Sala de Espera - Dra Cavallan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  S. Olivia Thompson em Qui 04 Jun 2015, 12:27

- Ah por favor papai, você sabe que eu sou uma garota comportada, que tipo de pergunta é esta?...


Liv revirava os olhos enquanto deixava o carro no estacionamento do Hospital do Campus. Uma mão estava ao volante e a outra abria o espelhinho do carro, enquanto os claríssimos olhos verdes-azulados encaravam o próprio rosto ao espelho. O
celular estava sobre as coxas, que só pra variar estavam de fora.


Ela levava a mão próxima ao rosto, e com a ponta do dedo indicador limpava o canto do batom ali. O pai dela falava algo, que ela simplesmente ignorava.


- Ok papai, eu preciso ir, vou falar com a tal mentora do Hospital. Sim papai eu sei que devo me comportar e que o senhor com muito amor neste lindo coração conseguiu esta vaga para que eu não fique...



Pausava como se encontrasse a palavra.


Vadiando?


- Com muito tempo livre no Campus...O senhor é um amor, sempre pensando no meu bem estar...



Mandava um beijo e logo deslizava o celular, sem esperar ele responder. Arqueou a sobrancelha olhando o próprio rosto ao espelho, e logo um sorriso tomou os lábios.


Vai ser uma temporada divertida!


Não demorou a sair do porsche de co negra que dirigia. E logo estava em frente ao HU, e se disser que ela não roubava todos os olhares do local, era absolutamente mentira.


Olivia era uma garota que tinha um corpo invejável, ele chamava muita atenção, e ela fazia questão que chamasse mais.


Gostava de se vestir em um estilo meio estudante. Por isto usava uma mini saia preta que ficava na altura das coxas, e denotava todo o quadril bem trabalhado e as coxas. Não era a toa que iria fazer o teste para headcheer naquela tarde.


Uma blusa de meia manga de cor cinza, caia de leve ao ombro, denotando a marca da regata negra por baixo. A mesma caia solta ao corpo, meias de cano alto,que ficavam na altura dos joelhos da mesma cor da blusa. E um sapato boneca de cor preta. Os cabelos louros caiam soltos e livres pelas costas, eram levemente ondulados e reluziam com o sol daquela manha.


Não usava quase nenhuma maquiagem, o que ressaltava as sardas ao pequeno e retilíneo nariz e maças a face. E os lábios eram levemente carnudos, e ela raramente os preenchia com algo, visto que a cor natural deles era mais atrativa.


O perfume era o Angel, e ela não tinha vocação pra ser um.


Apanhou a bolsa e alguns livros e logo seguiu na direção do HU. Tinha um horário com a Dra Cavallan e estava adiantada, porque seu pai estava ligando pra ela desde as 6 da madrugada para que ela não se atrasasse. Como se ela fosse fazer algo errado.


Hmmm


Entrou ao local, e logo sentou-se a sala de espera, cruzou as pernas, e deu um sorriso suave ao rapaz que estava sentado
ali esperando também. Logo levava a boca uma bala azedinha daquela de minhoquinha, e mordia suavemente, foi quando viu que o rapaz ao lado estava com os olhos fixos, ela afastou a bala da boca, e passou de leve a língua aos lábios, de modo inocente, afinal ela só estava limpando o excesso de açúcar.


Roupa - A primeira
avatar
S. Olivia Thompson

Nacionalidade : Americana
Idade : 23
Humor : Decifra-me
Mensagens : 171

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Convidado em Qui 04 Jun 2015, 16:22

"My name is Troy Bateman, and i'm one of the greatests Hackers alive..."

Ok, péssimo começo, mas tudo bem...

Troy chegou nesta manhã dirigindo seu... veículo... que ele tinha desde os 18 anos. Não era uma coisa costumeira de se ver ali, do tipo... os alunos dirigiam Porsches, Aston Martins, Ferraris, Batmóveis... Ele não. Troy tinha de se contentar com uma...

O POSSANTE

Ele chegou e o estacionou numa vaga apropriada. Então, entrou finalmente no prédio, carregando uma mochila que continha um laptop de última geração e com certas... adaptações feitas por ele. O prédio era grande e, após pedir informações, ele descobriu onde seria a sala de espera da tal Dra. Cavallan... Tinha de passar por uma entrevista.

Correu um pouco para não se atrasar, mas não esbarrou em ninguém... Isso mesmo! Não era trapalhão com um certo Jason pelo campus.
Ele viu a porta fechada e bateu, entrando...

Quando entrou, deu uma rápida olhada e viu um garoto meio constrangido, sentado numa cadeira em frente para uma...

Certo, aquilo não era uma garota... aquilo era uma Deusa Encarnada! A cruzada de pernas dela deu a Troy mais segundo parado na porta do que gostaria... porque a mente de um cara "quase" virgem funcionava assim...

VOCÊ VÊ ISSO...

MAS ENXERGA ISSO!

Era melhor disfarçar, para não fazer vexame no primeiro dia...

Troy: Opa, bom dia...

Ele entrou, sentou-se na mesma fileira que o outro garoto... Se ela resolvesse dar outro show, ele pretendia ter os ingressos... Tirou o notebook da bolsa, o abriu e começou a mexer.
O sinal do Wifi estava fraco, mas ele sabia que era só o firewall, que deveria estar bloqueando o sinal para que os funcionários pudessem utilizar com mais rapidez e os alunos, com certas inutilidades, pegassem pouco sinal.
Ora, por favor.... ele abriu um programa configurado para quebrar o firewall e logo as 4 barrinhas de conexão estavam lá. Ele começou a mexer em qualquer coisa para distraí-lo, mas... era impossível.

Vez ou outra dava uma olhada por cima do computador pra ver aquele belo par de pernas.

Meu Deus... ela vai acabar percebendo. Entra em qualquer coisa nesse computador, menos XVIDEOS! Não vai inventar de se queimar....

Resolveu então entrar em um site de notícias pra começar a ler... qualquer coisa... qualquer coisa que tirasse a atenção...

Porra! Olhei de novo!

ROUPA

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  S. Olivia Thompson em Qui 04 Jun 2015, 17:04

Liv passava ainda a língua aos lábios, quando o olhar foi de canto de olhos pro garoto sentado em frente a ela. Ela logo tirou o doce dos lábios e passou a ponta dos dedos nos cantos ali, limpando o acuçar, e deixou um sorriso aos lábios pra ele.

Além de tudo ela ainda é simpática.


E no momento que ela decidia cruzar as pernas, e deixar o pouco tecido da saia deslizar e expor ainda mais as coxas,
Troy entrava. Ela virou o rosto e fitou o rapaz, e sem qualquer tipo de pudor, ela abaixou os olhos pelo corpo dele, roupa, analisava tudo, e depois voltava os mesmos ao rosto dele.


Ele dava bom dia e Liv fez um leve bico nos lábios o fitando, mas depois deixou o sorriso aparecer, ressaltando ainda mais a pintinha que ela tinha no canto dos lábios.

Esta mulher tinha sido moldada no Inferno.


- Bom dia....
E ficou ali na sala, com os dois garotos a olha-la, até que ela levou uma mão frente ao rosto, e sacudia a mesma, como se estivesse se abanando.


- Está calor hoje....
Dizia quase pra si mesma, enquanto levava a mão a blusa cinza dela, elevando a mesma, e retirando, ficando apenas com a regata preta, que colava-se no tronco de tal forma, que deixava os volumosos seios a mostra. Deixava a blusa sobre os livros que tinha trazido, que nem sabia o que tinha dentro, porque nunca se deu ao trabalho de ler.


E então via que o rapaz tinha um computador, e pelo ar dele.


N
E
R
D.


Um sorriso maior surgiu nos lábios de Liv, e ela logo ergueu-se de onde estava e caminhou na direção dos dois rapazes. Ela parou bem em frente a eles, e levou o dedo indicador aos lábios, apoiando ali, mexia o corpo de um lado a outro, como se escolhesse, e logo ela parou o corpo voltado pro seu lado.


Troy.


Ela então caminhou na sua direção e se sentou do seu lado, e o perfume Angel dela já impregnava suas narinas. Ela levou a mão as mechas douradas, puxando-as para ela cobrir um pouco do colo nu, embora o volume era evidente, e então ela cruzou novamente as pernas, e logo virou-se um pouco pro seu lado, e os olhos foram a tela do seu computador.


- Eu esqueci o meu discurso para a Dra Cavallan, será que você podia me ajudar?....
Os olhos claros iam ao do rapaz, e ela fazia um ar de ingênua.


- Você podia acessar meu email, e resgatar ele...


E ela te olhava Troy, como se você pudesse ser o herói dela. Os olhos claros piscaram pra você, e ela apoiou as mãos sobre os joelhos, ornados com aquela meia, que lhe dava um ar colegial. E sim apesar daquele corpo, os cabelos e os olhos, o jeito dela era suave, e as mãos nos joelhos quase que sem querer fariam você olhar novamente as pernas dela.


Ow Deus você acredita mesmo que uma pessoa com aquelas roupas pode ser inocente?
avatar
S. Olivia Thompson

Nacionalidade : Americana
Idade : 23
Humor : Decifra-me
Mensagens : 171

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Convidado em Qui 04 Jun 2015, 18:20

Então era aquilo.... Troy mexia no computador, tentando achar qualquer coisa que o distraísse daquela garota. Não porque não queria vê-la, mas porque não estava afim de ser o descarado. O problema é que nem o possível ataque dos EUA à outro país subsaariano cheio de petróleo poderia ser mais interessante do que...

E ela começou a tirar o moletom e ficar com aquela camiseta preta de alcinha toda sexy e... Nossa senhora! Eles balançam mais que a montanha russa do Hulk, no Universal Park.
E a merda de você conseguir digitar rapidamente é que você não precisa dos olhos pra escrever... e é por isso que eu me amaldiçôo por não conseguir tirar os olhos deles... dos gêmeos. Na minha mente, tudo o que eu consigo pensar é:

NISSO

Por falta de nome melhor, é claro.

Ela vem até nós e faz um negócio com aquele corpo de mola, como se estivesse escolhendo um de nós. Eu troco um olhar com o outro cara, do tipo "Meu chapa, que parada tensa". Ela então aponta pra mim e tipo... Eu dou um sorriso muito idiota.

Liv sentou do meu lado e começou com aquele papo de que precisava acessar o próprio Email... essa mulher é mesmo algo do inferno! Eu sei que ela tá só brincando comigo, mas eu não consigo resistir. Que tipo de homem eu seria se resistisse? Quando ela se inclina pra ver o computador, eu estou lendo uma página em russo... porque, eu não sei... eu falo russo, mas o Pravda nunca me foi interessante... porque russos normalmente são meio estúpidos. Mas tem um hacker chamado Mikhaill que eu tenho até uma certa admiração e...

Nossa! Olha os peitos dela subindo com a respiração!

Troy cruzou as pernas, porque senão teria que explicar porque o computador no meu colo estava se inclinando pra direita.
Ela falou sobre o discurso... Ele riu meio sem jeito, tentando puxar papo e...

Troy: Hahahaha! Eu achei que você ia me pedir pra acessar o database da faculdade e mudar todas as tuas notas pra A+ e... Tipo, não que eu não ache que você não conseguiria tirar A+ em tudo, mas... ok, o Email, né?

Ele começou a digitar rapidamente, abrindo um html confuso e digitando códigos e mais códigos.

Troy: Basta tu me dizer o seu nome e o provedor e eu acesso daqui mesmo. Abrir o site com essa conexão vai ser bem demorado... essa internet é meio porcaria aqui.

Mentira... quanto mais você demorar, mais ela fica por aqui com esse perfume e... Cara! Olhe pro rosto dela!

Ele levantou a cabeça rapidamente, tentando disfarçar que estava olhando pro decote.
Tentou desconversar....

Troy: Olha, tem um estudo de um cara da Geórgia sobre subconsciente e palavras-chave. Se quiser, dá pra baixar rapidinho e usar um programa aqui pra substituir algumas palavras no teu discurso por palavras mais bem aceitas em entrevistas de emprego e entrevistas de... ok. Boooring, né? Hahaha! Desculpe, aposto que teu discurso deve estar muito BOA... bom! Eu disse bom!

Cara, seria uma boa hora pra colocar os óculos escuros?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  S. Olivia Thompson em Qui 04 Jun 2015, 19:00

A sim Troy, Liv era a típica garota que você só via nas revistas que folheava com seus amigos. Tipo a salva vidas do SOS Malibu, aquela garota que você nem acredite que existe.


E ela tinha realmente fartos seios, volumosos e erguidos, e ela não tinha pudor nenhum em usar decote e expor a curva deles, muito menos as sardas que tomavam todo o colo, quase escondidas pelo bronzeado.


Porque Olivia amava a praia, amava sentir os pés tocando a areia, e a agua do mar envolvendo o corpo dela.


Então ela realmente estava sempre se bronzeando. Por isto a marquinha do biquíni ficava ao ombro, e era quase hipnotizante.


E ela se levantou, e mexia o corpo pra lá e pra cá, como se realmente ponderasse qual dos dois ela ia escolher.


E não demorou a se sentar ao lado de Troy. E você pode sentir Troy, os claros dela, passando pelo seu rosto, vendo como seus olhos eram claros, e sua expressão sem jeito, até mesmo aquele corte de cabelo, que ela já sentia vontade de
bagunçar.


E ela não tinha qualquer vontade de disfarçar que estava brincando com você. Porque era uma brincadeira divertida, e ela gostava


Era um joguinho de sedução, e ela adorava este tipo de coisa.


E então ela falava do discurso, e ouvia ele rir daquele jeito, falando das notas dela, e ele ficava ainda mais sem graça, e ela logo fazia um bico nos lábios, e cerrava de leve os olhos pra ele.


- Você deve saber que sou uma garota muito, muito, inteligente, que sempre consegue o que quer....



E logo o sorriso tomava os lábios, e o rosto estava bem próximo do seu ombro Troy, dava para você sentir a respiração dela próxima a sua nuca.


- Então se eu quiser tirar A+....



Ela vai tirar...


E sim o email, ela via ele digitar daquele jeito rapido, e logo ele falava para ela dizer o nome do provedor, e ela logo abriu mais os olhos pra ele, e falou em tom mais baixo.


- Vou te falar sim, mas só pra você...porque não quero que seu amigo aí do lado me mande e-mails com mensagens pecaminosas...Não gosto...



E novo bico nos lábios, e então ela aproximou ainda mais o rosto, e quase chegou a recostar os lábios ao ouvido do rapaz, enquanto sussurrou o email pra ele.


Afastou o rosto em seguida. E então ouvia ele falar sobre o estudo para substituir palavras e melhorar o discurso dela, Liv arqueou a sobrancelha, e ele logo consertou dizendo aquilo, e ela riu ao ouvir BOA.


- Você quer ouvir meu discurso?...Podemos fingir que você é a Dra Cavallan e você pode avaliar se eu sou boa o suficiente...o que você acha?..



Ela dizia isto e parecia ficar animada mesmo com aquilo, mordendo de leve o lábio inferior, enquanto o quadril dava um pulinho a cadeira.
avatar
S. Olivia Thompson

Nacionalidade : Americana
Idade : 23
Humor : Decifra-me
Mensagens : 171

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Convidado em Qui 04 Jun 2015, 20:54

Não adianta resistir nesse jogo de gato e rato. Ela é uma gata, segurando o ratinho pela cauda e, por mais que você esperneie, se debata e chie... a hora que a gata quiser, ela engole o rato. Era uma batalha perdida... como se Golias estivesse com uma metralhadora e Davi amarrado com o próprio estilingue. Se ele tentasse jogar, iria perder... mas era impossível não jogar.

A marquinha do biquíni deixava ele louco e ele teve que se ajeitar novamente na cadeira, pois a espada de Thundera já estava pronta para chamar o resto dos Thundercats HOOOO! Graças a Deus ela não pode ler a minha mente... que comentário mais nerd!

Ela se aproxima do ouvido dele e fala sobre tirar A+ e ele logo se arrepia... uma gota de suor escorre de sua testa. Ele tem de concordar com ela... em parte...

Troy: Bem... digo... claro! Como não? O problema seria se fosse uma professora mulher, velha e carrancuda...

Percebeu que tinha dado a entender uma espécie de "teste do sofá". Ele fechou os olhos, pigarreou e balançando a cabeça se corrigiu, piscando os olhos rapidamente...

Troy: Isso, claro, porque esse tipo de professora é bem mais... detalhista com certas coisas e pode não entender bem o que você.... Certo! O Email.

Ela falou então do amigo dele, que não queria que ele mandasse Emails para ela. Troy olhou nos olhos dela, sem piscar... hipnotizado pela serpente que Liv era.

Troy: Quem...? O mané ali? Não somos amigos. Hã-Hã! De jeito nenhum! Eu posso não parecer, mas eu só ando com... caras do time de futebol, sabe? É, eles me adoram! Sou tipo o... cabeça da equipe. Táticas, estratégias e... e... toda essa parada. Go Knights!

Ela então falou sobre o discurso e ele teve de molhar os lábios, pois apesar de aquela mulher dar água na boca... ele estava com os lábios secos de nervoso.

Troy: Hãã... Claro! Digo... Sim, porque não?! Vamos lá, então...

Ele se endireitou ficando de frente pra ela e resolveu imitar uma senhora velha e chata...

Troy: Bom dia, senhorita... Eu andei olhando seu currículo e percebi que você tem ótimos atributos... talvez queira me mostrar no que você é boa...?

Caramba! Ficar de frente pra ela é ainda mais difícil do que pensei! Maldita entrevista que não começa... se continuar assim o zíper das calças não vai aguentar!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  S. Olivia Thompson em Qui 04 Jun 2015, 22:16

Ok Ok Troy, se acalme. Talvez você realmente veja demais. A blusa de Liv não é decotada. È uma regata preta básica, e a saia, ah sim é bem curta, mas quem pode dizer que não é moda. È obvio que o formato do corpo se torna o problema ao preencher as roupas.

Mas você sabe se comportar, não?

Se Liv tinha noção do tipo de poder que ela tinha sobre os homens?

Vai saber....

De todo modo, Troy estava certo: era impossível não jogar.

E a marca do biquíni estava ali, denunciando o quanto aquela garota amava o mar. Afinal não tinha a pele pálida como muitas meninas do Campus, era branca sim, mas anos e anos no mar a fizeram ter aquele tom bronzeado bem bonito a pele. E os fios louros ainda mais dourados.

Logo ela se aproximava e dizia o email ao ouvido dele, obviamente parecia querer manter a descrição visto a forma que o rapaz ao lado de Troy a olha.

E então ele falava aquilo, e Liv tombava o rosto levemente pro lado e arqueava a sobrancelha, como se não entendesse.
Ele focava novamente no email, e Liv mantinha os olhos sobre ele, como se interessada no que ele fazia. E então ele falava do rapaz ao lado, Liv fitava o menino e sorria de leve a ele, logo voltava-se a Troy que dizia ser amigo dos meninos do time.

- Sério? Eu conheço todos eles, vou fazer teste para headcheer hoje mesmo....E...você joga?...


Liv voltava os olhos ao fino braço do rapaz e depois o fitava e sacudia a cabeça em negativo.


- Ok...Não joga....



Ah sim ele era uma espécie de conselheiro, falava das táticas e estratégias.


- Engraçado...nunca te vi nos vestiários, mas talvez você de as dicas pelo facebook, não é?...



Mas logo estavam falando do discurso dela, e ele topava. Ela logo pulava uma cadeira pro lado, deixando uma cadeira de distancia entre eles, e cruzava as pernas, puxando de leve a saia para cobrir as mesmas, mas não cobria, acomodou as mãos unidas em um dos joelhos, e então voltou os claros olhos a ele, vendo ele tomar aquela postura.


Liv ouvia a pergunta, e logo a mão tomava uma mecha do cabelo, e ela enrolava ao dedo distraidamente enquanto parecia pensar na pergunta.


- Bom, se você lreparou mesmo em mim você sabe que nenhum dos meus atributos pode ser aplicado em meio a esta sala, ainda mais com uma senhora, não?...



E logo ela sorriu de leve e, era quando era anunciada. Ela então virou o rosto e fitou a assistente, erguendo-se já de onde estava.


- Você é uma péssima Dra Cavallan...



Dizia pra ele em tom de brincadeira, e logo levou a mão a cabeça dele, e bagunçou o cabelo dele, em um gesto carinhoso.
Caminhou até a cadeira dela, e então apanhou a blusa, a colocando, e cobrindo o tronco que ficava mais exposto devido a regata. E logo apanhou os livros e a bolsa dela, abraçou os livros contra o peito, e então acenou pra Troy, enquanto entrava a sala ao passo que Zachy saia, e os olhos seguiram o rapaz algum tempo de canto, porque era impossível não reparar nele.


Entrava finalmente a sala então, e já brindava Dra Cavalan com um sorriso amplo.


Será uma longa temporada.
avatar
S. Olivia Thompson

Nacionalidade : Americana
Idade : 23
Humor : Decifra-me
Mensagens : 171

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Convidado em Qui 04 Jun 2015, 22:34

Tinha de ser o time de futebol? VOCÊ TINHA DE FALAR SOBRE O TIME DE FUTEBOL?
Agora deu... ela pegou você na mentira... Mas tudo bem. Troy estava só curtindo a companhia dela e toda a onda de testosterona que ela trazia...

E Liv... a mente masculina tem muito mais imaginação que a feminina... Coloque um biquini e nós vemos vocês nuas... coloque uma camisa regata e nós vemos um decote!

Ela perguntou se ele jogava, mas ela logo concluiu que não e ele percebeu que usar 2 camisetas e um casaco não daria a impressão de que ele não era um tanto... magro. Claro, não era esquelético e nem tinha aquele buchinho... tinha até um corpo invejável... para um NERD de computadores... mas nem se comparava ao corpo de um... Traillblazer! HAHAHA!

Troy: Pelo facebook? Moça, claro que não! As dicas são quando saímos pra tomar umas cervas e falar de carros esportivos e das modelos que pegamos nas férias.

Ele tentava agora parecer mais confiante. Quer jogar, Liv? Eu sou o REI DESSE JOGO! Só que não...

Ele então fez o papel de Dra. Cavallan, mas não deu certo. Não ia rolar nada ali... Então ela deu tchau de uma maneira simpática, quando saiu. Aquilo deu a ele uma amostra que Liv não era uma vadia... era alguém que simplesmente gostava do jogo, mas com seus... limites.

Quando ela entrou na sala, ele olhou de lado para o "mané", que não devia estar com uma cara muito boa, afinal... quem é que gosta de ser chamado de mané por um nerd desconhecido para uma gata daquelas?
Troy deu uma piscada de olho pro cara e sorriu, colocando os braços apoiando a cabeça por trás e dizendo:

Troy: Desculpa, cara... mas você se ligou que ela tá na minha, né?

É... Troy não sabia tanto de mulher assim... Ele guardou o computador e esperou a sua vez de entrar....

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Zachary Mateschitz em Sex 05 Jun 2015, 10:52

- Ah, sim…. Edge é exemplar em tudo, o admiro muito. Fiquei sabendo que ele está noivo, não? A esposa dele é linda. Você deve estar muito orgulhosa, meus parabéns… Ele é realmente um exemplo, e sim… Em breve estreitarei nossos laços. Muito obrigado pela atenção e bom dia, Dra. Cavalan – Digo com um meio sorriso e me levanto devagar.

Ah sim… Aquele Gossip tem sido bem útil para saber a respeito das pessoas. Mas vamos ignorar esse comentário inocente/nemtãoinocente, certo?

Abro a porta a anuncio em tom de voz moderado – Srta. Thompson? Você é a próxima… - Digo a loura conforma ela se levanta.

E oláááá enfermeira!


Dou uma discreta olhada na garota de cima a baixo e continuo caminhando, não dando muita atenção para Troy e o outro rapaz sentado.
avatar
Zachary Mateschitz

Nacionalidade : New York, EUA
Idade : 23
Cargo : Calouro
Humor : Incógnita
Mensagens : 375

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  S. Olivia Thompson em Sex 05 Jun 2015, 13:16

Liv ouvia ele falar que não era pelo facebook, que era quando eles saiam, e que ele entendia de carros esportivos e pegava modelos.
 
Liv abriu mais os olhos, em uma expressão de surpresa, e logo consentiu em positivo para ele.
 
- Hummmm. Então vamos nos encontrar bastante, porque eu sempre estou nestes encontros e geralmente eu sou a modelo que eles querem pegar...
 
Arqueou a sobrancelha para ele, mas logo deu um sorriso e ergueu-se ao ser anunciado, bagunçando o cabelo dele daquele modo.
 
Apanhou as coisas dela, e após vestir a blusa já ia caminhando na direção da sala. Quando Zachy saia da sala, ela parou um pouco, e via ele passar por ela, e logo ele quem a anunciava, ela abriu um discreto sorriso pra ele. Mas logo sussurrou.
 
- Espera....
 
Disse isto enquanto estendeu os livros dela para Zachy segurar, e logo ficava bem de frente a ele, mas com uma distancia respeitosa, as mãos apanhavam a gravata dele de leve, e logo ela arrumou a mesma, mantendo o rosto próximo, mas baixo, concentrada naquilo, e quando a gravata ficou do jeito que ela quis, ela abriu um sorriso mais amplo, sempre acabava dando ênfase aquela pinta desgraçada próxima aos lábios.
 

- Melhor....
 
Dizia isto enquanto, apanhou os livros das mãos dele, e logo o rosto se erguer, e os claros olhos o encararam, ela ficou um tempo em silencio, e então finalmente virou o rosto na direção de Troy.
 
- Bom, então nos vemos a noite, no Luau do time...
 
Claro Troy, se você tem tanto contato assim com o pessoal do time, com certeza você vai neste Luau, não?
 
Não?....
 
E Liv dava um ultimo sorriso para Zachy, e então passava por ele, deixando o rastro do perfume Angel para trás.
 
E sim Dra Cavallan, uma looooonga temporada.
avatar
S. Olivia Thompson

Nacionalidade : Americana
Idade : 23
Humor : Decifra-me
Mensagens : 171

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Duxhill Faculty em Sex 05 Jun 2015, 13:20

Dra Cavallan ouvia o rapaz falar sobre Edge ser exemplar em tudo, que ele o admirava, ela não tirava os olhos da ficha de Olivia a mesa dela, e então ele falava sobre Edge estar noivo.
 
Dra Cavallan erguia o rosto no mesmo momento e deixava os profundos olhos azuis sobre o rapaz, ele dizia que Natalhie era linda, e ela fazia uma nítida careta, porque só o nome já lhe dava esta expressão, e que ela devia estar muito orgulhosa.
 
- Isto é tudo Sr Mateschitz...
 
Logo Olivia era anunciada e entrava a sala.
 
Após algum tempo Troy, Olivia saia, passava por você dando tchau, e você era anunciado a entrar na sala da Dra Cavallan.
 
(Rapha posta no tópico da sala da Dra Cavallan)

_________________
. Ortus eruditio et dux optimus .
avatar
Duxhill Faculty
Admin

Nacionalidade : Cambridge, USA
Idade : 160
Cargo : Almighty
Humor : Hell
Mensagens : 2077

http://theotherside.criaforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Zachary Mateschitz em Dom 07 Jun 2015, 23:00

Era meio difícil decidir para onde olhar.

Para os seios daquela garota ou para a pinta em sua boca.

Cerro levemente os olhos quando ela coloca os livros em mim, fazendo uma expressão… Não muito amigável, por assim dizer.

Mas em seguida exibo um pequeno sorriso, forçando meus olhos a se prenderem aos dela – Obrigado, fico feliz em agradar – Lhe entrego os livros e a acompanho entrar na sala.

Menina maluca.

Aposto que ela age assim por ser estupidamente gostosa e conseguir o que quer da maioria dos caras.

Tipo aquele nerd ali. Ele comeria bosta pra ter uma noite com ela.

Mas, em vez de dizer isso ao pobre nerd, apenas lhe dou um sorriso educado e passo pela porta.

Pois bem… Pelos panfletos que eu vi, teremos um luau.

E um pedido não oficial de Dra. Calavan para auxiliar na organização.

Exibo um pequeno sorriso e apanho o celular.

Hora de trabalhar.
avatar
Zachary Mateschitz

Nacionalidade : New York, EUA
Idade : 23
Cargo : Calouro
Humor : Incógnita
Mensagens : 375

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Espera - Dra Cavallan

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum