Lar doce...Lar...

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Noah Valmont em Ter 23 Dez 2014, 01:39

Não ergo o olhar para Edge quando ele passa.

Porque eu não penso em torturar Cappie, Edge.

Eu não torturo ninguém... A não ser que queira ir até o final.

E, por enquanto, não quero.

Ouço ele falar, conforme deslizo os dedos pelos meus... Instrumentos.

- Cappie, Cappie, Cappie... Acha mesmo que falar como um político vai me deixar satisfeito? - Ergo o olhar para ele, ainda mantendo o sorriso. Movo a cabeça negativamente, e finalmente escolho.

A quarta faca, da esquerda para direita.

A retiro lentamente do estojo, deixando a lâmina roçar no nylon e produzir um leve ruído.

A luz dança sobre o corte. Era tão afiada quanto um bisturi...Afinal, era afiada a laser.

Fecho o estojo com a mão esquerda, e o coloco atrás de mim, e finalmente olho para a faca em minha mão direita, deixando o reflexo dela fazer um retângulo iluminado sobre o rosto de Cappie, refletindo a lâmina.

- Então vamos lá, presidente... Você sabe de muito, e está falando muito pouco. Por isso... - Me levanto devagar, e giro a faca habilmente na mão, exibindo um sorriso mais largo. Aquela penteadeira ali é bem querida não é, filho da puta? Aposto que se eu chegar perto você vai ficar bem putinho – Comece a falar. E desta vez sem parecer a merda de um político do seu país, seu americanozinho de merda.... Ou... - Abro mais o sorriso e olho para a penteadeira – Podemos brincar...E você vai descobrir porque esse lago é tão...Querido pra mim. Afinal, para M não chegar até você, tem um jeito bem simples de se resolver tudo, não? Comece a falar. Vamos lá, você consegue... Desde o começo. Como tudo começou, como você tomou conhecimento, quem você conheceu, do que você fez parte... Eu não quero te machucar, Cappie. Então não tenta minha paciência... - Giro habilmente a faca, deixando sua lâmina colada em meu pulso, com a parte cega contra minha pele e a lâmina pra frente. Se você entendesse de combate armado, Cappie... Notaria que era um movimento de defesa. Que sempre antecedia um ataque...

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Ter 23 Dez 2014, 07:18

É bem por aí Cappie, mas na verdade a explicação era um pouco mais complicada. ta com medinho do Noah é? Bem, com certeza Edge não estava assim tãão concentrado a ponto de ter ficado surdo, apenas arrumava o cabelo de Natalhie e mesmo sem olhar para o presidente da Omega erguia os ombros, antes de comentar com um tom até mesmo um tanto entediado:

- Na verdade, é um pouco mais complicado que isso: Eu não acredito que será necessário, eu não acho que Noah realmente iria fazer nada de errado...Ou ao menos dentro da minha ampla percepção de certo e errado e o mais importante: Eu não sei se conseguiria impedi-lo, ele sempre faz o que quer.

Resumindo então: Sim, vou.

Edge começava a ouvir o que Cappie dizia e pensava a respeito. Não era la grande novidade alguém saber de algo que ainda era completamente desconhecido para eles, grande parte das temporadas se tratava exatamente disso. Alguns detalhes para Edge eram mais interessantes, como o caso de Dimitri, ou de Rebecca que acabou enlouquecendo por ser um telepata. Realmente não era algo que se ouvia todos os dias.

- A telepata acabou maluca...Legal, eu estou adorando meu dom cada vez mais.

E ele não tinha um plano, não um diferente de ficar ali.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Ter 23 Dez 2014, 10:04

Bem, parece que dessa vez eles não precisariam se matar, afinal.
Aileen manteve-se observando o casal enquanto Noah procurava ajudar Blake a se controlar, mas no final das contas, só uma pessoa poderia fazer isso: ela mesma.

Ela fechou os olhos no exato instante em que as sensações a acertaram, fazendo com que Aileen apertasse as pálpebras com força e a maneira que trincou os dentes causou um estalido alto, como se tivessem se partido – o que não aconteceu.

Estava caindo e esperou o impacto... que não veio.

As mãos alisaram a grama macia e quente antes de Aileen finalmente abrir os olhos. Que lugar era aquele? Olhou para todos, que numa primeira impressão pareciam inteiros, até que viu o violino. Ela arqueou as sobrancelhas... e por fim, seu olhar foi até Cappie. Devagar, fez o mesmo que ele, sentando-se. Todos usavam roupas semelhantes, o que era ainda mais perturbador. Sim, uma maravilhosa sensação de paz...

Mas Aileen não a sentia completamente.

Então Noah se aproximava com uma bolsa e assim que se ajeitou de frente para Cappie e revelou o conteúdo, Aileen engoliu em seco.

Certo...

Blake dormindo, Natalhie dormindo...

Mas nunca se tem como saber com certeza até onde os olhos estão enxergando o que é realmente verdadeiro.

Enfim, influenciado pela crescente sensação de perigo que Noah representava, Cappie começou a falar, e Aileen o encarava... Escutando, absorvendo, como uma esponja. Sinceramente, não queria que Noah machucasse Cappie, nem que ele voltasse a matar Natalhie, ou que Blake sofresse aquela pressão interna, e nem que Edge sentisse aquelas terríveis dores de cabeça.

Era insuportável...

Puxou os joelhos para perto do corpo, enlaçando-os com os braços, e repousava o queixo sobre eles, olhando o desenrolar da situação. Não era preciso dizer que Noah parecia com aqueles caras dos filmes de ação e guerra, quando capturam o inimigo, né?

A parte do interrogatório nunca era muito convidativa.

Cappie certamente assistiu alguns, levando em conta seu medo.

- Noah... – Aileen suspirou – Acredito que o Cappie vai contar tudinho, com riqueza de detalhes, não é mesmo? Mas antes... como você mesmo acabou de dizer, que representa o perigo maior e mais instantâneo, tem alguma idéia de como podemos tirar o M da cabeça da Natalhie? Vai ser uma preocupação a menos...

Das infinitas que nós já temos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Duxhill H.U. em Ter 23 Dez 2014, 13:03

Cappie encarava Noah em silencio agora, quando ele dizia não gostar da atitude politica dele. O discurso não havia entrado goela abaixo do rapaz.


Cappie apenas assistiu Noah escolher a ferramenta, enquanto Edge dizia que achava que Noah não faria nada.


ACHAVA?


Os olhos de Cappie ficavam refletindo a lamina e ele os mantinha sobre Noah, Ele mantem aquela posição com a ferramenta e caso você olhe pra penteadeira Noah, vai notar que de imediato seu olhar se cruza com o de Cappie.


As palavras de Noah não pareciam fazer tanto efeito em Cappie quanto o fato dele olhar para a penteadeira. E então ele queria saber tudo, todo o começo. Mas era difícil se concentrar nas perguntas quando ele movimentava-se daquela forma.

Edge parecia preocupado com dom que apresentava.




- Ela já tinha alguns outros problemas Edge...


Ah como se o Edge também não tivesse.


Aileen parecia interferir a favor de Cappie, e ele logo fez sinal com a mão para a menina que estava tudo bem.




- Ok....





- A algum tempo atrás eu estava em uma festa da Universidade, e todos se lembram dela, pois foi a festa onde eu e Logan brigamos, e vocês conhecem bem esta história. Muitos rumos foram definidos aquela noite. Depois de tudo que aconteceu eu deitei em minha cama e fechei os olhos, quando abri, notei que tinha algo estranho na casa, a movimentação era a mesma da semana da festa. Quando levantei, tudo parecia muito igual...E depois de algum notei que a semana estava se repetindo, mas quando chegava próximo ao dia do que havia acontecido...Eu o pulava.....


Cappie suspirava fundo.


- Era minha chance de faze-lo diferente....E eu tentei por muitas e muitas vezes, mas ele sempre acabou igual pra mim...

Os olhos iam até a caixa na penteadeira.




- As vezes não é pra ser...Um belo dia eu descobri que podia voltar em qualquer outro dia, menos neste...Até que finalmente eu descobri como poderia finalmente alterar aquele deja-vu, então eu tinha a oportunidade de voltar e mudar minha história, ter o que sempre quis...


O olhar se desviou por completo agora ao lago.





- Mas ela estava feliz, tinha uma vida, um futuro, e eu não pude estragar isto....


- Depois disto....a Dra Cavalan me procurou, falou o que eu era, que tinham outros, que tínhamos uma missão, que existia o Outro Lado...A mesma história que contaram para vocês....





- No começo todos estavam assustados, mas de um modo ou de outro começamos a nos ajudar, as coisas que aconteciam em Duxhill, nada era por acaso...Eram eles...Ou nós....


Cappie engoliu em seco como se algumas lembranças lhe tomassem a mente.


- Após um que tem o dom morrer, aguardamos outro despertar.....E aqui estamos....A diferença é que.....eu sou culpado...


Os olhos de Cappie iam a todos ali.





- Eu logo que descobri o que tinha, só pensei numa forma de ter o que queria, e como disse, eu arrumei um meio de mudar o passado. Este meio foi o M...E é por isto que ele conseguiu acesso a vocês...a todos nós...Eu abri as portas....




Cappie suspirou fundo e levou uma mão cobrindo o rosto.




- Estou tentando corrigir...Mas Edge...


Os olhos de Cappie iam ao rapaz agora.





- Você está na mesma situação cara, você pode voltar o quanto quiser, não vai conseguir voltar no dia que o M entrou na cabeça dela, e todas as vezes que voltar, vai ver a história se repetir, até que isto te destrua por completo por dentro...E então você vai vender a alma pro diabo, como eu fiz...


- E mesmo que você continue voltando e acabando com a ameaça, a sombra de que a qualquer momento a morte da Natalhie por der definitiva vai te assombrar..



O olhar voltou a Noah.




- Cara...só duas pessoas conseguem alterar um deja-vu. Uma delas é o M...e a outra...


O olhar de Cappie foi pra caixa...





- Acreditem se puder, o dom de vocês vem da alma...do coração....


Pausou e quase não pode acreditar no que estava dizendo.





- Eu não consigo fazer isto, não consigo....


E o olhar ficava na caixa, fixo...


E era neste exato instante que Edge podia notar os olhos de Nate se abrindo lentamente, e logo o mar azul o encarava em silencio.

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2090

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Ter 23 Dez 2014, 13:23

ADENDO:

É, acho. Quem tem certeza de tudo afinal?

Não eu.

Apesar de Edge não ouvir, prestava atenção enquanto dedilhava a guitarra e ouvia mais a respeito daquilo. Os detalhes para ele não eram tão importantes quanto para Cappie ou Noah, mas ele ouvia mesmo assim. Enquanto tocava, não pode deixar de balançar a cabeça negativamente quando Cappie repetia uma coisa que o próprio Vice havia dito para o presidente: Que não era para ser, que havia passado. Mas algumas lições se aprendem apenas por conta própria, e Edge estava entendendo aquilo agora.

Parava de tocar e respirava fundo de maneira exagerada, dando sinal que falaria algo.

- Então...Se não tem jeito, nada disso faz sentido de qualquer forma. Outra razão para não impedir Noah, ou que te matar com aquela garrafa teria dado na mesma.

Boa hora para ser bem humorado não acha? Não? Voltava a tocar. Ouvia a parte sobre alterar determinadas coisas. Ele conseguiria sem dificuldade nenhuma achar que o destino, presente ou futuro não poderia ser alterado se não fosse por um pequeno detalhe:

- Não faz sentido. Noah nos salvou no avião, alterou a história. A outra seria ele no final das contas? O que tem na ca...

Interrompia-se olhando para Natalhie, não ia dar tempo de perguntar sobre a caixa.

- Noah você pode...Apressar um pouco esse plano, acho que logo alguém vai saber onde estamos...

Falava enquanto olhava para Natalhie, não fazendo ação alguma diferente do que continuar tocando e tocando.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Noah Valmont em Ter 23 Dez 2014, 14:01

Noah parava de sorrir e falar, e ficava olhando diretamente para Cappie por longos segundos.

Assistia sua agitação com a penteadeira, principalmente quando ele citava que ele tinha conseguido alterar as coisas.

Com a ajuda de M.

Ao mesmo tempo em que dizia que Edge estava fadado a viver com Nate catatônica.

E eu, mentalmente, acrescentaria... E eu com Blake cometendo suicídio no futuro?

Não, amigão. Não me importo se você tenha que dar o rabo para o M, vocês VÃO alterar essa merda.

Por alguns segundos, tudo o que Cappie vê é Noah imóvel o olhando. Pensando.

Sem expressar nada.

Mas os olhos dele, Cappie... Estes sim expressavam muito.

Ele olhava para você como se você não passasse de uma presa.

Um cervo acuado por um leão, cheio de fome...E marcado o bastante para mostrar o quanto ele já havia caçado.


Mas repentinamente, ele move a cabeça negativamente, e em dois passos rápidos, apanhava a maldita caixa na penteadeira.

Sentia a madeira...E por alguns milésimos de segundos, seu olhar parecia se perder. Ele olhava para o nada.

Para em seguida, se virar para Cappíe, segurando a faca acima da caixa.

Um único gesto, e o que estava lá dentro seria perfurado.

Noah olhava para Cappie com o mesmo olhar, sem sorrir.

- Não há demônios, diabo o que o valha... Se existirem, ótimo. Como vocês do Outro Lado, vamos dominá-los. Esse jogo sujo pode ser jogado por dois, Cappie. Temos os dons, mas não somos do Outro Lado... E não queremos ser. Sou egoísta, e uso tudo que tenho ao meu favor para conseguir o que quero, para o meu bem... E para o bem dos meus amigos – Nunca imaginei que iria me importar com os outros. Mais uma vez, obrigado por me foder, Blake, sua vaca – Por isso, não me importa se o M tenha que enrrabar você pra conseguir o que quer, desde que os meus fiquem bem, é um bom preço a ser pago. Por isso, Edge... Acorda a Nate... E Cappie, faz o que eu mando, ou o coraçãozinho vira queijo suíço. Não aceito uma realidade onde Nate fique catatônica, por mais que isso seja tentador pra mim. Tão pouco uma realidade que Blake se mate na minha frente...

Dizia, conforme fazia pressão com a faca na madeira, fazendo a madeira ceder um pouco. Pela espessura da lâmina, e seu fio, a madeira cederia fácil.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Ter 23 Dez 2014, 16:14

Não faça esse 'ok', Cappie... Não com o Noah tão nitidamente te ameaçando com aquela faca.

Ele começava a contar o que o doutor tinha pedido, e mais um pouco. Não seria louco em arriscar, né? Inteligente...

Aileen seguia escutando, o encarando, mostrando certas reações à medida que ele entrava em maiores e importantes detalhes da história. Nessa altura, sua posição já tinha se alterado, apesar dela ainda se manter sentada próxima de Cappie, com os olhos fixos em seu rosto.

Meu... Deus.

- Se... se você conseguiu voltar uma vez, então pode fazer de novo, não? Cappie... por favor.

Edge falava sobre o que aconteceu no avião e Aileen acenou com a cabeça, enfatizando o acontecimento.

- Ele está certo! Noah nos avisou da premonição e a gente conseguiu escapar... Estamos vivos, afinal! - mostrou-se pensativa enquanto Noah caminhava até a penteadeira e era óbvio o que ele iria fazer... ou quase, levando em conta de quem se tratava - Precisamos ser mais espertos do que ele. Agir... juntos. E acreditem ou não, nós temos uma vantagem: você - apontou para Cappie - Nossos dons unidos... e teremos como combatê-lo.

De repente, Noah falou sobre Blake cometendo suicídio, e Aileen subitamente franziu as sobrancelhas, confusa com o comentário do doutor. No futuro... Blake não estava morta. Na verdade, parecia muito bem.

- Não, Noah... Eu vi a Blake. Ela falou comigo no hospital, assim que o Edge foi atrás da enfermeira Ann. Nós conversamos, só que ela parecia... diferente. E pela maneira que falava, até dava a impressão de que vocês não estavam mais juntos...

Olhou para Edge e Nate, vendo a menina despertar.

Péssimo sinal...

- Ela não estava morta...

Mas também não parecia ser realmente a Blake que ela conhecia.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Duxhill H.U. em Ter 23 Dez 2014, 18:52

Cappie ouvia Edge e logo suspirou fundo.



- Não teve jeito pra mim Edge, porque eu não podia mudar tudo na cabeça da Alexandra porque eu queria ficar com ela, eu não podia fingir que o Ryan nunca aconteceu, que ela não tinha uma vida e uma criança a caminho. Então por mais que eu tenha sacrificado coisas, e pessoas...No final...Eu acabei ficando com nada...Não valeu a pena...




- Me matar não é resposta pra nada.....

E logo Natalhie despertava os olhos azuis repousavam sobre Edge, e ela franzia as sobrancelhas sem entender ao certo onde estava, a mão acomodada ao peito dele, subia de leve ao rosto dele, tocando-o ali, e logo ela sussurrou.

- Onde estamos, Ed?...

E porque diabos estamos deitados na grama e você tocando guitarra?

Logo os olhos de Cappie iam a Noah, E aquele olhar de Noah, não era boa coisa, Cappie apenas recuou um pouco o corpo pra trás, em sinal de defesa.

E assim que Noah apanhou a caixa, Cappie ergueu-se de imediato as duas mãos espalmaram diante de Noah.

- Calma Noah!

E no momento que Noah toca a caixa, ele pode ter um vislumbre em sua mente, alguém abrindo a caixa, e apanhando o que tem ali dentro, e por incrível que pareça. È um coração.

E logo Noah começava a falar.  E por mais insano que fosse, tinha muito sentido, a parte de que aquele jogo podia ser jogado por dois.

- Noah! Não sou eu que o M quer....

Cappie dizia enquanto apontava a caixa na mão dele.

- Ele tem meu dom Noah, ele pegou do ex da Blake a muito tempo, ou você acha que o cara enlouquece a toa?...
Cappie quase chegava a rir de nervoso.




- Cara olhe a história de vocês, das pessoas que cercam vocês, que morrem, que tentam mata-los. Vocês acham mesmo que é por acaso? Que é somente o Outro Lado?

Cappie suspirou fundo ainda se mantendo frente a Noah.



- Eu não tenho nenhuma ambição que não seja também proteger quem eu amo Noah...E o coração dela esta ai nesta caixa...E junto dele, seu dom, se o M pegar...ninguém mais neste mundo vai parar um deja-vu...




- Eu faço o que você quiser cara, mas independente disto...Você já tem na mão o que o M quer...E numa boa, você já viu ele em ação?

- Não é tao fácil assim Aileen, eu posso voltar 100 vezes, eu não posso alterar um deja-vu, o momento que O M entrou na cabeça da sua amiga, se tornou um....

Cappie ouvia Aileen falar daquele modo tão otimista e logo ela falava de Blake, e Cappie virou-se para Aileen.




- Blake está morta no futuro, Aileen. Ela morreu no dia que do casamento do Edge...Por isto que no futuro você está sumido, Nate é um vegetal e...

Cappie parava de súbito.



- Noah...O que você fez no apartamento da Natalhie com a “Blake”?...

Cappie batia a mão na testa.



- Blake nunca se mataria na sua frente no futuro, porque ela morreu no casamento, não era a Blake cara...Aileen você viu o fantasma dela, por isto ela agia diferente, porque ela NÃO sabe de porra nenhuma que aconteceu aqui...

As mãos de Cappie iam a cabeça e logo ele sussurrava.

- Fodeu...Ele queria a gente aqui...Por isto ele fez a gente voltar pra festa, onde a Blake estava viva e podia criar este lugar....

Cappie suspirava fundo e mordia com força o lábio inferior, e logo os olhos dele fitavam a caixa na mão de Noah.



- Pode enfiar a faca nesta caixa Noah, o coração não está mais aí...Se é que algum dia esteve....

Cappie caia para trás sentado a grama, e logo os olhos se fechavam com força.

- Acabou agora...

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2090

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Noah Valmont em Seg 05 Jan 2015, 00:20

Ouço atentamente tudo o que Cappie fala.

E droga, aquilo piorava a cada minuto.

Blake tinha morrido no futuro. Eu havia falado com M?

Cerro o olhar.

M queria o dom de Alexandra? O coração dela estava naquela caixa?

Preciso salvar Blake.

Mas pra isso, preciso de Cappie do maldito do M.

Mas...

Eu tenho o que ele quer, em mãos.

Não, Cappie. Ainda está aqui....

Se não estivesse, as coisas não estariam assim, essa conversa não aconteceria....

Eu não teria tempo de fazer tudo isso.

Por isso, volto até a penteadeira.

- Eu e meus planos... Talvez você tenha razão, Edge. Até eu acho que este é péssimo...

Abro a caixa de madeira, e caso tenha um coração lá dentro...Bom, o coração de um adulto é do tamanho de um pulso fechado.

Da Alexandra acredito que deva ser um pouco menor, não, mestra?

Então…Já que estamos no “País das Maravilhas”, porque não ir até o fundo da toca do coelho?

Cravo a faca no meu estômago, do lado esquerdo... Ao lado, para tentar não acertar nenhum órgão importante.

Se acertar também, dane-se. Acredito que depois disso, as coisas vão se agitar.

Com um puxão, abro um pouco o buraco e o mais rápido possível enfio o coração de Alexandra dentro de mim, caindo no chão em seguida.

Minha intenção é clara. Absorver esse maldito dom, e manipular M ao meu favor.

Por isso, caso eu consiga fazer toda essa maluquice (e juro gente, não estou bêbado nem nada... Eu nem bebo rs), me concentro para que eu consiga absorver aquela porcaria sem morrer.

Talvez seja legal você acordar agora, Blake. Se eu sangrar assim por muito tempo... Vai dar ruim.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Seg 05 Jan 2015, 10:35

Então, Cappie era apaixonado pela Alexandra? Briga com Logan...? É, existiam certos detalhes de temporadas passadas que Aileen não tinha ideia, e o pouco que conseguiu "descobrir' foi em conversas soltas entre as abelhinhas... E, nossa! Pensar na ZBZ enchia a violinista com um sentimento estranho. Como se fizessem anos em que ela não colocava os pés na Casa Pink, e dependendo do 'universo paralelo' que eles se encontravam no momento, talvez não fosse uma sensação tão absurda assim.

Aileen arregalou os olhos, surpresa... Sim, apesar de tudo pelo que passaram, ela ainda conseguia se surpreender.

Porque fazia sentido... muito sentido.

A maneira como sempre foram perseguidos, enfiados em circunstâncias de extremos...

Mas isso, de certa forma, os fortaleceu.

E uniu.

De repente, Aileen prendeu a respiração. Como assim o fantasma da Blake? E pior ainda... como não conseguiu reconhecê-la como um? Ela parecia tudo... menos morta.

- Ele sempre está um passo na frente... Então, não adianta o que a gente faça, ele consegue nos colocar direitinho em suas mãos...

Cappie se jogava na grama e parecia simplesmente desistir, como se aquele fosse o fim da linha.

Não, não era.

- Pare com isso, Cappie - Aileen murmurou para ele, o encarando, séria - Nem que a gente tenha que voltar mil vezes, infinitas vezes... Não vamos desistir. Você também não... É o nosso ponto de referência.

Aileen se levantou no instante em que Noah enfia a faca no estômago após abrir a caixa.

- NOAH!

Ele enlouqueceu???

A cena era... bizarra.

Mas o doutor sempre tinha um plano...

- Esse não pode ser o nosso futuro, Cappie - ela dizia ao mesmo tempo em que mantinha os olhos presos ao sangue que transbordava do ferimento de Noah - Não aceito que seja.

Os ombros ficaram tensos, pois como de costume... toda ação tem uma reação.

Vamos ver qual é a de agora.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Seg 05 Jan 2015, 15:30

E todos descansaram bastante? Que bom.

Todos bem resolvidos com relação a trama e tudo mais? Melhor ainda.

Como ja devem ter percebido, Edge anda meio de folga. sabe como é, ficar resolvendo os problemas o tempo todo cansa e...Ele está a tempo demais sem descansar a cabeça um pouco então ele esta literalmente ignorando tudo que não lhe importa no momento, mesmo que isso seja o destino de todos nós. maneiro não? Ok, ele esta ouvindo as explicações de Cappie as ameaças de Noah e as reclamações de Aileen mas...Ele viu a Noiva morta e em uma cadeira de rodas, além de sequestrada tudo no mesmo dia, então como a sensação de "tudo esta bem" não vem, ele vai ficar assim.

Tocando guitarra...

Falando em coisas realmente importantes, Nate acordava. Ou M acordava? Ah sei la...

- Em alguma realidade fragmentada onde Cappie esta contando alguns detalhes disso tudo como M ter entrado na sua mente e a razão dele ter dado um tiro em você durante nosso noivado, o que te deixou na cadeira de rodas. Tudo isso enquanto Noah ameaça a vida dele e desenvolve um plano que eu acho ruim e Aileen tenta entender. Ou algo perto disso, e como você esta?

E seguia tocando despreocupadamente.

- Como é mesmo aquela musica que a Mia tocou para você?

E olhava para cima tentando lembrar, começava a tocar a mesma música com facilidade, que era facilmente reconhecida quando ouvia o plano de Noah. Ele interrompia a música por levantar um dos braços. Ahn, ok, eu vou deixar para lá o fato que Cappie falou que o coração NÃO estava na caixa no final das contas.

- Ahn, eu imagino que você não queira sangrar até morrer então eu deveria fazer algo? E Cappie, desculpa mas eu fiquei meio boiando nos detalhes, M ainda esta na cabeça de Nate? Não? Tem um limite que eu posso ficar perdido na trama

E limites eram sempre importantes.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Duxhill H.U. em Seg 05 Jan 2015, 17:01

Cappie ficou o tempo todo sentado, os braços repousavam sobre os joelhos, e ele apenas dedicava-se a encarar o nada, quase como se a musica de Edge, denotando que o cansaço falava mais alto, e as tentativas eram todas inúteis o envolvesse.

Ele mal parecia ouvir Aileen falar, os olhos claros ficavam focados ao nada.

E sim. Eu sempre fui apaixonado por aquela bruxa insana. Tá vendo Edge, não é você e o Ryan os únicos loucos de Dux.

Cappie realmente acreditava que o coração não estava mais lá, mas não se dava conta que aquele “sonho” ou “realidade alternativa”. Não havia sido criado por M, por tal não era controlado por ele. Como ele ia pegar algo daquele lugar então?

Obvio que Blake havia criado, junto de Noah, afinal fora  ele a acalmar a menina e pedir que ela tomasse o controle da situação.

E se o coração esta ali Cappie,  é porque não é somente seu sonho, mas sim o seu segredo.

E sim crianças, a algum tempo atrás, em outra temporada. Alexandra entregou seu coração para salvar a vida de seu amado.

Afinal o amor tem destes sacrifícios não? E sim é verdade, Ryan ama pelos dois, em um coração que vale pros dois.

Ah o amor...

Mas junto com este coração, vem uma responsabilidade.

Você está disposto Noah?

Cappie arregalou os olhos no momento que Noah pegou o coração e logo fez aquele corte ao estomago, ele ergueu-se bruscamente, mas logo parou.

Ele não o impediu Noah...

Porque?

Os olhos apenas assistiram a cena...

Nate parecia um tanto sonolenta ouvindo Edge lhe vomitar todo aquele tanto de informações, e então Noah abrir o estomago e ter um...coração em mãos?...Os olhos da menina se abriram mais, no momento que Noah fazia aquilo.

- NÃO!

Foi ela a gritar, e logo o corpo erguia-se bruscamente do colo de Edge, e caso ele não a segurasse, ela iria pular em cima de Noah, tentando segurar em seu pescoço.

Responsabilidade...

Você está preparado Noah?....

No momento que você apanha o coração na caixa pode ver que ele ainda pulsa e é de um vermelho vivo, não demora em meio ao sangue, você o alocar no seu estomago.

Mas é mais do que isto.

É dentro de você.

Era parte de você.

E tão logo você o coloca, seu corpo cai deitado ao chão, sua cabeça pende na grama confortavelmente e seus olhos se voltam ao céu, que reluz.

Consegue ver uma serie de girassóis que parecem surgir em meio a grama, florindo todo.

Uma sensação boa...

Mas você Aileen, vê alem, você vê uma serie de pessoas que parecem usar avental medico em volta de Noah.
Parecem...

Pacientes.

E uma delas você consegue reconhecer com facilidade, é Jennifer Hunder.

Elas parecem rodear Noah...

Fazem uma espécie de circulo em volta dele, e ficam girando, quase como uma ciranda.

Sinistra...

E então Noah, você consegue ver além de seus olhos, você mergulha em um mar azul e infinito. E sentir aquele coraçao pulsando dentro de voce, sem parar...

E logo se vê diante do campo de girassóis, suas mãos tocam a pétalas embora se corpo não se mova.

E então aquela imagem. Uma garota de uma beleza que nunca viu antes, que você nunca conseguiria explicar, e tão pouco se lembrar.

Cabelos negros como a noite.

Olhos cinza...

Usa trajes normais, como calça jeans e jaqueta, e esta parada diante de você e de súbito ela sorri pra você.

Edge você consegue ter a mesma visão o campo de girassóis, mas não vê a garota. E sua cabeça começa a doer muito.
E quase no mesmo instante que você consegue sentir as mãos de Blake segurando seu ombro, os olhos verdes o encaram, e era quase com se ela tivesse se teleportado para ali.


- Edge...pensa na Legado, pensa e nos leva pra lá...Pensa na hora que você pediu a Nate em casamento....

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2090

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Ter 06 Jan 2015, 14:55

E como de costume...

A reação não demorou a acontecer.

Aileen chegou a dar uma olhadinha na direção de Edge, vendo que Natalhie estava inteiramente acordada de novo, e sem a menor ideia do que havia acontecido...

De novo.

Enquanto Aileen se encaminhava para perto de Noah, apesar de saber que não poderia fazer grande coisa por ele, mas o repentino grito de Natalhie a fez parar no meio do caminho e novamente se virar para ela, espantada. Afinal... somente num universo muito louco que a Nate, a verdadeira Natalhie, se preocuparia com o Noah abrindo a própria barriga.

Quer dizer...

Isso se tal atitude não representasse um risco para mais ninguém além dele, o que não parecia ser o caso.

Um baque no chão.

Era o Noah.

E a ‘mágica’ volta a acontecer.

Aileen não conseguia reconhecer aquelas pessoas por mais que tentasse buscar em sua mente qualquer tipo de lembrança. Mas nada era por acaso. Nada. Então... Pelas vestes, ela deduziu que eram pacientes. E no meio do grupo... Finalmente sabia dizer de quem era um dos rostos.

Jennifer Hunder.

Ex-namorada do Logan, e estava morta.

Dã-ã, claro. Se a Aileen está vendo...

E por causa do sobrenome, a associação era simples e óbvia.

- Noah? – o chamou pelo nome embora soubesse que era inútil.

Parecia com uma espécie de... ritual.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Ter 06 Jan 2015, 15:03

Ah, não parece tão complicado. Especialmente se você estiver apenas observando.

Talvez seja o que eu mais sinto falta da época de Logan e Kirsten, eles agiam e eu podia observar mais, tomar menos decisões.

Quem quer responsabilidades? Eu não.

Implicar com a Nate ja era divertido o bastante, havia mais tempo para isso. Ela brigando por cada garota que Edge conversava mais de 2 minutos.

E eram tantas...

Voltando:

E Edge podia parecer não estar nem ligando,mas se havia uma coisa ou alguém que ele sempre prestava atenção, ou que ele prestava MAIS atenção era Natalhie, de forma que antes que ela conseguisse se levantar ele ja soltava a guitarra e a segurava firme, muita pratica! Ele não sabia ainda ao certo o quanto dela era M e ninguém queria explicar então...Daqui você não sai.

- Nem pensar...O Doutor-Principe William tem o plano dele e eu aprendi a esperar o resultado deles,e você também vai.

Bah, colocar o coração que Alexandra não tinha no peito? Aquele era o mais novo pior plano de todos. E logo aquelas...Flores? uee diabos esava acontecendo?

Ele nunca entendia.

A cabeça voltava a doer, ele fechava os olhos e baixava o olhar logo ouvindo a voz de Blake, e aquilo fazia ele sorrir:

- Que tal dizer "Por Favor"? Por acaso trouxe uma aspirina ae ruiva? Bem...Acho que ao menos é um momento bem recente na minha mente.

E bem fácil de lembrar alias, Edge conseguia visualizar todos naquela cena que parecia ter ocorrido minutos atrás antes de todo caos reaparecer mais uma vez.

Então talvez, fosse uma boa lembrança no fim das contas.

Talvez a melhor delas.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Noah Valmont em Ter 06 Jan 2015, 15:38

Sabe, clinicamente, isso é loucura.

Muita loucura.

Quer dizer, um coração solto entre meu pâncreas e intestino? Seria um corpo estranho.

Meu corpo poderia agredi-lo. E causar uma infecção em mim.

Mas o coração bate... Sem estar ligado a qualquer corpo.

Ao menos, não fisicamente.

Então, pode esquecer a medicina aqui.

Aliás, ela nunca foi muito importante aqui, não é? Eu só cliniquei quando era útil para eles.

Por isso não tenho medo daquele corte. Nem de enfiar o coração de Alexandra no meu abdômen.

Porque, de algum modo, sei que é o certo a se fazer.

Quando vejo Cappie assistindo, e Nate/M gritar... Tenho ainda mais certeza.

Assim que eu consigo, meu corpo despenca no gramado.

Olho para o céu, pensando no quanto preciso sair daqui agora... Ou vou morrer com a hemorragia.

Não tenho como suturar o coração aqui dentro. E nem sei se eu gostaria disso, de verdade.

Quer dizer, estamos falando de Alexandra, não é? Tirando o bate papo com a Bruxa/M ano passado, eu sequer a conheço...Não sei se algo do que ele me disse era verdade.

Por mais que minhas lembranças, de algum modo, ratificassem aquilo. Mas eu não consigo enxergar aquela maluca como uma “irmã que eu salvei”.

E então aquela sensação boa.

Um formigamento agradável em todo corpo.

Vejo os enormes girassóis desabrocharem. Dando vida ao cenário em escala cinza do lago.

Sinto o coração pulsando dentro do meu corpo. E estranhamente, gosto da sensação.

É até...Excitante, de certa forma.

Mantenho as mãos sobre o ferimento, como se tentasse, inutilmente, estancá-lo, conforme abro um pequeno sorriso ante aquele mar de sensações diferentes.

Cara, eu devia ter colocado esse coração na bebida da Nate. Ela ia te dar até a bunda, Edge.

E então vejo a garota.

Quem é ela?
Nunca a vi.

Seus olhos... Prendem minha atenção.

- Quem é você? - Sussurro, sem saber se obteria resposta.

E então, aquela sensação de que tudo vai mudar.

Ouço Edge e Blake ao fundo.

Ouço Aileen me chamar.

Mas não consigo responder.

Não consigo desviar os olhos da garota.

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Duxhill H.U. em Qua 07 Jan 2015, 09:41

Nate dava aquele grito e logo o corpo fazia menção de se erguer, e então Edge a envolvia mais forte no abraço, a apertando. Os olhos azuis da menina iam aos do rapaz, e ele logo dizia que Noah tinha um plano.
A mão dela se estendeu delicadamente na direção do rosto do rapaz, e ela tocou o mesmo com a ponta dos dedos, e abriu um suave sorriso a ele.
- Tudo bem Edge...Todos nós temos um plano...
Os olhos de Natalhie voltavam-se agora calmos na direção de Noah, e Noah pode sentir aquelas grandes obres azuis sobre ele.
O vigiando...
E era neste mesmo instante que Blake parecia surgir ao lado do rapaz e tocar seus ombros, pedindo para ele se concentrar naquele momento.
Ah meus queridos...
Todos nós temos um plano, não?
Fujam...
Eu encontro vocês, cedo ou tarde.
 




Noah...Tem coisas que nem mesmo sua ciência vai explicar, coisas que vai além de vocês. Como o que você sente pela Blake, você não devia sentir, não é?
E muito menos sentir o coração de Alexandra Kingston, batendo dentro de você.
Mas você sente.
E agora você sabe a real diferença para vocês dois.
Porque pela primeira vez Noah, você pode sentir algo realmente vivo dentro de vocês, uma emoção a flor da pele, algo confortante.
Viu como as pessoas normais se sentem? Porque elas são tão bobas.
Porque alguém entrega o coração em nome do amor?
O destino é uma coisa realmente engraçada...
De todos no mundo que poderiam sentir aquilo...
Justo você Noah?
Vou contar uma pequena história...
Não!
Você vai vive-la agora.
Mas pelos olhos de Alexandra Kingston. Ou coraçao?
 
“Você não deve maltratar os animais Nathaniel...”
Os cintilantes olhos azuis da garota encaravam o pequeno rapaz em meio a areia branca da praia, a sensação dos pés tocando a mesma era confortante...
“Mas...eu...não controlo....”
O suspiro fundo da garota que obviamente demonstrava ter mais experiência que o menino e um instinto protetor palpável denotava que ela estava cansada.

“Então...isto vai controlar você....”
 




“O que vocês tanto conversam? Vamos brincar de algo!!!!”
 
O rapaz de cabelos negros e olhos azuis chegava ao lado do outro rapaz de fios castanhos e olhos muito azuis, azuis como os de...Alexandra Kingston.
Já viu olhos mai parecidos Noah?
 
“Isto vá brincar com seu amigo retardado”
Perda de tempo, não?...

 
“Não brinquem sem mim”...
 
Era a voz da linda menina de longos fios negros que se aproximava de ambos. E logo o rapaz de cabelos negros dava um sorriso amplo e empurra

“Você sabe muito bem que nunca vai conseguir controlar seu irmão Alexandra. Ele é uma bomba relógio”.
E então você pode ver o olhar dela na direção das ondas Noah e a ultima frase era quase como se você pudesse ser capaz de dizer.

“Então eu vou morrer tentando...”
 
É...parece que tem muito mais do que rancor guardado neste coração.
Existe uma vida, e lembranças....
 

Então Noah...nada é por acaso, agora sabemos porque você tem...tanta.....aptidão em sua amizade com Edge, não?...
 


Ah Noah é tão cômico imaginar que você não sabe quem é a garota de fios negros...Logo você que é tão...”amante” dela....
Logo sua Irmã que sempre quis te afastar dela....
E me desculpe Noah...
Mas ela não fala....
Só que você a escuta...hm?

 
Ah aquela sensação horrível de serem tragados novamente.
E desta vez Noah...é um pouco diferente.
Você se sente quase como se flutuasse, e não como se fosse sugado. Você de algum modo, se sente....mais....controlado.
E logo você consegue ver a sua frente, como em uma flash a imagem de Alexandra dentro da ZBZ falando com Nina.
- Este com certeza é um bom motivo para cancelar a Legado...
 

E agora sim você se sente arrastado, sentindo completamente o contato de Edge como você, assim como Aileen e os outros. Edge está conectando vocês.
 
Tudo parece clarear e logo Edge você pode ver Nate a sua frente, aquele sorriso direcionado a vocês nos lábios, enquanto os olhos parecem encantados com a aliança que reluz no dedo dela.
E você esta na varanda do apartamento de vocês, iluminado por um luar que parecia ter conspirado a seu favor. Ela está usando um vestido longo, de costas completamente nuas, denotando a cintura fina, extremamente...vermelho. Os cachos presos em um coque, com a tatuagem a provocar seu olhar..exposta. Somente naquele momento e somente para você



 
Noah você esta onde?


Na piscina obvio, tem o corpo de Blake completamente nu abraçado a você, enquanto as tachas de champagne estão jogadas em volta da piscina, o sorriso bobo esta no rosto da ruiva, enquanto os olhos verdes buscam os seus e então ela sussurra.


- Você...quebrou o deja-vu...


 
Como?
 




Pergunta pro Cappie!  Que eu não sei onde está.
 




Estranhamente vocês não estão na Legado....


 
E Cade...A Aileen?


 
Acaba de acordar, completamente nua envolta em lençóis de seda, no quarto daquele Hotel que você conhece muito bem.


Porque Peter está completamente nu a seu lado, dormindo...embalado...


 
Dormindo com o  inimigo?...Aileenzinha....


Última edição por Duxhill Faculty em Qua 07 Jan 2015, 13:27, editado 1 vez(es)

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2090

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Qua 07 Jan 2015, 10:26

Edge ja sabe demais da trama, a essa altura do campeonato ele ao menos acha que ja sabe o bastante.

Dessa forma, quanto menos ele souber, melhor.

Então bem, teriam que voltar para o Legado, e ele mais uma vez teria que fechar os olhos. Era apenas uma questão de lembrar vocês la na festa e...

- Mas...

Edge olhava para Natalhie, mas infelizmente ele nunca foi do tipo que se destraia com muita facilidade. Não, afinal de contas a segundos atrás nós estavamos...Ok, eu não sei onde nós estavamos. depois que Nate levou um tiro no meio da testa as coisas começaram a ficar ainda mais confusas e não pararam. M na cabeça dela, Noah com um coração, o que parecia mais saído de um filme da Disney e entre outras coisas. Cappie, minha mãe e explicações.

Mas agora nós estavamos...

- Eu odeio ser o cara que da um tiro de rifle no clima mas...Onde estamos? Nós não estavamos....Ok eu não sei onde estavamos.

Sorria e balançava a cabeça negativamente. É, melhor rir, ajuda a se destrair e esfriar a cabeça. Onde estão os outros? Nem idéia. Voltamos? Realidade alternativa? Ilusão? Onde e quando estamos?

Ninguém mandou não explicar para o Edge.

- Você gosta do anel ou do fato que pode ver o seu próprio reflexo nele?

Aproximava-se sorrindo arrumando o cabelo de Natalhie. Talvez conseguisse se distrair por um segundo ou dois afinal.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Qua 07 Jan 2015, 10:55

De repente, os pacientes sumiram, junto de Noah... dos outros, simplesmente tudo evaporou, como mágica – ou macumba, vai saber. E aquela sensação nada confortável de estar sendo puxado toma conta do corpo de Aileen, que por instinto, fecha os olhos com força, não fazendo ideia de qual seria a próxima... realidade. Por isso, ficou assim por um tempinho, até mesmo quando sentiu o contato de algo macio e quente contra sua pele...

Mas ainda hesitava em acordar.

Escutava o som de outra respiração...

E finamente decidiu abrir os olhos, e estes se arregalaram de forma brusca ao fitarem o rosto adormecido de Peter.

Por reflexo, ela impulsionou-se para trás, ganhando um pouco de distância e quase caindo.

Meu Deus...

Aileen começou a se movimentar mais devagar, tomando cuidado para não acordá-lo. Após movimentos doentiamente calculados para não fazerem um único ruído sequer, ela conseguiu sair da cama e catava as roupas espalhadas pelo chão, começando a vesti-las.

O coração estava quase saindo pela boca... e não seria ela se não estivesse com vontade de chorar.

Agora, se era de raiva ou tristeza... nem a própria Aileen saberia especificar.

Só tinha na cabeça que precisava sair dali o mais depressa possível. E o que quer que fosse enfrentar, no mínimo... deveria estar vestida.

No mínimo.

"Voltamos muito dessa vez..."

Olhou para Peter.

"Demais..."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Natalhie Archibald em Qua 07 Jan 2015, 11:22

Helloooou. Eu estou viva! Vivinha da silva, e nada além de base pode tocar minha pele Edge. Entao nada de tiros e sangue por hoje, sim?


Os olhos azuis encarava o anel em admiração.


Diamante HONEY!


MORRA!


E então ele dizia aquilo e Nate erguia o rosto encarando a face do namorado, que parecia perguntar onde eles estavam. Ela tombava o rosto levemente pro lado.


Home?...


A mão pequena espalmava diante do rosto dele e ela sacudia a mesma ali, como quem vê se ele está sonhando.
Home...Et.. Telefone?...


- Estamos no me....nosso apartamento, Ed...Está louco?


E agora ele sorria, Nate deixou-se sacudir a cabeça em negativo, e logo sacudia a mao ao ar, daquele jeito bem da Nate mesmo.


-Eu sei que minha beleza te confunde, mas você já deveria ter se acostumado....


E então ele dizia aquilo e arrancava outro sorriso dos lábios de Nate, as mãos repousaram aos ombros dele delicadamente e o tecido do vestido já roçava ao corpo dele, a medida que o cheiro floral dos cabelos de Nate já pareciam envolve-lo por completo.


- Eu gosto da origem do anel também...


AS MINAS DO COMENDADOR? UHAUAHUAUHAUAUAUAUAUH


CALA A BOCA!


Sentia o toque aos cabelos e os olhos já iam ao encontro dos do noivo.


- Ah Edge..tem algo que eu preciso muito fazer!


SIM..ALGO QUE NÃO PODIA PASSAR EM BRANCO.


ALGO EXTREMAMENTE NECESSÁRIO!


COMO LEMBRAR DA ONDE VOCÊS ESTAVAM E QUE M ESTAVA NA SUA CABEÇA NATE? E QUE VOCÊ MORREU ALGUMAS VEZES?


NÃO!


O celular logo estava a mão dela e a mao ia sobre a de Edge suavemente, enquanto o flash era disparado.


MORRE GOSSIP DUX.


ESTOU TUITANDO SUA MORTE, AUHUHAHUA


MORRAM FÃS


MORRE AILEEN


 
E logo ela deixava o celular ao beiral da varanda e retornava a mao ao ombro de Edge o encarando.


- Sua mãe...sabe disto?
 
 

E não vamos nos preocupar com Aileen dormindo com um psicopata, afinal Blake também dorme com u

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Duxhill H.U. em Qua 07 Jan 2015, 11:24

Antes mesmo que Aileen pudesse olhar novamente para o rapaz, pode ouvir a voz dele tomada pelo sono.



- Onde vai com tanta pressa?...


Ele virava o corpo a cama, e deixava um sorriso tomar os lábios enquanto os olhos azuis fitavam a menina.


Ela era linda...


Perfeita...


Como..


Uma boneca....
 
Isto me lembra que alguém não gosta das suas atuais acomodações, mas isto é assunto para logo...



Logo mais....

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2090

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Qua 07 Jan 2015, 11:40

As mãos tremiam um pouco enquanto ela deslizava o zíper da jaqueta, fechando até a metade. E era nesse momento que podia escutar a voz de Peter, o que lhe causou calafrios... mas diferentes daqueles que a deixavam arrepiada numa outra época. Ela respirou fundo antes de se virar e exibir um sorriso doce para o ‘namorado’, tentando disfarçar...

Embora não fosse a melhor atriz do mundo.

Na verdade, era péssima.

Mas ele poderia interpretar de outra forma aquele receio, e não exatamente de que ela soubesse de toda a verdade. E assim, por enquanto, Aileen tentaria esconder.

Novamente... tentaria.

- Ah, para nenhum lugar... Que ideia, Peter...

Ela forçou um sorrisinho.

- Só perdi o sono e... ia dar uma volta pelo hotel, nada demais. E não quis te acordar por uma coisa tão boba. Pode voltar a dormir, Peter. Eu... não vou demorar.

Por favor, não crie caso...

Meio difícil, né?

E notou o seu próprio celular na mesinha de cabeceira.

Precisava saber dos outros.

Aumentou o sorriso.

Logo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Convidado em Qua 07 Jan 2015, 11:53

Claro que tem algo errado.

Sempre tem algo errado.

- Aconteceram...Coisas. Coisas do tipo "Coisas de DU". Mas agora estamos aqui e aparentemente estamos bem.

Estamos não estamos?

Segurava a mão dela e sorria, para logo depois comentar.

- Você ja deveria saber que quando eu falo algo assim é porque tem uma razão. Mas apenas digamos que...Estavamos em outro local, todos nós e as coisas sairam um tanto...Errado. Descobrimos algumas respostas a mais sobre tudo e tivemos dificuldades para voltar, mas se estamos aqui é porque esta tudo bem. Desculpe se estou levando alguns minutos para acreditar.

Ou M quer apenas que eu baixe a guarda...

Ou não.

Droga.

Ela tirava a foto e bem...Se o resultado for o mesmo ao menos veio dela desta vez e não dele. Mas aquilo apenas fazia ele recordar de algo.

- Mas algo mudou. Eu sei que vai parecer loucura mas...Para mim isso ja aconteceu, esse dia. Mas era diferente. Porque não estamos no Legado?

O que mudou, ou melhor: Quando e como mudou?

Talvez seja melhor nem saber.

Falando em coisas que queria ou não saber...


- Se as coisas não tiverem se alterado TANTO, imagino que não. Ok, eu ainda acho que minha mãe sabe de tudo o tempo todo, mas não serei eu que vou contar para ela. Não é como se eu me importasse com o que ela pensa, ou com o que qualquer um pensa...Ao menos qualquer um que não esteja aqui.

Levava a mão até o rosto de Natalhie e sorria, com um risco cada vez mais fraco de precaução em mente. Algumas pessoas simplesmente não conseguem relaxar e deixar completamente para lá.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Noah Valmont em Qua 07 Jan 2015, 12:21

Eu não quero mais brincar disso.

Minha vontade era sumir daqui, nunca ter aparecido em Duxhill.

Mas, não podemos mudar o passado, certo?

Isso é...

Eu achava que não podia.

E então, assisto aquela cena...

Não era possível, era?

Quer dizer... Eu comecei a matar animais cedo.

Bem cedo.

Gatos, cachorros e até cavalos.

Mas...Tão cedo assim?

E aquela.

Alexandra.

Eu sei que é ela.

Edge?

Éramos...Amigos?

Eu nunca tive amigos.

Por que ela está tentando me controlar? Tentando...Cuidar de mim?

E então, a garota de cabelos negros.

Mas ela não é nova como a gente.

Ela tem a mesma aparência que a vi no campo de girassóis. Como ela pode fazer parte desta lembrança?

E ela fala com Alexandra. Somente com Alexandra.

Isso...Não faz sentido. É o dom dela? Ela despertou tão cedo assim?

Mas por que ela vê essa garota, que fala sobre mim deste modo?

Antes que eu possa chegar a qualquer conclusão,

E aquela sensação de novo, de ser tragado.

Mas não me sinto mal com isso.

É como se agora eu estivesse preparado para ela. Fosse, de certa forma, íntimo.

É o tum-tum da Alexandra de novo? Consigo sentir, de algum modo...Edge e Aileen.

Por alguns milésimos vislumbro Nate em uma sacada. Vejo pelos olhos de Edge.

E em seguida, vejo o corpo de Aileen sob os lencois. Vejo pelos olhos de Aileen.

É, você é bem gostosinha, Aileen.

Mas o que me preocupa é o rápido vislumbre de alguém do lado.

Não o identifico, é tudo tão rápido.

Mas...Peter? Era ele, não?

A irlandesa corria perigo?

E por que eu me importo tanto?

Blake.

Nina.

Meu peito dói ao ver Nina.

Algo que eu nunca senti.

Estou em um mar de sensações que nunca tive, e não sei interpretar.

Cancelar a Legado? BLAKE QUERENDO CANCELAR UMA FESTA?!

Isso sim eu quero ouvir!

Mas não consigo.

Medo.

Pela primeira vez, sinto medo.

É isso o que vocês sentem? Esse gelo subindo pelos músculos?

O cérebro, que parece mais ligado do que nunca, mas incapaz de raciocinar?

Agora a sensação piora, e sou tragado... E me vejo em uma piscina.

Água.

Blake.

Sempre terminamos na água.

Abraço Blake, o mais forte que posso.

Seu corpo se encaixa perfeitamente ao meu. É uma sensação tão familiar.

Tão boa.

Até ela falar sobre o deja-vu.

Me afasto bruscamente.

Cappie disse que era impossível quebrar o deja-vu.

M se passando por ela novamente?

Eu não deveria ter reagido assim.

Deveria ter jogado o jogo dele.

Mas não consigo, eu me afasto, de olhos arregalados.

- É impossível quebrar um deja-vu – Murmuro, encarando Blake - O que você falou para Nina, no dia da Legado?

O que eu faço?

Saio correndo e tento achar Aileen?

Esqueço tudo e trepo com Blake?

Espanco Blake caso ela seja o M?

MALDITO CORAÇÃO QUE NÃO ME DEIXA PENSAR!!

Noah Valmont

Nacionalidade : London, UK
Idade : 25
Cargo : Residente no DU
Humor : Obscuro
Mensagens : 395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Natalhie Archibald em Qua 07 Jan 2015, 13:25

Relaxa Edge, sua namorada, noiva, ou sei lá o que, está bem....

Os olhos de Nate não saiam do rapaz enquanto ele dizia que tinham acontecido coisas, mas que ele estavam bem, e o sorriso dela ampliou-se ainda mais.

- Claro que estamos bem...

Não posso dizer o mesmo do seu amigo Noah, não? E de todo o publico masculino dos Duck! But... eles vão sobreviver!
E então eles estavam em outro loca? E tinha respostas dificuldades, Nate suspirou fundo e logo encolheu os ombros.


- Edward, estamos em nosso apartamento, e você acaba de me pedir em casamento, não existe um momento melhor em nossa vida...

E logo a foto ficava para a historia que talvez pudesse se novamente alterada...ou não!

E então ele falava da Legado  agora era Nate que se afastava um pouco.


- Ed...a Legado foi cancelada e voce sabe muito bem porque, voce esta começando a realmente me assustar...

E agora ele falava da mãe e Natalhie simplesmente ficava ainda mais confusa, sentiu o toque ao rosto, e somente após realmente sentir o toque e ter certeza que era o noivo, voltou a se aproximar dele.

- Ed...apenas volte ao normal, por favor...

Dizia isto enquanto estendia a mão para atender o celular que não parava de tocar.

- Tá bom Nina, eu sei e é mais do que obvio que não vou faltar em uma reunião com a Eva Lockheart....Me poupe...

Desligava e encarava Edge nos olhos.

MEU DEUS. Natalhie, Nina e Eva.

Tem alguma muito errado...

Afinal...Eva esta viva?


E o que aconteceu para cancelarem a legado?

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Duxhill H.U. em Qua 07 Jan 2015, 13:30

O rapaz olhava para Aileen sem entender aquele jeito meio...reprimido dela.


E logo se sentava a cama, exibindo o corpo nu, tocado de arranhões as costas, ele passou a mão a face, e havia um arranhão ao rosto dele também.


Esta também foi você quem fez, Aileen?


Tente se lembrar...


- E vai sozinha?...Nunca é bom ficar sozinha neste lugar...


Ele logo se erguia da cama, completamente nu e caminhava até a menina, estendendo as mãos tocava os braços dela, em uma leve caricia.



- Porque você não fica aqui enquanto eu vou procurar algo para você comer, hm?...


Dizia abrindo um sorriso maior a face e selando os lábios aos dele.


Não demoraria a apanhar a caça jeans vestindo-a e logo a camiseta, saindo a calçar rapidamente o tênis, sorria e piscava a ela, enquanto ela podia ouvir o som da porta sendo trancada do lado de fora.



Segurança sempre, não Aileen?

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill H.U.
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 161
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2090

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lar doce...Lar...

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum