Where is MY HAIR?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Where is MY HAIR?

Mensagem  Natalhie Archibald em Qui 04 Jun 2015, 17:15

IRCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCC
HUGHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
GRAUUUUUUUUUUUUUUUUUUU
MY hair...
 
Ok passaram-se cinco dias, e foram cinco dias que Nate ficou a base de comprar sapatos, comprar sorvete e não pensar em tesouras.


Neste exato instante ela estava sentada ao chão da luxuosa sala do apartamento, em meio ao tapete peludo, com as pernas unidas e dobradas, colocadas de lado, um grande por de sorvete estava ao chão, e a colher estava próxima aos lábios dela, com uma grande quantidade de sorvete.


Nate estava com o rosto erguido, e os grandes olhos azuis voltados ao nada. Os cabelos que agora estavam ao ombro, estava presos em um rabo de cavalo, ornados com uma fita de cetim vermelha, com um grande laço, dando aquele sempre ar de boneca a ela. Os mesmos estavam lisos, mas as pontas ondulavam, já querendo formar os cachos.


Ela não usava quase nada de maquiagem, apenas o rímel acentuando os grandes cílios, e o gloss deixando os lábios ainda mais chamativos, e ainda mais pelo sorvete que estava neles.


O vestido florido de alças, deixava o colo e os ombros nus, e era de uma delicadeza que somente pertencia  a Nate. O mesmos era acinturado, e depois caia em uma saia rodada, com um tecido transparente a fazer a barra. Aos pés estavam pradas de cor negra, modelo boneca, com tirinhas que se amarravam as canelas. E o perfume floral estava sempre presente nela.


Usava o colar que Louise havia lhe dado, com o símbolo do infinito ao colo, a pulseira de diamantes que Edge lhe dera ao delicado pulso, e estava la. A perfeita boneca.


Mas deprimida, não havia se recuperado ainda de ter seus cachos roubados, não importava ter que estar naquela sala de jantar do Brooklin, isto ela iria suportar.


E a Nina?


Helllou eu não tenho culpa se a admiradora do meu noivo morreu, ok? As vezes a vida é cruel, as vezes não.


CALA A BOCA.


E Nate não iria e não queria sair de casa, NÃO ATÉ MEUS CABELOS CRESCEREM.


Isto pode demorar Nate.


EU NÃO TENHO PRESSA


E NEM O MUNDO DEVE TER DE ME APRECIAR, DE ME IDOLATRAR.


ME AMEM!


Roupa

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Convidado em Qui 04 Jun 2015, 17:25

Edge andava pelo apartamento devagar, em uma falta de pressa pouco comum. Abotoava os botões de uma camisa social..Sim Natalhie, as vezes ele se arruma. Afinal de contas não é todos os dias que ele realmente precisa se preocupar com isso, especialmente se tratando de sua mãe. Prendia o relógio, presente da noiva no pulso e caminhava pela sala. Parava a alguns metros olhando Nate. Ahviam conversado muito pouco nos ultimos dias, mesmo tendo muito a se falar. Ele estava longe de bem, mais sério, mais reservado...

Nada bom, nada bom.

Logo ele sairia para almoçar, talvez Mia viesse para não deixar Nate sozinha, apesar dela não dizer que precisava. Um presente pode ajudar...

Entretanto, Edge que sempre teve tanto jeito com as palavras parecia não dizer. Abaixava-se próximo dela e questionava?

- Eu...Posso me sentar? - Não esperava uma verdadeira resposta enquanto sentava no chão do próprio apartamento do lado dela, olhando para as paredes e pela janela, que lembrava o mundo la fora.

Ele também não queria sair, mas precisava.

- Geralmente eu diria alguma coisa, criativa, engraçada...Mas eu vou tentar uma abordagem diferente Nate...E perguntar: Você quer me falar alguma coisa?

Edward sempre desafiando o perigo.

Acho que ela não consegue me "esfaquear" com uma colher.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Natalhie Archibald em Qui 04 Jun 2015, 18:22

Nate estava ali com o rosto erguido, os olhos voltados ao nada, até que sentiu a aproximação de Edge, mas ela ainda não olhou pra ele, mantinha o rosto virado, o nariz empinado.


A velha Archibald de sempre.


E então vinha a voz dele, Nate virou lentamente o rosto, afastando a colher dos lábios, o olhar foi direto a ele.


OMG ELE ESTAVA USANDO CAMISA


ISTO É UM CRIME


CERTAMENTE ELE ACHA, ELE ACHA QUE SÓ PORQUE ELE ESTÁ DE CAMISA, E TEM ESTES OLHOS AZUIS...


E este cabelo escuro macio, com um cheiro bom.


E esta boca que...


CALA A BOCA


Foco Nate, foco.


Eles mal haviam mesmo conversado aqueles cinco dias, ainda mais que Edge parecia mais reservado e agora ia almoçar com mamãe


PERAE, ELE SÓ SE ARRUMOU ASSIM PORQUE VAI ALMOÇAR COM A MAMAEZINHA? COMIGO PODE SAIR COMO UM HIPPIE?


Mas Nate somente consentiu em positivo, e deixou os grandes olhos de boneca o encararem enquanto ele se sentava próximo a ela, em maio ao confortável tapete, que se ele bem se lembra custou uma fortuna.


Nate ficou o encarando, enquanto ele olhava as paredes, a janela. E era muito bom ficar ali sentada no tapete fofinho, comendo sorvete, e fingindo que podia ficar pra sempre naquele apartamento.


MESMO TENDO SIDO OBRIGADA POR LOUISE A SAIR, AO MENOS COMPRAMOS SAPATOS.


E então Edge falava aquilo, perguntava se ela queria falar alguma coisa. Nate suspirou fundo e fechou lentamente os olhos, depois os abriu e estava com o rosto baixo, a mão com a colher ia até o pote de sorvete, e ela ficava mexendo ali, quase como uma criança brincando com a comida.


- Eu sei que eu devia te perguntar se você está bem, depois de tudo que aconteceu...E de ver...bom...o que você viu....



Nate suspirava e logo virava um pouco o rosto fitando Edge de canto de olhos.


- Eu sei que eu devia ser uma boa noiva, e pensar em você primeiro e perguntar se você está triste, ou algo do tipo...



Sacudia a mão livre ao ar e revirava os olhos, depois sacudia a cabeça em negativo, apertando a colher ao sorvete.



- Mas eu não consigo!



Ela erguia o rosto e o encarava nos olhos.


- Sim eu posso estar sendo EGOISTA, por ter ciúmes de uma defunta! Mas eu sempre soube que aquela garota gostava de você, e você também sempre soube, e ela disse que você a iludiu...Hellloooooou, quantas mais da suas admiradoras vão virar assassinas? Porque eu realmente não quero ficar careca!



EMBORA NÃO TENHA SIDO A NINA


No final de tudo, eu estou SEM MEUS CACHOS

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Convidado em Qui 04 Jun 2015, 22:51

E sim, Edge estava sentado no chão. Atento, ouvindo. E em meio aos seus pensamentos a respeito do que acontecia, Natalhie resolvia falar a respeito do mais recente passeio no mundo das trevas dele. claro que ele esperava Nate, ou não teria lhe pressionado a falar no assunto e deixaria que você passasse quantos dias quisesse ali, fingindo que nada mais importa perdida entre potes e mais potes de sorvete.

Mas não podemos fingir que nada mais aconteceu então...

Ele ouvia, pensava, refletia e balançava a cabeça negativamente. E em um gesto subito, que a assustava e fazia ela dar um grito que logo era contido, deitava a noiva com a cabeça em seu colo, enquanto falava com aquela voz que com os anos ela havia aprendido a amar, tocando em seus cabelos: - Eu sei que se importava...Mas você continua tão linda quanto o primeiro dia que a vi.

Porque seus cabelos eram algo que eu gostava Natalhie.

Mas não tão importantes. Não se comparados a...

- Se algo tivesse acontecido...Eu não teria mais nada. Seus cabelos vão voltar a crescer, e eu não tenho pressa, posso ficar ao seu lado o quanto tempo isso demore.E podemos comprar bastente sorvete e sapatos.

Ele ria, ainda tocando os cabelos dela. Tinha certo charme os cabelos curtos, mas ele não iria falar sobre aquilo. Ao menos não daquela forma. Após alguns segundos daquele cafuné que ela nunca iria admitir estar apreciando mas também reclamaria se parasse, ele voltava a falar:

- Eu vi as cameras...Foi Louise que cortou na verdade. Não ela, assim como não era Nina. Você estava certa ok? Eu nunca ouvi, mas você tinha razão. Nina sentia o que sentia, e fantasma, assombração ou o que quer que fosse se aproveitou disso. Se eu sabia, optei por não ver porque...Acho que sou assim.

Porque se importar com cada drama, cada história, ou cada relato de DUX era um trabalho infinito e ele não poderia manter assim. Eram coisas demais e ele precisava a voltar a focar no que era importante, como almoço com sua mãe e as casas. Edge logo voltaria a falar:

- Não definiria o que sinto como "tristeza", porque mal conhecia Nina. É complicado...Se trata não dela, mas algo maior envolvendo o sobrenatural. O que me mantem é você estar bem, e saber que posso contar com você. Eu preciso ir falar com minha mãe, não tenho vontade mas...Sabemos que é importante. Mia logo vai estar aqui. Não quero deixa-la sozinha.

Porque logo vai acabar o sorvete, e preciso de alguem para lhe proteger.

E porque é isso que importa no momento Nate: Você

Mais alguma pergunta?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Natalhie Archibald em Sex 05 Jun 2015, 13:08

Nate falava aquilo e logo sentiu os braços dele tomarem seus ombros, ela não entendeu, e estavam conversando  ELE NÃO HAVIA DITO nada que pudesse desculpa-lo, então ela gritou e foi a contra gosto. Deixou a cabeça deitar ao colo dele, e o rabo de cavalo fazia os fios castanhos se espalharem ali, ela encolhia um pouco o corpo, deixando as pernas unidas, a barra do vestido cobrindo devidamente elas, e logo a princesa estava deitada ao colo do...

Príncipe?

Hippie?

E ele falava com a voz mansa, e dizia que ela continuava tão linda como no primeiro dia que ele a viu. Mesmo sem os longos cachos a cair pelos ombros quase até a cintura.

E então ele dizia que se algo tivesse acontecido com ela, ele não teria mais nada, que os cabelos iriam crescer, e ele poderia ficar ao lado dela o tempo que fosse esperando. E quanto isto podiam comprar sorvetes e sapatos.

Ela suspirava fundo e fechava lentamente os olhos, entregando-se aquelas caricias aos fios.  E logo ele dizia que tinha visto as câmeras, e que fora Louise, algo que Louise já tinha lhe explicado. CLARO QUE NATE QUASE ARRANCOU OS CABELOS DELA POR ISTO, mas Louise conseguiu explicar tudo antes.

E ele dizia que ela estava certa sobre Nina. E sim Edge era assim, ele ignorava sobre Nina, sobre Aileen e sobre qualquer outra menina que pudesse gostar mais do que devia dele.

E logo ele dizia que não se tratava só de Nina, Nate sabia bem do que se tratava e que ele iria almoçar com a mãe dele,e
Mia estava a caminho.

Nate erguia o tronco então, deixando o rosto próximo ao dele, ainda sentada ao chão, os olhos buscavam os dele, e logo ela tocou a mão dele.

- Eu vou pro Campus também, tenho alguns missões para executar.

 
Missão 1: Kill All Brooklyn.
- Impedir que Louise volte com Mr Brooklyn 2.
- Impedir que Aileen fale com Mr Brooklyn 1.
 
Missão 2: Kill all Hippies.
- Impedir que Breanna cole miganças nas coroas que ela gentilmente vai doar para as criancinhas.
- Impedir que Mia use jaquetas.
 
Missão 3: O paraíso
- Agracias a todos naquele lugar com sua infindável beleza e presença!
 
Mas logo Nate fez um ar mais sério e então ambas as mãos tocaram o rosto de Edge, o virando para si.
 
- Eu sei que as vezes é difícil Edge, mas você precisa continuar, precisa continuar fazendo exatamente o que você sempre fez, porque nunca importou os que foram, mas sim sempre os que ficaram. E é por eles que você tem que ser o Presidente da Omega, e dizer e fazer tudo ficar bem, mesmo quando for impossível. Porque já paramos a muito tempo de nos perguntar qual o problema conosco para tudo de ruim acontecer assim. Temos que nos focar em mudar este jogo. E mesmo apesar do mundo nos virar as costas. Nos vamos pisar em cima dele e subir no mais alto degrau. E eu não aceito nada menos do que isto para nós.

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Convidado em Sex 05 Jun 2015, 13:17

Edge forçou um sorriso e pegou a mão de Natalhie, aguardou enquanto ouvia as palavras dela até o momento que poderia começar a falar: - Desta vez foi...Diferente. Por uma série de razões... Eu achei que tínhamos conseguido Natalhie, que sairíamos dali...Todos.

Porque eles nunca vencem. E daquela vez parecia que seria uma vitória.

Mas apenas parecia.

Edward concordou com a cabeça ouvindo a parte a respeito do que teria que ser feito, ele sabia muito bem de tudo aquilo mas as vezes era bom alguem mais dizer aquelas palavras. Levantaria do chão oferecendo a mão para Natalhie fazer o mesmo, antes de falar com a calma habitual.

- Algo em mim mudou Natalhie. Como disse, essa vez foi diferente. Sempre dissemos que nunca poderíamos nos acostumar com esse pesadelo porém...Eu não consigo mais reagir da mesma forma: Tristeza, desespero... Sinto apenas um vazio e um sentimento de derrota. - Viu só Nate? Sem chorar pela Nina.

FINJA que não gostou disso.

- Pode ficar com a Limousine...Poderia apenas, esperar Mia chegar? Ela disse que iria lhe trazer alguma coisa, não sei. Vocês podem ir juntas. Eu ficaria mais...Tranquilo.

E sorria, agora mais animado. Algo ele ainda sentia e sempre seria assim:

A vontade de ve-la feliz, e segura.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Natalhie Archibald em Sex 05 Jun 2015, 14:37

Nate segurou a mão dele,  entrelaçou os dedos, ouvindo ele falar que tinha sido diferente, que ele tinha achado que eles tinham conseguido que todos sairiam dali vivos.


Mas Barbara ficou em coma e Nina perdeu a vida.


Então Nate disse a ele que ele não podia desistir, que ele tinha que continuar, os dois tinham que continuar. Segurava a mão dele, e logo erguia-se do chão, ajeitando a barra do vestido, e então ouvia ele falar sobre algo nele ter mudado...


HELLLOOUU
CALMA
STOP
ALGO NELE MUDOU?
O QUE MUDOU?
O QUE PODERIA MUDAR? NOSSA VIDA É PERFEITA
QUER DIZER A VIDA DELE É PERFEITA, AFINAL EU ESTOU NELA.


Edge podia ver os olhos de Nate se abrindo mais, e o alerta de paranoia ser aceso.


O QUE HAVIA MUDADO EDWARD? VOCÊ NÃO ME AMA MAIS COMO ANTES?
VOCÊ FICOU BALANÇADO PELO QUE A DEFUNTA OXIGENADA TE DISSE?
HELLLOOOUUUU PESSOAS DO NECROTÉRIO, TOMEM CUIDADO PARA ESTA GAROTA NÃO USAR O FORMOL DO CORPO NO CABELO, COM CERTEZA VAI QUERER APARECER NO VELORIO CO UMA ESCOVA.
O QUE É AGORA EDWARD?
VOCÊ QUER SE MUDAR PRO BROOKLYN?
MORRA!
Vazio?
VAZIO
COMO ALGUEM PODE SE SENTIR VAZIO COM OS MEUS OLHOS AZUIS CRISTALINOS, ENFEITIÇADORES, AMABILISSIMOS SOBRE ELE?


Nate começou a cerrar os olhos e logo ele pode sentir a mão envolver a camisa dele, puxando a gola.


- EDWARD....eu não admito que você sinta um vazio dentro de você. UM SER HUMANO que namore comigo, que tenha minha presença, que sinta meu perfume e toque meus cabelos deve se sentir a PESSOA mais happy da humanidade!



UNDERSTAND ME?


Sacudia ele agora.


- E a próxima vez que eu te disser que uma garota GOSTA de você mais do que a censura Archibald permite, acredite. ELA GOSTA, e espero realmente que tenha APRENDIDO, ou eu vou começar a carregar meus potes de cremes na bolsa quando for bater em você!



Largou ele quase o empurrando, e logo ajeitou os fios no rabo de cabalo, e suspirou.


- Eu espero aquela criatura que não sabe se vestir.



Nate sendo Nate.


E então o olhar foi de canto a Edge, e ele só queria dizer uma única coisa.


PORQUE VOCÊ AINDA NÃO DISSE QUE ME AMA HOJE?
PORQUE VOCÊ MUDOU?
PORQUE ALGO EM VOCÊ MUDOU?
PELO VAZIO QUE HABITA SUA ALMA?
EU TE ODEIO EDWARD, E ODEIO O VAZIO EM VOCÊ E ODEIO QUE VOCÊ MUDOU

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Convidado em Sex 05 Jun 2015, 14:53

Edward parecia um tanto..Surpreso com aquela reação. Natalhie nunca tinha sido a pessoa mais previsível e compreensível da Terra, mas de certa forma ele ainda ficava surpreso com as diversas "reações" dela. Então ela falava tudo aquilo sobre que ele deveria ser feliz, e o sacudia. Falava ainda sobre acreditar quando ela tinha ciumes, o que era sempre.

E ele ria.

O que dava mais vontade da Nate MATARRRRRRR

E ele ria, e fazia um esforço para se conter e olhava para ela:

- Depois me perguntam como fui me apaixonar por você...Certo, acho que não preciso de mais razões, ou tenho uma razão mais forte do que ser feliz do que teer você ao meu lado. E vou ouvir a próxima vez que você disser algo e acreditar cegamente...Feliz?

E segurava o rosto dela suavemente, olhando nos olhos dela com aquela intensidade de forma que mesmo que estivesse repetindo as palavras dela, de alguma forma deixava a noiva sem jeito por encara-lo. Uma das dezenas de coisas que ela odiava amar nele. Assim que percebia a abraça e a beijava demoradamente, antes de levantar.

- Apenas não sou mais aquele jovem apavorado. Vou tentar ver o aspecto positivo disso...Desculpe mas eu tenho que ir, deixar...Minha mãe esperando não é uma boa, prefiro estar la antes. Nada de mudar de QUARTO sem me avisar ok? - Apontava para o próprio celular, como se dizendo para ela manter-se "comunicavel". Esperaria o que mais Nate quisesse dizer e partiria...

---------------------------------------------------------------------------

E após alguns minutos e mais sorvete, Natalhie não daria um pulo ou correria se trancando para um quarto ao ouvir o som das chaves girando e a porta sendo aberta por ouvir ma voz familiar - Natalhie? Pronta para mais um dia como universitárias prontas para conquistar o mundo começando por Dux?

O tom "animadamente irritante" conhecido da voz de Mia adentrava o apartamento

COMO ELA TEM A CHAVE?

Sei la Nate, pergunta.

Mia andava lentamente, encontrando Natalhie sentada (ou em pé) e olhando a garota um tanto surpresa. Não pelo cabelo, mais por aquela verdadeira montanha de potes de sorvete. Tirava os óculos escuros do rosto, ja que ao contrario de Edge ela não havia perdido essa mania e voltava a falar:

- Ah sim, eu espero que goste. Ja que aparentemente virou uma tradição lhe dar presentes e joias seriam pouco...Originais eu espero que goste. Edge me garantiu que você não tem esse, ao menos não nessa cor. - E estendia uma caixa para ela.

Qual a unica coisa que poderia agradar Nate sem ser joias?

MIA

PRESENTE

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Natalhie Archibald em Sex 05 Jun 2015, 16:38

Nate sacudia mais Edge quando ele começava a rir, e logo ele se continha e a olhava, ela ouvia ele falar aquilo em silencio.
 
E parava, o olhando fixamente com os grandes olhos de boneca, ponderando se o que ele tinha dito era suficiente.
 
Hum. FAÇA MELHOR DA PROXIMA HIPPIE.
 
Se não fosse estes olhos azuis me encarando, e este rosto, e esta voz no meu ouvido..eu...
 
CALA A BOCA.
 
Sentia ele tocar seu rosto, e logo aquele olhar sobre ela.
 
NÃO, NÃO, NÃO AMO ESTE OLHAR
 
NEGAÇÃO, NOT NOT NOT NOT
 
AAAAAAAAAAAGHHHH SOME!
 
Mas ela somente suspirava o encarando nos olhos, e ele sentia como ela ficava mais mole nos braços dele. Logo o rosto se aproximava o do dele, e ela o beijava lentamente em meio aquele abraço.
 
PASSOUUU...
QUEM ESTÁ COM RAIVA AQUI?
QUEM ESTÁ COM PROBLEMAS ALI?
HELLLOUUUU
 
E ele dizia sobre não ser mais o jovem apavorado e que ia com a mãe. Nate afastou e logo sacudiu a mãozinha na direção dele, como se fizesse.
 
XOOOO
XOOOO
 

- Vai Edward, vai com sua querida mãe que me ama , POR ISTO que ela não me convidou para este almoço, não é?....O qual você vai de CAMISA!!!

 
Fez um bico nos lábios e deu as costas, deixando ele ir, já ia subir e se trancar no quarto, com sua reserva de sorvete, quando ouvia o som da porta.
 
IRCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCCC
 
Um bandido do Brooklyn na minha porta, Nate olhava pra um lado, olhava pro outro, e ficava sem saber o que fazer, olhou pros pés, sem sapatos para poder jogar no bandido, estendeu a mão apanhando um vaso a mesa, e se aproximou da porta. Mas quando a porta se abriu, Nate deu um grito, e deixou o vaso cair, espatifando no chão.
 
E quando ouviu a voz irritante de Mia, Natalhie quase teve uma sincope.
 
- MIA!

 
Nate fechava as mãozinhas e batia os pezinhos no lugar, de tanta raiva que fica.
 

- QUEM TE DEU A CHAVE, MIA? FOI O EDWARD?

 
E logo Nate ia até Mia pisando pesada, e estendia a mão bem em frente ao rosto dela, como quem diz.
 
DEVOLVA ESTA CHAVE HONEY.
 
Mas quando ela estendeu a caixa. Nate deixou a mão cair, e os olhos iam para a caixa.
 
MEU MEU MEU
MEU MEU MEU
ESTA CAIXA É MINHA NÃO IMPORTA O QUE TENHA DENTRO.
PERTENCE A ARCHIBALD.
 
Ela logo estendia as mãozinhas e puxava a caixa, sentava –se ao chão, colocando a caixa em frente a ela, e batia palmas com as pequenas mãos, quase como uma criança.
 
Por um momento ela ignorou a sua roupa Mia.
 
Abriu a tampa da caixa com cuidado, e os olhos reluziram ao ver o PRADA. UM PRADA PERFEITO, E FEITO SOB MEDIDA PARA ELA
ESPECIALMENTE PARA ELA
 

- Miaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!...
 
Nate então pegava os dois sapatos um em cada mão, e erguia-se se jogando na direção de Mia, a abraçando sem soltar os sapatos.
 
TY SO MUCH
 
E logo ela afastou e colocou os sapatos no chão, e os vestiu em seguida.
 
MAS NÃO COMBINA COM SEU VESTIDO
 
CALA A BOCA
 
TUDO COMBINA COM NATALHIE ARCHIBALD
 
 
MENOS O BROOKLYN.

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Convidado em Sex 05 Jun 2015, 20:47

Edge respirava fundo uma ultima vez antes de sair.

Own...Que fofa, com ciumes da minha mãe?

É, vai la e diz isso para ver se consegue sair daqui inteiro!

- Natalhie...A idéia de falar com a minha mãe foi sua lembra? Vamos la...Se comporte ok?

E melhor sair dali antes que as coisas se compliquem mais. Para Mia, ja haviam se complicado. Assim que abria a porta, deu um salto quase que identico a Nate que acabava de deixar cair o vaso no chão, criando uma espécie de reflexo até engraçado, pena que ninguém mais estava ali para rir.

E Nate não achava graça nenhuma. Mia ainda parecia intimidada, apesar de sorrindo um tanto nervosa enquanto leeeeeentamente estendia a mão com a chave - Edge...Me deixou a chave, chave que Mia vai leeeeeeeeeeentamente largar. - E comentava isso antes de deixar a chave com cuidado por cima de um móvel e falando de si mesmo na terceira pessoa. Claro que tudo isso era de antes da caixa...

E olhava com o canto dos olhos, pensando se Nate iria lhe matar por...Ela não precisva de uma razão, ela poderia inventar uma razão se assim desejasse! Pelo visto ia acontecer, ja que ela se levantava com os sapatos em mãos pronta para...Abraçar?

Nate abraçou Mia.

E ninguém viu. Ou seja ninguém nunca vai acreditar, ela logo se soltava daquele abraço e ia experimentar os sapatos -Que...Bom que gostou! Ficaram lindos em você Nate!

Porque nem adiantaria falar sobre onde e como comprou, ou nas botas que ela estava usando, talvez Natalhie nem mais lembrasse que a garota estava ali, então era melhor elogiar...Elogios com certeza ela ouviria! O que viria a seguir?

- Então...Acho que você ja esta pronta para voltar ao mundo la fora? - Afinal era melhor deixar Nate decidir o que fazer, deixar ela no comando e manter o bom humor da garota...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Natalhie Archibald em Sab 06 Jun 2015, 10:21

Respire fundo EDGE, RESPIRE enquanto você ainda pode.


Nate já estava dando as costas e ignorando o noivo, quando ouviu ele falar aquilo.


A CULPA ERA DELA AGORA?


ELA PEDIU PRA VOCÊ COLOCAR CAMISA TAMBÉM?


DEAD!


E então já estava indo subir as escadas, quando ouvia aquela barulho, logo ela largou o vaso e Mia ficava tão assustada quanto ela. Nate virou-se para Mia, e ela dizia que iria largar a chave bem devagar.


- Chute pra cá!



Nate dava uma ordem com o dedinho indicador mandão voltado pra ela, quase como se a menina portasse uma arma.  Mas assim que Nate viu a caixa, tudo mudou.


Com Pradas, tudo muda.


Pradas, diamantes e sorvete!


Quem foi que disse que Nate era tão complicada?°


CALA A BOCA.


Mia dizia que os sapatos tinham ficado lindos nela, e Nate logo girava o corpo no lugar, quase como se estivesse em um desfile de moda.


- Obviamente que ficou.....Eu sou linda Mia, entre outras milhares de qualidade, como a paciência e benevolência com VOCÊ.




E então Mia dizia que Nate podia já sair, Nate virou-se para ela.


- SIM MIA. Nós vamos sair, nós vamos até o Campus investigar um acontecimento, e VOCÊ  já que quer tanto, vai me ajudar.



Dizia enquanto virava-se para a mesinha e apanhava a bolsinha dela, e logo já tomava a frente da Mia e ia na direção da porta, abrindo a mesma e indo ao elevador.


- O seu amigo ACHA, PENSA, FORMULA, IMAGINA, que eu sou tola, que eu não vejo os sinais, que eu não percebo as atitudes dele. PORQUE uma pessoa que se veste feio um hippie e só não anda em um trailer porque eu exijo uma limosine, se arruma todo para ir almoçar com a Mamãe dele?...


Nate virava-se e o dedinho mandão estava ao ar girando.


- Cabeças vão rolar! Porque eu vou descobrir o que está por trás deste almoço conveniente.



ELE ESTÁ TE TRAINDO NATE.


CALA A BOCA


Logo já estavam em frente ao prédio onde a limosine estava parada, Nate apanhava o braço da amiga e a jogava dentro da limosine e logo iam para o Campus.
 
Continua.

Natalhie Archibald

Nacionalidade : London, UK
Idade : 23
Cargo : Estudante
Humor : Seletivo
Mensagens : 756

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Where is MY HAIR?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum