Boas Lembranças de Patheshire

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Noah Valmont em Ter 30 Set 2014, 20:23

Olho novamente para o espelho, me encarando.

Chega.

Caminho até a porta, e a abro... E então, paro de me mover.

Fecho a porta novamente e a tranco por dentro.

Hora de revirar a sala do doutor.

Minuciosamente, passo a olhar a sala.

Gaveta por gaveta.

Detalhe por detalhe.

E então encontro um cofre, atrás de um quadro com a foto do teleférico da cidade.

Olho para o teclado alfanumérico por alguns segundos... Faço cinco ou seis combinações, e então ele se abre.

Idiota, quem coloca uma senha dessas?

E então, apanho todo conteúdo.

Fotos e mais fotos... Prontuários médicos.

Vejo fotos de Blake, e de outros alunos e mais alguns alunos. Fotos antigas, mas não parecem muito antigas.

Fotos de coisas que eu nem julgariam existir... Até ver essas fotos.

Algumas fotos me respondem perguntas, outras me dão mais dúvidas.

Por fim, apanho uma pasta grossa, que estava dentro do cofre.... E junto tudo o que encontrei nela.

Fecho o cofre, agora sem nada em seu interior.

Finalmente saio da maldita sala, e caminho para fora do hospital.

Preciso sair dessa cidade.

Levar isso para algum lugar seguro.

Onde raios está Blake?

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 24
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Ter 30 Set 2014, 22:25

(Agora que notei que devíamos ter turnado no hospital, masss, já foi, auhauhau)
 
Blake parava a Hummer até onde a estrada ia e logo descia do carro. O capuz já se colocava sobre a cabeça ela caminhou na direção dos dois corpos que ainda estavam lá, e logo agachou-se procurando alguma coisa, em pouco tempo o graveto utilizado por Peter e depois por Noah estava a mão dela, ela olhou então o outro
que ainda estava de mascara e logo estendeu a mão e tirou a mascara dele, revelando o rosto do Dr Norton.
Blake ergueu-se e ficou o encarando longos instantes.
Sacudiu a cabeça em negativo, não podia deixar nenhum pensamento imundar sua mente naquele momento, caminhou na direção da fogueira que Nate acendera e deixou o pedaço de galho cair ali.
Queimando evidências, Blake? Que feio...
Tenho meus motivos.
Você sempre tem.
Caminhou de volta a Hummer e logo dirigiu indo para o outro lado de Patheshire. Não demoraria a deixar o carro a beirada estrada, abriu o porta mala pegando uma mochila e colocou as costas, caminhando na direção da Cabana. Sim aquela maldita cabana.
Era o que ela sempre quis fazer deste que colocou os pés nesta cidade. E finalmente ela conseguiria.
Era o que ela precisava fazer...
Caminhou na direção da cabana e logo abriu a porta, entrando a mesma, parou estática ao centro da sala.
Ela não achou que seria tão difícil. Já estivera lá antes, aquele porco a tinha arrastado junto das “bonecas” dele, mas estar lá sozinha, com a mente ciente do passado.
Era diferente.
Blake suspirou fundo e engoliu em seco. Os olhos se enchiam de lagrimas e ela erguia o rosto ao ar, e segurava tudo. Tinha que fazer.
Apoiou a mochila ao sofá e tirou seu caderno de lá de dentro. Abriu o mesmo e começou a tirar as folhas, olhando os desenhos, pela ultima vez, antes deles caírem ao chão, bem aos pés dela.
Até que deixou o caderno cair, a mão se apoiou na pilastra da sala, e era neste momento que ela parecia quase ter um choque ao corpo, os olhos se fecharam, e ela podia ver diante de si, o corpo sendo jogado naquela pilastra, Ambas as mãos se apoiaram na pilastra e ela abaixou o rosto. O corpo todo se corria com a lembrança, e ela encolheu o tronco quase como se pudesse sentir, aquelas garras rasgando suas costas junto as suas roupas.
Até então...As lágrimas já corriam livres pelo rosto.
Quanto tempo fugindo disto, Blake?...
As mãos agarraram a pilastra como podia, mas o corpo cedia, caindo de joelhos aos chãos, as mãos se apoiavam aos desenhos, e ela parecia de algum modo tentar procurar apoio.
Até que ela fez o que toda criança assustada faz...Arrastou o corpo na direção da parede, e jogou as costas sobre a mesma, os braços abraçaram os joelhos, e o rosto se escondeu atrás dele, enquanto os olhos verdes visualizam tudo, a lembrança era tão real. Era como se o Monstro estivesse ali.
E não estava, Blake?...
O corpo encolheu-se ainda mais, os fios vermelhos, e os olhos iam ao desenho, da menininha de cabelos vermelhos encolhida ao canto, enquanto o monstro estava a espreita.
E você sempre diz Edge que ninguém conhece a Blake de verdade, o que ela esconde, quem ela é...
Bom eu vou te apresentar.
Beatrisse Harris.
 
 
Passado algum tempo, Blake pareceu tomar coragem, caminhou até a mochila e logo tirou um galão de gasolina de lá, o qual espalhou pela sala, papeis, desenhos, lembranças...tudo. E caminhou na direção da porta, enquanto o fosforo era acendido, ela o jogou sobre os desenhos. E ficou no mais absoluto silencio vendo tudo aquilo se queimar.

Porque estava na hora. De vencer o monstro. E ninguém neste mundo podia fazer isto por ela.
E era necessários duas covas. Uma para o Monstro, outra para a Bea.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Ter 30 Set 2014, 23:47

Depois que apagou Peter vagou por horas e horas num vale tão vazio que forma alguma representava. Parecia um recém-nascido, em pensamentos, vivo, mas uma tábula rasa. Era sedado e permanecia naquele estado de graça, enfim, conseguira o garoto descansar. Um repouso tranquilo, uma viagem por um mundo distante. Ele vivera em meio a mais pura calmaria. Conseguiu, Peter, o que tanto desejara... Agora, nada mais o perturbava. Era como se houvesse nascido mais uma vez, aprisionado a um longo sono, deixando para trás todas as preocupações, todos os problemas, tudo...

Ele não podia reconhecera Noah nem Blake. Não pode reconhecer Aileen, estava num estado absolutamente de torpor. E nem a dor fazia mais parte de sua vida... Ele fechara os olhos para não mais acordar. Por horas e horas, saltando para o mais absoluto e completo vazio. E nos minutos que se sucederam, após a cirurgia, o corpo começara uma quase imperceptível reação. Era a vontade de viver que se manifestava, lentamente, trazendo-o o sopro da vida.

Peter sentiu a pele macia da ponta dos dedos de Aileen, e logo a maçã do rosto da menina que, assim como sua temperatura, denunciava que ela ainda estava ali. Ele não saberia ao certo reconhecer a imagem que os olhos agora tinham em foco, em atenção. Mas a cabeça timidamente era deitada para o lado da jovem e os inexpressivos olhos fisgavam-na em meio a um estado de inconsciência. Talvez, pela primeira vez ela não pudera fazer sua leitura. Estavam tão distantes da realidades e logo piscavam uma única vez, lentos e pesados, para se fecharem de novo.

A certeza da vida. Triste para Aileen, provavelmente, pois ele não havia manifestado o interesse que a mesma para consigo. Na mão apenas o calor, sequer uma reação do corpo, estática, pura e simplesmente. O rosto de Peter possuía agora dois cortes superficiais, do choque do corpo a janela, assim como o supercílio também apresentava alguns pontos, mais precisamente três. E, a estadia da jovem logo era interrompida por uma equipe médica, com uma maca, para transportar o jovem para um local com maior nível de aparelhagem para tão grave problema.

Ele seria transportado por helicóptero até um hospital capaz de auxilia-lo da maneira mais segura possível. Era o momento em que os dois separavam-se... Triste para ela, inconsciente para ele.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Natalhie Archibald em Qua 01 Out 2014, 08:21

Nate ouviu Edge falar e ficou em silêncio. Sim tinha uma garota-fantasma na casa que queria aquele colar a todo custo, quase matou eles por conta disto. Nate arqueou a sobrancelha enquanto ele dizia que Logan iria dar um jeito e que Kiki o tinha lembrado disto.

- Ok..mas eu vou supervisionar isto de perto, uma pessoa como o Logan não sabe a importância de um Prada, ele não tem classe para se vestir e entender, ele simplesmente pega qualquer roupa de qualquer lugar e veste e....

Por um segundo os olhos de Nate ficaram encarando Edge em silencio e era como se dissessem: E você também, HIPPIE.
E ele perguntava o próximo passo, ela virava-se para ele e já erguia o dedinho dela pra falar, mas ele falava primeiro, ela ia falar de novo, e ele falava, e então ela ficava com os lábios entreabertos o fitando, e logo cerrou os olhos e fez um bico com os lábios rosados.

- Vamos logo....


Dizia enquanto apontava o celular e sacudia a mãozinha ao ar. Faça sua mágica Edge. Arrume uma forma de nos tirar daqui, nos teleporte para Duxhill, depois tenha a certeza que meus sapatos chegaram, e tenha a certeza de que não vamos mais voltar para este pulgueiro de cidade, e tenha a certeza de não falar mais com a Nina, e tampouco falar com alguém da sua antiga banda, e se possível não fale com mais ninguém a não ser. EU. 

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qua 01 Out 2014, 08:48

Saia finamente da cabana e caminhou até a Hummer, apoiou um pé a base de entrada, e as mãos ao capo, e ficou encarando em silencio a cabana queimar. Até que finalmente entrou ao carro. Sentou-se ao mesmo, apoiando as mãos no volante. Suspirou fundo.

Iriam voltar para Duxhill e tudo voltaria ao normal, alguns iriam fingir que nada aconteceu, outros iam ficar mais obscuros, fechados, outros mais unidos. Era sempre assim.

Neste meio tempo as lembranças eram acumuladas. Por isto Blake ligou o carro, estendeu a mão ao porta luvas e logo apanhou a caixa com as duas alianças e atirou pela janela.

Algumas lembranças não iriam mais atormentar. A mão foi ao compartimento de pirulitos e ela levou um a boca enquanto  voltou o espelho a ela, e viu o sorriso nascer nos lábios ainda machucados. Os olhos verdes encararam a própria imagem ao espelho e ela disse a si mesma.

- É bom estar de volta...



Levou a mão a cabeça tirando a touca de Noah dela, e a jogou no banco, sacudindo a cabeça e libertando os fios rubros. E não entendia porque mais o sorriso não saia dos seus lábios, finalmente fizera o que veio a Patheshire fazer. Se libertar.

O carro não demorou a parar frente ao hospital e ela buzinou, esperando que Noah reconhecesse a buzina da Hummer, que ao final era única, e devia mesmo ser a única Hummer naquele local. Esperaria ele se aproximar e logo abria a porta.

- Pronto pra voltar, Doctor?...



Piscava a ele, e era impressionante como era a mesma garota que ele conheceu no hospital, com aquele sorriso fácil nos lábios e que se tivesse escondendo algo, você não queria nem saber. Porque era bem melhor te-la assim.

E eu vi esta pasta na sua mão Noah, mas eu sinceramente não sou curiosa, e sei respeitar o segredo das pessoas, se você quisesse mostrar já o tinha feito.

Aileen caso não tenha como voltar esteja por perto, a Hummer é igual coração de mãe, sempre cabe mais um. hahahaha.

O que aconteceu, o que fizemos, ficou pra trás, em Patheshire, e desta vez, eu não tenho a mínima vontade de voltar.

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 01 Out 2014, 12:04

De perto? Pelo visto alguém esqueceu de certo fantasma seguindo eles até o carro. Sapatos ou melhor, PRADAS pareciam realmente atrapalhar um pouco o raciocínio lógico da Natalhie. Ou ao menos dentro da cabeça dela faz sentido.

Só você mesmo Edge.

- Não posso deixar você chegar perto da casa. Não podemos arriscar Natalhie.

Porque você gosta dela mesmo Edge? As vezes não da para entender. A maioria na verdade. Fazia uma expressão estranha e colocava as mãos no bolso. Nossa, ele tinha deixado até os celulares? Nem tinha se preocupado em preocupar nos bolsos. Olhava para ela sorrindo.

- E eu também? Pode dizer, eu sei.

Piscava para ela. A vida não tinha a mesma graça sem provocar Natalhie um pouco, se ela pode reclamar de tudo o tempo todo, ele também pode implicar com ela por reclamar de tudo o tempo todo. Faz parte do acordo. Apertava um botão do celular e aguardava um segundo. Sim, chega de neve por enquanto...E aquela temporada não estava entre as suas favoritas.

- Alo, James? Eu preciso de um carro, eu ja tenho uma boa idéia...

É, chega dessa cidade...Hora de voltar a faculdade e ver quais são os problemas a nossa espera, e quais são os novos que podemos arrumar quando chegarmos por lá. Afinal de contas a vida universitária é sempre tão divertida, não será desta vez que vai ser diferente.

E sobrevivemos a nossa primeira viagem juntos Natalhie, pense positivo!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Natalhie Archibald em Qua 01 Out 2014, 13:20

PPelo visto os Pradas são muito mais importantes que certos fantasmas. Depois de tudo que passamos você tem medo do Casper, Edge? Francamente.

Hahahaha

CALA A BOCA.

E ele dizia que eles não podiam arriscar, Nate suspirou fundo. E apenas observou ele apanhar o celular. E então o vestuário de Logan era o assunto do casal, partindo do ponto que Nate na realidade falava do vestuário de Edge, uahuauha.


- Sim você também!

E o dedinho indicador antes erguido agora ganhava o espaço que precisava, ela sacudia ele no ar, bem a Natalhie.

- Diga para o Logan instalar uma câmera na casa, eu quero acompanhar todo o transportes dos meus Pradas, eu conheço cada um deles minuciosamente, se faltar algum...Eu não respondo por mim...

E ele logo chamava James. Ótimo vamos voltar de Limousine, é o mínimo que você pode me oferecer Edge, após me enfiar nesta cidade de Natal fora de Época em uma casa mal assombrada, com meus Pradas grudados no teto. É o mínimo!

Edge, vamos falar melhor: Você sobreviveu a sua primeira viagem tendo Natalhie Archibald como namorada.


Este é o modo correto de pensar! Hahahaha.


Nate suspirou fundo, e logo aproximou-se mais dele, e as mãos foram delicadas aos ombros dele, e em pouco tempo ela estava ali, próxima dele, o perfume, a forma como os cachos caiam pelos ombros. E apesar de tudo que passara, continuava aquela bonequinha perfeita, de nariz empinado, de lábio rosados, e os olhos amendoados em um azul celeste que reluzia a ponto de espantar seu ego exuberante. Ela sussurrou.


- Apesar de tudo, tudo...Eu gostei da nossa primeira noite juntos...- E as maças chegavam a corar naquela fala, enquanto ela aproximou mais o rosto do dele, e recostou os lábios sussurrando.


- Eu quase te mostrei algo muito especial aquela noite....


Ela afastava o rosto e tinha um sorriso levemente provocativo aos lábios. Olha só Edge, este você não conhecia ainda.

- Mas temos tempo não?...- Aproximou o rosto e selou os lábios aos dele, e logo deu as costas e já começou a falar para alguma enfemeira.

- Hellou...você viu uma bota preta da PRADA aqui nesta espelunca?...- E quem é Prada para aquele povo Nate?

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 01 Out 2014, 16:00

E depois de passar por metade do que vocês ja passaram quem NÃO teria medo de fantasmas?

- Certo, eu espero.

Respirava fundo e balançava a cabeça negativamente sorrindo, certas coisas não adiantavam debater com ela, o quão absurdo parecessem então tudo que podia fazer era concordar. Mostrava as palavras dela digitadas no celular antes de mandar para Logan e Kirsten. Se virem, eu sou só o VICE.

Ah sim, bem observado. Ja haviamos viajado juntos, mas não tão juntos. Realmente havia esquecido desse detalhe. Desligava o celular quando Nate se aproximava. Ahn? O que eu fiz agora? Não fui eu! eu não sei! Juro! Ah, alarme falso pelo visto. Viu? Ela não é tão malvada assim.

- Não foi só você...Eu prometo que vai ser melhor da próxima vez ok?

Sorria arrumando um dos cachos do cabelo dela. Melhor assim Nate...Calminha, calminha. Estamos bem agora, aproveite o momento. Esteja feliz por estar viva, por estarmos aqui ou melhor...Por estarmos indo embora daqui. Continuava ouvindo e olha só...Natalhie Archibald tinha suas surpresas, e nem ficava assim tão jeito dessa vez.

- Você é muito especial Natalhie. Eu gosto de pensar que temos muito tempo...Juntos. Hmmm gostei desse sorriso.

E voltava a beija-la antes que mais uma vez ela saisse em busca de seus amados sapatos, claro que não deveriam ter muitos do tipo por ali, então teoricamente ela não deveria ter dificuldade de encontra-las. Aguardaria a "carona" até que ela chegasse sem mais grandes colocações.

Afinal de contas, tinham tempo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Natalhie Archibald em Qua 01 Out 2014, 16:25

Edge, Edge...Você nem imagina que tipo de surpresas Natalhie Archibald tem! Dá suco de maracujá pra ela de novo...hahahaha!
E logo ela observava as palavras que ela havia digitado no celular para Logan e ela consentia em positivo.
- Espera...
Apanhava o celular e acrescentava mais algumas ameaças, e até mesmo insinuava que tinha algo contra Logan e Kirsten guardado a sete chaves que podia simplesmente aparecer no Gossip Dux, caso seus desejos não fossem atendido.
Calma Nate! Eles são seus amigos, não precisa ameaça-os nem chantagea-los!
Só por via das dúvidas.
E então ela se aproximava e logo os olhos estavam sobre os dele, com a guarda baixa e sem mais tons de ameaças, ele dizia que iria ser melhor da próxima vez e ela sussurrou.
- Espero que seja, pro seu bem Sr Edward....
Deixava ele arrumar seus cachos que caiam aos ombros sobre o casaco preto que o assassino tinha escolhido pra ela. ELE TINHA PÉSSIMO GOSTO Edge...Mereceu morrer mesmo, uahuauhauha. E então ouvia ele dizer que ela era muito especial, e ela sorria mais para ele, deixando o rosto aproximar do dele, e selando os lábios demoradamente, até se afastar e ir reivindicar seus sapatos.
Nada mais natural.
Não demoraria a alguém lhe dar seus par de botas Prada, e ela sacudia a mãozinha no ar como quem diz: Podem ir agora.
Suspirou fundo e não demorou a assim que carona chegasse ir junto de Edge. A viagem era longa e Nate estava realmente cansada, então Egde somente teria aquela linda boneca, com o rosto apoiado a seu ombro, dormindo o caminho todo. E é melhor assim Edge, ela havia gasto muitas energias naquele dia.
E voltando para Dux...Vice...Banda...Nina...

Muitos problemas pra você resolver. Aproveite a vista, enquanto você pode.

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Convidado em Qua 01 Out 2014, 17:02

Ficou assim por um tempinho, pensando nele, e também nos outros. Por tudo pelo que passaram, e a mente acabou indo mais longe do que ela esperava. Até quando duraria...? Pois agora, a impressão era que tudo chegara ao fim, mas Aileen sabia que não. Ainda precisavam resolver mistérios passados, superar traumas... e derrotar a bruxa. Ela era o centro de tudo, o foco principal. Caso a vencessem, e ao olhar Peter na cama, embora entubado, porém vivo... sobrevivendo... vencendo aquela batalha, ela mais do que nunca tinha a certeza que poderiam ganhar.

Juntos.

Então... veio uma discreta movimentação, e Aileen demorou a perceber que eram os dedos de Peter. Afastou a mão de seu rosto, mas ainda a segurando, e o encarou, ansiosa. Ele parecia confuso, perdido e fragilizado, porém não podia esperar mais do que aquilo. Um leve tremer de pálpebras e ele novamente mergulhou em profunda escuridão. Uma rápida troca de olhares... que foi suficiente. Aileen sorriu para ele, mesmo que o rapaz não pudesse ver.

Tristeza não, Peter... Felicidade.

Por enquanto, agora, nesse segundo e no seguinte, era apenas felicidade.

Felicidade por você estar vivo, por todos estarem.

Já o amanhã... Esse sim era uma incógnita.

A equipe médica chegava e ela precisou soltar sua mão. Algumas perguntas foram direcionadas para Aileen, até que uma em especial...

- Nós somos... amigos - ela respondeu sem hesitar e sorriu.

Irmãos eram amigos... Amigos eram amigos...

Para se ter uma base, era necessário ter o respeito, o afeto... uma amizade antes de qualquer coisa. E no corredor da mansão de Logan, quando eles se conheceram, o primeiro laço se formou, como uma amarra, e evoluiu, criando um nó cego.

O que aconteceria depois, não estava nas mãos de Aileen, e muito menos nas de Peter.

Ele seria transferido para o hospital próximo da faculdade, como já esperado. Com todas as informações dadas por um membro da equipe, Aileen se viu sozinha no quarto. Ficou por lá ainda, absorvendo alguns fatos, e após um demorado e até sonoro suspiro, ela saiu, sem olhar para trás ou sequer para os lados. O frio atacou seu rosto com fúria quando chegou no lado de fora, mas agora não a machucava.

Era bom...

Escutou a buzina e mesmo que não tenha sido para ela, Aileen seguiu até a Hummer e não hesitou em entrar, no banco de trás, ajeitando-se como se o carro fosse seu, chegando a jogar as pernas para cima e cruzá-las. Pelo retrovisor, Blake poderia ver um sorriso fofo brincando nos lábios da violinista, como se elas fossem velhas amigas.

- Desculpe a invasão, mas acho que vou precisar de uma carona... E eu não me importo para qual lugar, Blake. Quer saber de uma coisa? Estou totalmente aberta a opções agora - piscou para a ruiva, não de forma maliciosa, mas era como se os ombros de Aileen estivessem leves e ela queria aproveitar essa sensação... só isso - Ah, sim...

De repente, ela se enfiou entre os bancos e Blake poderia sentir a bochecha recebendo um estalado beijo, certamente fora de hora e contexto, mas pelo novo sorrisinho dela... Para Aileen, tinha um enorme significado.

Voltou a se colocar em seu lugar, encostando-se na porta e fechando os olhos, porém ainda com a boca curvada de um jeito doce, como se pela primeira vez, em muito tempo, estivesse tendo apenas pensamentos... bons.

Os instantes fáceis e alegres eram raros... Então, por que não aproveitar?

Ainda mais quando ela se encontrava tão sinceramente feliz.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Blake Harris em Qua 01 Out 2014, 17:18

Dá pra entender o destino?

Saber de onde ele vem ou para onde ele vai?...É estranho não?.

Algumas coisas simplesmente...Acontecem...

Nem sempre é por algum motivo sobrenatural, mas desta vez é.

Blake recebia o beijo ao rosto e sorria para Aileen piscando para a menina.

- Mantenha este sorriso...

E piscou de volta a Noah, com o pirulito a boca. Ao final de tudo, tinha uma felicidade estranha, como se a vida ganhasse novo propósito. E ganhava não?.

Sempre ganha...

Chama-se esperança e quando você acha que perdeu ela, ela te acha de novo.

E quando já estavam mais proximos de Duxhill, Aileen pode ver uma estranha fumaça branca envolver o veiculo, era como uma nevoa, mas mais delicada. Blake diminuiu a velocidade por pura precaução e quando a neve se dissipou eles podiam ver simplesmente uma grande pedra surgir diante do carro. O pé de Blake foi certeiro ao breque, mas não havia mais o que brecar. A Hummer bateu em cheio. E era neste instante que o air bag tanto na frente quando atrás acionava, impedindo o pior.

Mas o seu não acionava Blake. Algumas coisas...simplesmente....acontecem.

E você não vai ver muito antes de desmaiar Noah, mas a cena em câmera lenta dos cabelos rubros atravessando o vidro do carro, e o corpo sendo jogado longe.

O corpo bateu ao chão no baque, e o rosto simplesmente pendeu pro lado, enquanto os olhos se fecharam.
Não existia palavras de conforto, lembranças de infância, ou qualquer tipo de despedida, Era o Adeus seco, de quando a morte finalmente te encontrar. Ela te leva.

Ela te abraça, te embala, e te beija...

É....algumas coisas não devem ser ignoradas.

E outras simplesmente acontecem....

A dívida foi paga crianças...

Blake Harris

Nacionalidade : Americana
Idade : 24
Cargo : Head Cheerleader
Humor : Cinica
Mensagens : 623

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boas Lembranças de Patheshire

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum