força, não queria mais ver. Não queria.

 
- NÃO DÁ EDGE, NÃO DÁ!

 
As lagrimas escorriam com facilidade do rosto enquanto ela sacudia as mãos na barra de ferro, e a poltrona reclinava ainda mais.

 
- Tem uma garota aqui do meu lado, ela não está viva, Meu Deus do céu, o que  ele fez com ela, eu quero sair daqui, eu não consigo!!!
 


Dizia sem parar, frase que até não tinham conexão. Exatamente porque Nate não conseguia pensar, não conseguia focar, tudo que ela queria era ter a certeza que aquilo tudo ia acabar e ela estaria em Terra firme.
 


- Edge...eu não quero cair.
 


Ouviu o grito de Blake, e foi o suficiente para ela começar a gritar.

 

- Eu não quero cair!

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qui 25 Set 2014, 13:34

Ah Noan, com o físico que você tem, você não chegaria tão longe.

As suas mãos escapam do cabo de aço e logo você sente seu corpo despencar, cair e se perder em meio a neblina.
É o fim para você, assim como foi o fim para a Blake.

Você cai logo em seguida dela, pelo menos estão juntos, não? Não era o que você disse a ela ser o  importante a noite passada?.

Desejo realizado.

 
Vocês me subestiam, se acham que eu colocaria as bonecas perto de vocês, se fossem elas que me movessem, ou se você falarem atrocidades vai me tirar do meu juízo, isto é apenas um jogo e vocês vão jogar, querendo ou não.
 


Não existe pior terror, que o psicológico.
 
O nada é muito mais vazio que a duvida, por isto Noah você sentia o desespero enquanto a Blake estava pendurada, agora você não sente nada depois que ela caiu.

Como não sente nada assim que está caindo, você cai, e logo você sente seu corpo bater em algo muito macio, e depois saltar pra cima de novo, até cair, e saltar, e ir saltando cada vez menos. Uma cama elástica. Uma proteção elástica, era o que estava abaixo de vocês.

E você mal tem tempo de sentir isto, logo sente um corpo pesando, caindo sobre o seu, os braços que em desespero envolvem seu pescoço, e aquele abraço de angustia, alivio, a mistura de sentimentos que faz o corpo de Blake tremer em completo desespero.

Abraçava ele com tanta força, que era mais força do que fez para se segurar, para lutar pela própria vida.
Meu Deus...não existe pior terror, que o psicológico...E aquele alivio vinha regado a desespero, e fazia o corpo tremer ainda mais.
 



É uma pena que vocês aí em cima não saibam disto, então por favor...continuem lutando pela vida de vocês.

Edge na sua boneca tem uma chave. Pode ser a chave que abre a caixinha que está com Aileen, mas será que você sabe disto?

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum